Gestão de Equipe

Entenda o que é o processo de onboarding e conheça os 5 passos para implementá-lo

Entenda o que é o processo de onboarding e conheça os 5 passos para implementá-lo

Publicação : 13/11/2018

Por Siteware

9 min

processo de onboarding
processo de onboarding

(Clique no player para ouvir a narração do nosso post sobre o processo de onboarding. Deixe para a gente o que achou nos comentários!)


A chegada de novos colaboradores dentro de uma empresa é um dos momentos mais importantes para as organizações. E para os funcionários também!

Afinal de contas, é cada vez maior a necessidade de manter os talentos capacitados a auxiliar a organização a atingir seus objetivos.

Mas, para isso, é importante fazê-los sentir-se bem recebidos e à vontade logo que chegam na empresa, por meio de um bom processo de onboarding.

Você conhece e sabe que é o processo de onboarding?

Neste conteúdo, você vai conhecer os detalhes desse processo de RH tão importante para as empresas. Via ver também quais são os 5 passos principais para colocá-lo em prática agora mesmo e desfrutar de todas as suas vantagens.

Veja também: O que é melhor: colaboradores com propósito ou colaboradores engajados?

O que é o processo de onboarding?

O processo de onboarding se constitui de uma série de ações organizadas pelas empresas para os novos colaboradores contratados serem recebidos e integrados com colegas e o ambiente de trabalho.

Esse processo é composto por diferentes tarefas que envolvem todos os departamentos.

E é importante saber que ele vai além da primeira semana de contato de um novo colaborador. A integração começa a partir do dia em que o anúncio é feito e vai até o momento em que a pessoa fica estabelecida na sua posição de trabalho.

A  parte burocrática da contratação, como a solicitação de documentos e assinatura de contratos, é um passo comum em qualquer empresa, tendo ou não o processo de onboarding implementado na sua cultura.

Mas é no primeiro dia de trabalho que você já precisa dar uma excelente recepção.

Lembre-se: a primeira impressão é a que fica!

Por isso, implementar uma série de passos desse processo o mais cedo possível, para ajudar cada novo integrante no seu início de caminhada.

Dessa forma, empresas que realizam um bom processo de onboarding estão conseguindo manter os talentos dentro dos seus times por mais tempo.

Qual a vantagem de aplicar o processo de onboarding nas empresas?

Além de manter esse foco em reter os colaboradores e talentos dentro da sua organização, o processo de onboarding traz mais uma série de vantagens como:

  • Colaboradores melhor preparados para a rotina da empresa;
  • Entendimento da cultura da empresa antes de iniciar suas tarefas;
  • Motivação extra dos colaboradores para desempenhar um bom papel;
  • Alinhamento de expectativas entre empresa e colaborador;
  • Diminuição da rotatividade de pessoas nos cargos;
  • Melhor integração entre os novos integrantes e os colaboradores mais antigos.

Passo a passo para implementar um processo de onboarding eficiente

Separamos agora um passo a passo completo com todas as ações que precisa cumprir durante o processo de onboarding

1- Envie um e-mail animado para confirmar a contratação

Hoje, o principal caminho utilizado para confirmar a aprovação no processo seletivo para uma vaga de emprego é o email — mais até do que a própria ligação — com as informações importantes para começar o trabalho na empresa.

Além de todos os detalhes fundamentais, como data e horário de início, é interessante utilizar gifs e emojis que representam a felicidade de contar com a nova pessoa contratada dentro do time da empresa.

Essa animação, logo no momento do anúncio da contratação, já gera no colaborador uma sensação positiva de receptividade e ajuda a chegar com a garantia de que será acolhido de forma positiva.

2- Prepare a série de reuniões com os líderes da empresa

Claro que cada colaborador precisa conhecer quais atividades serão cobradas no seu dia a dia de trabalho. Mas, para que o seu processo de onboarding seja um sucesso, é preciso apresentar antes como funciona cada um dos setores dentro da sua empresa.

Por isso, monte com cada um dos líderes das equipes uma apresentação. Ela deve mostrar qual o trabalho específico de seu departamento dentro da empresa e como as diferentes áreas de atuação se relacionam para atingir o mesmo objetivo estratégico macro.

Por isso, prepare um calendário com reuniões entre os gestores e os novos contratados. Assim, todos consigam iniciar seu trabalho sabendo do papel de cada time dentro da empresa.

3- Faça o primeiro dia ser mágico

Lembra como foi o seu primeiro dia de trabalho nas empresas em que passou?

Certamente não teve nada de tão espetacular, mas se a sua intenção é alcançar todas as vantagens que um bom processo de onboarding pode oferecer, precisa entender que o idela é oferecer um dia memorável para os seus novos colaboradores.

Para isso, faça um trabalho focado em deixar vários pontos preparados como:

  • Tenha tudo preparado para o início de trabalho: desde a conta de acesso ao e-mail empresarial até o login de ferramentas importantes que serão usadas no dia a dia de trabalho, tudo deve estar anotado e entregue para o novo componente da empresa;
  • Entregue um kit de boas-vindas: o material de trabalho deve sim ser oferecido por toda a empresa, mas a maneira que ele é entregue influencia muito na impressão deixada durante o processo de onboarding. Então crie um bom kit de boas-vindas;
  • Apresente a empresa: fazer um tour e pedir para que todos os colaboradores cumprimentem os recém chegados é uma ótima maneira de apresentar cada detalhe da empresa e as pessoas que fazem parte dela.

4- Não exija “trabalho duro” logo de cara

Um erro bastante comum nas empresas é já exigir muito trabalho logo nos primeiros dias do novo colaborador na empresa. Até existem organizações que no primeiro dia já cobram a realização de alguma tarefa, mas o foco deve ser a integração do novo funcionário.

Mesmo sendo uma contratação de alguém já experiente no mercado, é preciso fazer com que ele se adapte. Ele precisa conhecer os objetivos principais de seu cargo e entender que papel pode cumprir para ajudar seus colegas.

E só um processo de onboarding bem focado e sem distrações pode proporcionar isso.

5- Peça um feedback de tudo que é feito durante o processo de onboarding

As novas contratações vão avaliar sua empresa de forma adequada logo no primeiro dia?

Provavelmente não. Mas se você deixar abertos alguns canais para um feedback honesto, eles estarão mais dispostos a apresentar soluções para problemas que você nem sequer percebeu.

O processo de onboarding cria uma nova perspectiva. Não tenha medo de perguntar aos novos contratados o que eles viram de positivo ou negativo até então. Dessa forma, eles se sentirão ouvidos e você terá acesso a eventuais melhorias necessárias.

Isso também vai mostrar que as opiniões são levadas em consideração em sua empresa, elevando a moral e o sentimento de importância dos colaboradores dentro da própria organização.

Feedback? Em algum momento você também terá que dar o seu para os novos colaboradores, veja algumas dicas:

processo de onboarding

A Siteware desenvolve o STRATWs ONE, um software de acompanhamento da performance corporativa que, entre diversas outras funcionalidades, conta com um módulo de monitoramento de desempenho individual, ideal para implantar a meritocracia ou a gestão à vista em sua empresa.

Revolucione a gestão da sua empresa com o STRATWs One

Que conhecer outro processo de RH que ajuda na retenção de talentos? Conter com um bom plano de sucessão em sua empresa. Baixe nosso e-book gratuito e saiba mais: Sucessão na empresas