Gestão Estratégica

Gestão por indicadores: porque e como usar KPIs na sua gestão de performance

Gestão por indicadores: porque e como usar KPIs na sua gestão de performance

Publicação : 17/05/2021

Por Lorrana Freitas

11 min

gestão por indicadores
gestão por indicadores

Quando falamos sobre gestão por indicadores, um dos pontos mais discutidos é como traçar estratégias que sejam efetivas. Afinal, é necessário saber com certa precisão se a abordagem utilizada está dando retorno ou se é preciso seguir um novo caminho. Para que esse plano possa ser realizado com efetividade, é necessário fazer uma análise palpável daquilo que se está gerenciando. 

Dito isso, os indicadores de performance, também conhecidos como KPIs, têm um objetivo estratégico, indicando se as metas estão sendo atingidas frente aos objetivos alinhados. Mas você sabe o que é KPI e como isso impacta sua gestão de performance?

O que é gestão por indicadores: entenda os indicadores de performance

A gestão por indicadores de performance é uma ótima ferramenta para quem busca mais desempenho e eficácia nas suas estratégias, já que todas as decisões são tomadas baseadas em dados reais e palpáveis ao invés de meros achismos. Ou seja, uma coleta de métricas possibilitará uma mensuração mais precisa dos resultados e facilitará a tomada de decisões.

A gestão por indicadores é um modelo de gerenciamento que surgiu em meados dos anos 90. Nesse contexto, as empresas começaram a se preocupar mais com a qualidade dos serviços e com a produtividade interna. Assim, para ter uma visão melhor dessa estratégia, surgiu o conceito dos indicadores de performance. Como o nascimento do conceito veio dos Estado Unidos, ele surgiu como Key Performance Indicators ou, em português, Indicadores Chave de Performance.

Pode-se dizer que KPI é o meio pelo qual você irá comprovar o desempenho e eficácia das suas estratégias. Então, você precisa mensurar os seus resultados e, para isso, você precisará coletar métricas que são obtidas como consequência da sua presença digital. 

Porque adotar o modelo de gestão por indicadores

Como já dizia William Edwards Deming; “Não se gerencia o que não se mede”. Por isso, é essencial que você tenha métodos para medir os sucessos (ou fracassos) das estratégias que está utilizando. Gerir projetos e avaliar resultados não é uma tarefa fácil. Quando chega no momento de tomar decisões então, o processo fica ainda mais complicado. Por isso, os KPIs são um ótimo método para você otimizar sua gestão de performance

Estabelecendo indicadores, é possível avaliar com mais precisão o desempenho de processos e, com isso, deixá-los mais eficientes. Assim, se baseando em dados e fatos palpáveis, a estratégia se torna mais assertiva. Dessa maneira, você poderá construir uma gestão de performance sem achismos e, consequentemente, com resultados melhores. 

Ademais, os relatórios serão menos complexos e mais objetivos, poupando um tempo considerável no momento da tomada de decisões para o seu negócio. Dessa maneira, você conseguirá ter muitos insights para a gestão, pois poderá identificar de maneira ágil os pontos fracos e fortes da sua equipe. 

Na era digital, o foco é a experiência do usuário e os resultados que isso gera para a sua empresa. Por isso, é essencial se manter a par do que está acontecendo, e o mais importante: inovação sempre. Dito isso, a gestão por indicadores pode até mesmo auxiliar no processo de transformação digital da empresa. Assim, será possível fazer um gerenciamento enxuto, com maior assertividade, precisão e economia de capital e tempo.

E para que sua empresa tenha um impacto positivo com os KPIs, é importante ter uma planilha para lhe ajudar nesse controle. Pensando nisso, preparamos um kit de KPIs com tudo que você precisa para agregar mais controle e inovação na sua organização.

KPIs essenciais para sua gestão por indicadores

Como na maioria dos casos, existem alguns passos básicos e obrigatórios para que você possa começar a sua jornada de mudança para a gestão por indicadores. Então, aqui vamos te apresentar os principais KPIs que você deve começar e vamos te ensinar como começar a aplicá-los para aumentar a efetividade das suas estratégias. 

dicas de gestão por indicadores

Receita

Esse provavelmente é o principal e mais conhecido indicador dentro de uma empresa. Ela representa o valor arrecadado, apurado e/ou recebido proveniente dos produtos e serviços oferecidos. 

Em uma empresa de SaaS, por exemplo, há um maior volume de receita recorrente, oferecendo previsibilidade e tomada de decisões mais seguras. Assim, não basta apenas você saber a receita da empresa; é necessário que se faça análises de previsão para saber se a receita está em concordância com o capital de giro da empresa, por exemplo. 

ROI

ROI é um KPI popularmente conhecido. A sigla significa Retorno Sobre Investimento e, assim, representa a relação entre o valor investido em uma determinada ação e o retorno financeiro provindo dela. 

Com isso, você pode saber exatamente quanto está ganhando ou perdendo para cada 1 real que está investindo. É extremamente importante estar sempre atento a essa métrica. Uma análise aprofundada do ROI pode economizar muito tempo e, principalmente, capital, verificando se ações estão sendo realmente rentáveis e/ou efetivas. 

CAC

Essa é um dos indicadores mais importantes em uma gestão de performance eficiente na sua empresa. O custo de aquisição por cliente deve ser medido e pensado estrategicamente juntamente a outras métricas como, ROI, Lifetime Value, etc. Com ele, você pode medir, por exemplo, se suas táticas de crescimento e ROI estão dando os resultados esperados. 

Ademais, existem algumas recomendações para esse KPI. O CAC deve ser recuperado em, no máximo, 12 meses. Caso contrário, sua empresa precisará de muito capital para crescer de verdade. 

LTV

Você sabe quanto vale um cliente seu? Pois, é isso que esse indicador mede. A sigla significa Lifetime Value e, em tradução livre, significa valor vitalício, ou seja, é o lucro líquido que um cliente fornece durante seu tempo dentro da empresa. 

Assim, o LTV te ajuda a definir pontos importantes dentro da sua empresa. Por exemplo, o orçamento máximo de marketing, receita esperada, descobrir motivos de desistência e otimizar a aquisição de novos clientes. Com isso, o Lifetime Value se mostra uma ferramenta imprescindível para fazer uma gestão de performance clara e efetiva. 

Gestão por indicadores na área de vendas

Ainda dentro dos KPIs essenciais e obrigatórios para uma boa gestão estratégica, listaremos aqui alguns que são mais importantes para os processos de vendas da empresa.

Taxa de churn

A taxa de churn é a taxa de cancelamento/desistência/abandono da sua empresa em um determinado período de tempo. Dessa maneira, esse indicador está diretamente relacionado com o Lifetime Value, por exemplo. Quanto mais alta a taxa de churn, pior será o seu LTV. Assim, é fácil deduzir que clientes que permanecem por mais tempo na base, oferecem maiores benefícios para o seu negócio. 

Taxa de conversão

A taxa de conversão é a porcentagem das pessoas que acessam o site e fornecem algum dado de contato. Além disso, também pode ser definido como a taxa de leads que viram clientes. Assim, tudo dependerá de qual abordagem você precisa realizar naquele determinado momento.

Por exemplo, se o seu site está recebendo muitas visitas, mas o aumento dos seus leads não está sendo proporcional, há algo falho na sua estratégia e talvez seja o momento de seguir um novo caminho. 

Base de clientes

Se você participa do processo administrativo de uma empresa, você certamente sabe que há uma meta de crescimento de clientes para um período X de tempo. Assim, você deve conhecer bem qual o número de clientes na sua base atualmente e o quanto ela está crescendo com o passar do tempo. 

Por exemplo, suponhamos que sua meta de crescimento trimestral é de 5%. No entanto, neste mês você cresceu apenas 0,5%. Então, no mês que está por vir você terá que compensar esse desfalque com novas estratégias que contribuam para o crescimento da sua base de clientes e, consequentemente, para a saúde financeira do seu negócio.

Todos os indicadores que pontuamos acima vão te ajudar a impulsionar o crescimento da sua empresa, bem como a performance da sua equipe. Se você está tendo dificuldades em medir os indicadores de performance e gerir sua empresa de modo estratégico, conheça o STRATWs ONE; o software de gestão de performance corporativa desenvolvido pela Siteware! 

O STRATWs One é um software de gestão de performance corporativa que ajuda a criar, acompanhar e divulgar os dados de sua empresa de forma ágil e transparente.

Ele é usado por mais de mil empresas no mundo e 160 mil colaboradores porque apresenta vantagens como estas:

  • Encontrar oportunidades de melhoria;
  • Fazer a gestão de reuniões e do portfólio de projetos;
  • Usar a meritocracia e a gestão à vista para motivar e gerenciar equipes;
  • Empregar as principais metodologias de planejamento estratégico como BSC, OKR e SWOT;
  • Potencializar a governança corporativa;
  • Gerenciar riscos e analisar cenários;
  • Facilitar a troca de informação e a comunicação entre departamentos.

Revolucione a gestão da sua empresa com o STRATWs One!

Um comentário

Deixe um comentário


O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *