Metodologias de Gestão

Saiba o que colocar no quadro de gestão à vista em função de seus objetivos estratégicos

Saiba o que colocar no quadro de gestão à vista em função de seus objetivos estratégicos

Publicação : 24/08/2018

Por Siteware Siteware

7 min

A gente não se dá conta, mas quando empregamos a expressão “à vista”, seu verdadeiro significado é diante dos olhos, “à vista dos olhos”.

Por isso, um pagamento à vista, no passado, era aquele em que se mostrava o dinheiro na hora. É claro que hoje, com os meios de pagamento digital, ninguém vê dinheiro algum, mas vê o depósito em conta (ou outro tipo de transferência de recursos) em tempo real.

Portanto, quando falamos em gestão à vista, nos referimos a um modelo de gestão em que os colaboradores podem verificar o resultado de seus esforços em tempo real em quadros estrategicamente colocados em pontos de alta visibilidade na empresa.

A ideia é que com a possibilidade de aferir seu desempenho imediatamente, os colaboradores têm um feedback instantâneo de sua performance. Dessa forma, podem ajustar seu comportamento em função do que é apresentado.

Além disso, sentem-se extremamente motivados quando percebem que seus esforços estão contribuindo para que a empresa atinja suas metas e objetivos estratégicos.

Mas como definir o que colocar no quadro de gestão à vista?

É sobre isso que trataremos neste post.

Veja também em nosso blog: Como fazer gestão à vista e trazer mais transparência e engajamento para seu negócio?

Aprenda a definir o que colocar no quadro de gestão à vista

Antes de mostrarmos como definir o que colocar no quadro de gestão à vista, vamos entender um pouco mais do processo de motivação que esse método de gestão gera.

Estudos sobre o uso de videogames na educação mostram que eles são tão atrativos para as novas gerações, os nativos digitais, porque são criados para gerarem um feedback instantâneo, de preferência uma recompensa imediata a cada ação positiva. E isso, se bem explorado, pode ajudar até na performance em salas de aula.

A teoria do fluxo, proposta por Mihaly Csikszentmihalyi, professor da Universidade de Claremont, é outra em que o feedback instantâneo é colocado como um fator que ajuda a se concentrar nas tarefas certas e realizar o trabalho com mais produtividade.

Portanto, ao definir o que colocar no quadro de gestão à vista, pense no que é relevante para cada equipe de colaboradores se sentir motivada. É necessário que eles percebam com clareza se suas ações estão trazendo os resultados esperados.

Mas como apresentar quadros de gestão à vista?

Existem diversas maneiras de apresentar quadros de gestão à vista, confira alguma delas:

1- Quadro kanban

Criado pela indústria automobilística japonesa nos anos 50 para gerenciar estoques e linhas de produção, a metodologia kanban foi adaptado para a gestão de equipes e de diversos outros processos.

Os primeiros quadros kanban usavam cartões coloridos (depois post-its) e tinham apenas 3 colunas: To Do (fazer), Doing (fazendo) e Done (feito).

Atualmente, os quadros kanban podem ter muito mais colunas por onde as tarefas dos colaboradores trafegam até serem concluídas.

Hoje, quadros e-kanban, criados a partir de softwares especializados, podem apresentar a gestão à vista com muito mais agilidade, bastando disponibilizar a visão de sua interface em monitores espalhados pela empresa.

2- Painéis de controle: dashboards

Existem softwares de gestão empresarial especializados na coleta dos dados e da apresentação dos principais indicadores de desempenho em uma interface bastante intuitiva, com gráficos e tabelas.

Veja um exemplo de painel de controle:

O que colocar no quadro de gestão à vista

3- Balanced Scorecard – BSC

Uma metodologia de gestão que ampliou os objetivos estratégicos da empresa, definido 4 perspectivas estratégias: financeira, clientes, processos internos, aprendizagem e crescimento.

Para usar o BSC com a gestão à vista é preciso compartilhar em tempo real os indicadores definidos para mensurar o atingimento das metas e objetivos das 4 perspectivas estratégicas.

Confira este infográfico que traz mais informações sobre tipos de quadros de gestão à vista:

O que colocar no quadro de gestão à vista

Afinal, o que colocar no quadro de gestão à vista?

Não faz sentido que todas as áreas tenham acesso a informações muito específicas de outras áreas em tempo real. Esses dados não estarão escondidos, mas não precisam aparecer nos quadros de todo mundo.

Assim, na hora de definir o que colocar no quadro de gestão à vista, 1 a 4 indicadores de objetivos estratégicos podem ser comuns a todos os quadros.

Para cada área especificamente, deve-se optar por indicadores que ajudem os colaboradores a entenderem como seu trabalho está contribuindo para o atingimento dos objetivos organizacionais.

Na área de vendas

  • Faturamento do período
  • Número de novos clientes conquistados
  • Taxa de conversão
  • Ticket Médio do período
  • Taxa de churn (A taxa de desistência de clientes em um período faz sentido em empresas que têm receitas recorrentes, como assinaturas)

Na área financeira

  • Margem Bruta
  • Margem EBITDA
  • Custos Fixos e Custos Variáveis
  • Liquidez Corrente
  • Índice de Cobertura de Juros
  • ROIC – Retorno Sobre o Capital Investido
  • Índice da inadimplência

Na área de marketing

  • Market share
  • Satisfação dos clientes (Use a metodologia Net Promoter Score)
  • Lembrança de merca
  • Métricas de marketing digital
  • Faturamento

Na área de marketing, fazer uma boa pesquisa de mercado pode ajudar muito a como definir o que colocar no quadro de gestão à vista.

Na área de RH

  • Taxa de rotatividade
  • Receita por funcionário
  • Taxa de absenteísmo
  • Tempo médio na empresa
  • Avaliações de desempenho
  • Índices de produtividade

Para cada empresa, diferentes índices serão importantes para diferentes setores. Por isso, ao definir o que colocar no quadro de gestão à vista, não siga modelos prontos.

Estude quais são os processos que agregam mais valor à solução oferecida aos clientes finais e tome os indicadores desses processos como base para seu quadro de gestão à vista.

Saiba mais: Descubra quais os indicadores de desempenho mais utilizados

A Siteware desenvolve o STRATWs ONE, um software de execução de estratégia utilizado pelas maiores empresas do país.

Com ele você poderá definir e acompanhar diversos indicadores de desempenho e acompanhá-los em tempo real, compartilhando com suas equipes.

Acompanhe este vídeo e conheça mais sobre o STRATWs ONE:

Revolucione a gestão da sua empresa com o STRATWs One