Ir para conteúdo
implementacao do planejamento estrategico

“A estratégia torna as escolhas sobre o que não fazer tão importantes quanto as escolhas sobre o que fazer”.

Michael Porter

Esta frase do mestre do planejamento estratégico, o professor de Harvard Michael Porter, ilustra com precisão a importância da implementação do planejamento estratégico nas empresas.

Afinal, por que fazer planejamento estratégico?

Mais do que conhecer as forças competitivas do mercado, estudar as forças e fraquezas da empresa, as ameaças e oportunidades que se divisam no horizonte por meio da matriz SWOT e usar outras ferramentas para traçar objetivos, metas e ações, é na tomada de decisão do dia a dia que tudo isso se torna palpável e real.

Mesmo com o norte traçado e bem definido, é nas escolhas diárias do que fazer e do que não fazer que uma empresa faz a implementação do planejamento estratégico, transformando um objetivo abstrato em resultados na ponta do lápis.

Nesta postagem, você vai entender como fazer a implantação do planejamento estratégico para que ele deixe de ser uma ideia na cabeça, e passe a ser uma série de metas cumpridas em suas mãos.

Como fazer a implementação do planejamento estratégico

A importância do planejamento estratégico nas empresas é reconhecida e valorizada pela grande maioria dos gestores.

Mas onde muitos ainda pecam é na implantação do planejamento estratégico.

O segredo desta etapa está no monitoramento constante, baseado em indicadores de performance, que precisam ter sido definidos anteriormente, quando se fez o planejamento estratégico.

Como usar indicadores de performance para a implantação do planejamento estratégico

Antes de prosseguirmos, é preciso entender o que são indicadores de performance: são parâmetros definidos pela empresa que devem ser usados para mensurar o desempenho da organização, avaliar seus resultados e auxiliar na tomada de decisão.

Só de ler essa descrição, já começa a ficar mais clara a importância de uma implementação do planejamento estratégico bem realizada. Sem ela, não será possível corrigir os rumos e saber se a empresa está “indo bem”, dentro do que foi planejado.

Mas como fazer esse monitoramento? O ideal é que se conte com softwares que forneçam esses dados de forma automatizada, com painéis de controle que mostrem as informações em tempo real e possibilitem a execução, por exemplo, da chamada gestão à vista.

Entenda a gestão à vista

Usar um painel de controle com dados e informações de desempenho em tempo real e mantê-lo em exposição para os colaboradores em monitores estrategicamente posicionados é uma forma de manter todos a par do desempenho da empresa.

Além de criar um senso de propósito, fazendo com que todos percebam que suas ações se refletem no resultado final da empresa, a gestão à vista proporciona muita agilidade e subsídios para quem precisa tomar decisões rápidas e baseadas em dados e fatos, não em opiniões e conjecturas.

Outro método muito usado para fazer a implementação do planejamento estratégico é a chamada metodologia OKR, que vamos apresentar em seguida.

OKR: Objectives & Key Results

Um método que ficou consagrado por sua utilização no Google, OKR significa Objetivos e Resultados Chave.

Seu segredo está na forma ágil como são definidos esses indicadores e em uma característica especial dos Resultados Chave, que auxilia no monitoramento da execução da estratégia.

Para se definir o objetivo, deve-se responder à pergunta:

O que eu quero alcançar?

Assim, o objetivo é o resultado final que a empresa deseja atingir, como por exemplo: conquistar mais 5% de Market Share até o final do ano.

Mas como saber se a empresa está no caminho certo?

É neste ponto que os Resultados Chave são de extrema importância na implementação do planejamento estratégico, pois, para defini-los será preciso responder à pergunta:

Como eu vou saber se estou chegando lá?

Assim, podem-se definir Resultados Chave como estes:

  • Aumentar em 30% a publicação mensal de posts no blog da empresa
  • Captar 20% a mais de leads nessas postagens
  • Aumentar em 10% a taxa de leads qualificados para vendas
  • Fechar 25% mais propostas enviadas para leads qualificados

Perceba que os Resultados Chave se referem a ações que se derem certo, levarão ao atingimento do objetivo.

Assim, caso no segundo mês após a implementação do planejamento não se tenha conseguido alcançar alguns desses Resultados Chave (proporcionalmente a esse período), alguma medida adicional ou de ajuste deverá ser tomada para que sejam alcançados.

Portanto, percebe-se com antecedência se o planejamento está sendo adequadamente implantado ou se é necessário corrigir seus rumos.

Ficou claro para você a importância da implantação do planejamento estratégico e como ela pode ser monitorada?

Lembre-se: fazer um planejamento estratégico é fundamental, mas se não for executado adequadamente, de nada terá valido todo esse trabalho.

Este artigo foi escrito pela equipe da Setting Consultoria, especializada em ajudar empresas a estabelecerem o melhor caminho entre sua situação atual e seus objetivos futuros.