Comunicação

Como implementar cultura de feedback? 6 dicas para internalizar essa prática na sua empresa

Como implementar cultura de feedback? 6 dicas para internalizar essa prática na sua empresa

Publicação : 18/10/2019

Por Siteware

8 min

Como implementar cultura de feedback
Como implementar cultura de feedback

Nada pior para uma empresa que seus colaboradores não saberem se estão no caminho certo. Isto é: não terem certeza de que suas ações e seu desempenho estão de acordo com as expectativas da empresa e de seus líderes.

E a solução para esse problema é simples: comunicar isso a eles! O famoso feedback.

Mas você sabe como implementar cultura de feedback na sua empresa?

O feedback é uma ferramenta essencial para o sucesso de qualquer negócio e um dos mais importantes processos de RH. Por meio dele, é possível identificar erros e acertos em determinadas práticas para, então, buscar a melhoria contínua.

Ao estabelecer uma cultura de feedback, contribui-se para o alinhamento estratégico da organização e para uma melhor colaboração entre as equipes, o que impacta positivamente nos resultados individuais e coletivos.

Tendo isso em vista, separamos aqui 6 dicas fundamentais de como implementar cultura de feedback.

Veja nas próximas linhas o que fazer para que essa prática seja internalizada na sua empresa.

Veja também: Como dar feedback para seu gestor? 8 dicas para seguir na hora de ponderar suas colocações

Como implementar cultura de feedback?

Uma cultura de feedback vai além do que simplesmente apontar o que tem dado certo e o que precisa melhorar. Portanto, vamos às dicas para uma implementação efetiva.

1 – Comece de cima

O processo de implementação de uma cultura de feedback precisa começar de cima para baixo.

Nesse sentido, oriente os profissionais que ocupam cargos de liderança sobre a importância do feedback e sobre as boas práticas que devem ser seguidas na hora de fazê-lo.

Promova treinamentos com os gestores de todos os setores da empresa a fim de ensiná-los como fazer a abordagem correta para feedback e ajudá-los a desenvolver esse hábito de chegar até os colaboradores para conversar sobre o desempenho deles.

2 – Oriente os colaboradores

Simultaneamente ao preparo dos líderes para a implementação de uma cultura de feedback, é necessário orientar também os colaboradores. Eles precisam entender que o feedback é algo bom para o desenvolvimento deles e da organização.

Muitas vezes, o feedback é encarado pelos funcionários como uma afronta ou uma crítica maliciosa. Por isso, é necessário trabalhar a ideia de que esta é uma prática positiva e benéfica para ambas as partes.

O ideal é que essa orientação seja dada logo no processo de onboarding, mas sem deixar de lado os profissionais que já estão na empresa a mais tempo.

Dica: Como receber um feedback negativo no trabalho? Confira 6 dicas que vão te ajudar a lidar melhor com críticas

3 – Alinhe expectativas

Não há como implementar cultura de feedback se não houver um alinhamento de expectativas. Isso porque só será possível fazer uma avaliação de desempenho se tanto os líderes como os liderados souberem claramente o que esperar um do outro.

Ou seja, para dizer se algo está certo ou se precisa melhorar, é preciso ter em mente onde e como chegar; o objetivo e o que fazer para alcançá-lo. E esses dois aspectos precisam ser compartilhados por quem manda e por quem obedece.

4 – Faça reuniões periódicas de acompanhamento

Esta dica dialoga bastante com a dica anterior. Isso porque, por meio das reuniões periódicas, será possível acompanhar o desempenho dos colaboradores e o progresso de determinados projetos, bem como promover os devidos alinhamentos de expectativas.

Aqui ficam sanadas quaisquer dúvidas e são dadas as orientações necessárias. Além disso, as reuniões periódicas favorecem a troca de ideias e a promoção da melhoria contínua.

5 – Saiba qual o momento certo para dar feedback individual e coletivo

Faz parte da cultura de feedback saber qual momento é mais adequado para chamar o colaborador individualmente e dialogar sobre o desempenho dele e convocar toda a equipe para falar sobre o desempenho coletivo.

Há casos em que o feedback direcionado a um colaborador acaba tendo um efeito negativo quando é dado na frente dos outros colaboradores. Isso pode gerar constrangimentos e até mesmo conflitos internos, impactando negativamente os resultados.

Dessa forma, tenha a perspicácia para saber quando é hora de conversar individualmente e quando é hora de falar com a equipe toda reunida.

6 – Disponibilize diferentes canais para feedback

Concentrar o feedback em apenas um canal pode não ser a melhor ideia para implementação dessa cultura. Em uma empresa, você está lidando com diferentes pessoas e, por isso, um mesmo canal para feedback pode não ser ideal para todos.

Quando o feedback parte do funcionário para o líder, por exemplo, a presencialidade obrigatória pode inibir os colaboradores. Nesse sentido, caixas para sugestões anônimas são uma boa opção para diversificar os canais de feedback.

Veja também mais estar dicas criadas por nossa equipe:

Como implementar cultura de feedback

Como implementar cultura de feedback

Conclusão

O feedback precisa ser internalizado e encarado como algo normal dentro das organizações. Para que essa cultura seja, de fato, efetiva, é necessário que o feedback ocorra de forma contínua e não seja apenas restrito a reuniões formais e específicas, com local e hora marcada.

Assim, será possível fazer uma gestão de desempenho de maneira mais eficaz e menos burocrática.

Com essas dicas de como implementar cultura de feedback, você conseguirá aumentar a motivação dos seus colaboradores e, juntos, perseguirem melhores resultados.

Para finalizar, acompanhe este vídeo:

Veja mais: Saiba o que é Feedback Canvas e como usar nos negócios

O STRATWs One é um software de gestão de performance corporativa que ajuda você a definir, acompanhar e compartilhar a performance de pessoas, equipes e projetos. Por isso, é ideal para passar um feedback baseado em fatos para seus colaboradores.

Revolucione a gestão da sua empresa com o STRATWs One

Daniella DoyleJornalista e Publicitária de formação, está no mercado há mais de 15 anos com foco em gerar resultados para empresas B2B por meio de estratégias online e offline. Adora uma nova tendência e trabalhar com métricas e metas. É gerente de marketing na Siteware e, quando sobra um tempinho, aproveita para tricotar e pintar!

Veja mais dicas de gestão de pessoas baixando nosso e-book gratuito: Matriz de Competências e o RH Estratégico   

Deixe um comentário


O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *