Logo siteware

Indicadores de recursos humanos: conheça os principais + cuidados na implementação

CONTEÚDO

Publicação:
Publicação:
indicadores de recursos humanos

CONTEÚDO

Os indicadores de recursos humanos são definidos como ferramentas para medir os componentes objetivos e subjetivos relacionados aos empregados, dados que – organizados como um sistema – são capazes de oferecer uma análise dos resultados obtidos.

Embora os departamentos de recursos humanos não gerem receita, o RH gerencia a melhor vantagem competitiva de sua organização – seu pessoal.

Ele também pode acompanhar as principais métricas que fornecem insights vitais para ajudá-lo a tomar melhores decisões sobre o capital humano e desenvolver melhorias nos processos de RH para realizar todo o seu potencial.

A seguir, estão as orientações sobre alguns indicadores de recursos humanos que ajudarão você a gerenciar seu melhor ativo:

  1. Tempo de contratação
  2. Taxa de rotatividade
  3. Absenteísmo
  4. Tempo para produtividade
  5. Investimento de treinamento por funcionário
  6. Receita por funcionário
  7. Acidentes no local de trabalho
  8. Índice de reclamações trabalhistas
  9. Vagas fechadas no prazo
  10. Retenção de talentos

Veja também: Gestão de desempenho nas organizações: importância e métodos utilizados nas empresas

Você sabe o que é people analytics? Saiba mais sobre essa tendência da área de gestão de pessoas baseada na análise de dados e de Indicadores de desempenho de Recursos Humanos:

Indicadores de desempenho de Recursos Humanos

Estes materiais também podem ajudar você a usar Indicadores de desempenho de Recursos Humanos:

Veja no vídeo abaixo como usar a planilha de indicadores de desempenho e otimize sua gestão:

O que são indicadores de RH – Recursos Humanos

Indicadores de RH são índices numéricos que medem a eficiência desse departamento, trata-se de um critério objetivo para medir o desempenho do RH e, assim, detectar processos que precisam ser melhorados, caso seus indicadores mostrem uma performance abaixo da esperada.

Qual a importância dos indicadores de Recursos Humanos?

Imagine que no início do ano, a equipe de Recursos Humanos da sua empresa definiu que reduziria em 10% o turnover de funcionários, realizaria 5 workshops sobre felicidade no trabalho e buscaria 20 talentos dentro das equipes. 

Após seis meses, eles identificaram que o turnover foi reduzido em 8% e que 3 dos 5 workshops já foram feitos. Entretanto, apenas 4 talentos foram encontrados. Ou seja, 1 das 3 metas está subdesenvolvida.

Esses exemplos de indicadores de Recursos Humanos mostram sua importância para a empresa. Com o objetivo de mostrar quão perto (ou longe) a equipe está de alcançar metas desenhadas no início de um determinado período, ele possibilita uma melhor visão das metas e facilita a compreensão do que deve ser feito para alcançá-las.

Quais são as características de um bom indicador de recursos humanos?

Dentre todos os 10 indicadores de RH que listaremos abaixo, é possível que você encontrará opções que lhe encantarão e outras que você ignorará. 

Mas mais importante que isso, você deve julgar alguns pontos de qualquer indicador para definir seu sucesso dentro da sua empresa: 

Esse indicador é detalhado?

Para ter sucesso com um indicador, você precisa conseguir se aprofundar nele para ter maior confiança em quais melhorias devem ser realizadas. 

Esse indicador é simples?

Qualquer pessoa precisa entender esse indicador sozinha. A simplicidade é importante para facilitar o foco e a comunicação entre membros de uma equipe.

Esse indicador está alinhado com os resultados esperados?

Um indicador deve sempre agregar ao outro, trabalhando em conjunto a fim de alcançar um objetivo esperado.  

Uma pessoa pode ser a responsável por esse indicador?

É importante entender se uma pessoa pode ter responsabilidade sobre aquele KPI, mantendo-o em sua visão constante a fim de conquistar seu sucesso.

Leia também: Gestão por indicadores: porque e como usar KPIs na sua gestão de performance

Principais indicadores de desempenho de recursos humanos

Confira os principais indicadores de gestão de pessoas que você deve ficar de olho em sua empresa. Essa é uma das melhores maneiras de como aumentar resultados em RH.

1- Tempo de contratação

É o tempo médio necessário para preencher uma posição. É calculado considerando o total de posições dos dias abertas e dividindo-as pelo número de posições preenchidas.

Essa métrica pode fornecer informações sobre a eficácia de sua marca de emprego, esforços de marketing e processo de inscrição.

Números “altos” também podem fornecer uma perspectiva sobre o processo de entrevista.

  • Por exemplo: você pode ter um processo de inscrição muito longo, muitas entrevistas ou uma experiência de candidato fraca.

2- Taxa de rotatividade

Esse índice é um dos indicadores de capital humano mais conhecido.  Ele indica a quantidade de colaboradores que saem e que entram na empresa.

A taxa de rotatividade é calculada tomando-se o número de funcionários que deixam a empresa durante um período especificado (um ano, trimestre ou mês) e dividindo-o pelo número médio de funcionários durante o mesmo período e multiplicando-a por 100.

Quando focada em um grupo-alvo (por exemplo, funcionários de alto desempenho, pessoas com baixo desempenho ou posições críticas), essa métrica fornece, por exemplo, dados sobre a atratividade da empresa em relação à concorrência.

3- Absenteísmo

Este indicador mede as ausências de funcionários devido a atrasos, licenças médicas ou ausências justificadas ou não justificadas.

Ele deve ser calculado de acordo com um período de tempo pré-estabelecido. Pode ser mensal ou diário.

Pode ajudar a prever os números de ausências que você poderia esperar e até a queda na produtividade ou mesmo aumento de custos.

  • Por exemplo: com base no valor médio da hora trabalhada, o impacto do absenteísmo nos custos de mão de obra da empresa pode ser quantificado.

4- Tempo para produtividade

Este indicadores de desempenho de recursos humanos mostra o número médio de dias para produtividade satisfatória de um funcionário.

O tempo até a produtividade é calculado considerando-se o número de dias entre a data de início do novo funcionário e o ponto em que ele alcança a produtividade satisfatória.

Essa métrica é um indicador vital do desempenho do seu programa de integração. Além disso, os resultados podem ser uma indicação da qualidade de seu processo de recrutamento e do calibre dos candidatos que você está atraindo.

  • Por exemplo: quanto tempo um novo vendedor demora para vender tanto quanto a média de seus colegas da equipe comercial? Este é o chamado ramp up de vendas.

Confira também: Gestão estratégica de pessoas nas organizações – saiba como implementar corretamente

E veja mais nete vídeo:

5- Investimento de treinamento por funcionário

É preciso acompanhar de perto o quanto você está investindo em treinamento e desenvolvimento.

Esse indicador de desempenho de RH é calculado pela divisão do total gasto em treinamento pelo número de funcionários da empresa.

Se você investe muito pouco, é provável que:

Você tenha dificuldades para desenvolver os principais talentos internamente;

Os melhores talentos saiam para buscar oportunidades de treinamento e desenvolvimento em outros lugares.

  • Por exemplo: se uma empresa de desenvolvimento de softwares não aprimora suas equipes nas novas linguagens e nas inovações da área, é provável que os colaboradores busquem por isso e outras empresas.

6- Receita por funcionário

Este é um dos indicadores de gestão de recursos humanos mais importantes para os investidores quando analisam em quais empresas investir.

Embora não seja uma ciência precisa, a receita por empregado (receita total / total de funcionários) é um bom indicador de quão eficiente é sua organização geral.

  • Por exemplo: a folha de pagamento é geralmente o maior custo. Organizações com uma receita baixa por funcionário não tendem a sobreviver por muito tempo.

7- Acidentes no local de trabalho

Ser capaz de medir o número de acidentes no local de trabalho será extremamente importante e útil para evitar problemas futuros.

Esse é o objetivo deste KPI de recursos humanos

  • Por exemplo: é muito comum ver placas nas empresas com dizeres como “tantos” dias sem acidentes de trabalho.

Promover a segurança de seus colaboradores é uma obrigação que não pode ser negligenciada.

Saiba mais: 7 maneiras de melhorar as operações sem sacrificar a segurança da equipe

8- Índice de reclamações trabalhistas

Dentre os indicadores de recursos humanos aqui mencionados, podemos dizer que este é um dos mais problemáticos, especialmente no Brasil.

Nossa legislação extremamente paternalista faz com que o Brasil seja o país recordista de ações trabalhistas.

  • Por exemplo: uma alta taxa percentual de reclamações trabalhistas sinaliza grave problema. Além de os processos serem extremamente custosos, esse número pode indicar ilegalidades cometidas pela empresa.

9 – Vagas fechadas no prazo

Outro importante indicador do departamento pessoal está associado com a produtividade dentro do recrutamento de profissionais. Essa métrica é importante para toda a empresa, já que contratações demoradas causam uma perda de produtividade nas equipes.

Para mensurar esse indicador do departamento pessoal, a sugestão é relacionar o número de vagas abertas com o total de vagas fechadas fora do período estipulado. O ideal é que o resultado esteja o mais próximo possível de zero. Ou seja, o cálculo será:

Vagas fora do prazo (%) = vagas fora do prazo / total de vagas x 100.

Leia também: Descubra quais são os indicadores de desempenho mais utilizados

10 – Retenção de talentos

Nós falamos sobre a retenção de pessoas, mas vale dar uma atenção especial para os talentos. Em todas as empresas existem profissionais que apresentam alta qualificação e que, claro, as empresas não querem perder.

Com esse indicador, o foco é analisar se a estratégia de gestão na empresa é eficaz para manter as estrelas corporativas. E com seus resultados podem ser determinadas ações que deixarão o ambiente mais convidativo para esses profissionais.

E não se esqueça de que uma empresa capaz de reter bons talentos também é capaz de atrair os grandes talentos do mercado, por ser considerada uma boa empregadora.

Para usar ainda melhor esses indicadores de gestão de pessoas e liderança, baixe nosso e-book gratuito e descubra o alto custo do baixo engajamento dos colaboradores

Quais são os principais indicadores de recursos humanos?

Além dos indicadores de RH apresentados e explicados acima, existem vários outros, por isso, criamos uma lista mais completa, acrescentando mais alguns, confira:

  1. Tempo para contratação
  2. Taxa de rotatividade
  3. Taxa de promoções
  4. Absenteísmo
  5. Tempo para produtividade
  6. Investimento de treinamento por funcionário
  7. Avaliação de aprendizagem
  8. Retorno sobre o investimento (ROI) em treinamentos
  9. Receita por funcionário
  10. Acidentes no local de trabalho
  11. Índice de reclamações trabalhistas
  12. Vagas fechadas no prazo
  13. Retenção de talentos
  14. Clima organizacional
  15. [E-NPS] Net Promoter Score com funcionários
  16. Horas de ausência
  17. Custo de turnover
  18. Custo dos benefícios p[or colaborador
  19. Headcount (variação no número de colaboradores)
  20. Competitividade salarial
  21. Tempo médio na empresa

Como saber quais são os melhores indicadores de Recursos Humanos para a minha empresa?

Apesar de todos esses indicadores trazerem benefícios para a empresa e seus colaboradores, é quase que impossível implementá-los corretamente todos de uma vez.

Por isso, entender quais são os principais indicadores de RH para iniciar esse processo é necessário.

Mas como saber se um indicador é correto para a estratégia do RH? Primeiro, é importante entender que os indicadores podem ser divididos entre dois tipos:

  • Drivers: medem as gerações dentro de um processo. O indicador de satisfação gera produtividade, por isso é um driver.
  • Outcomes: medem as consequências dentro de um processo. O ROI acontece no final da cadeia, por isso é um outcome.

Portanto, sua equipe precisa entender quais objetivos (outcomes) precisam ser alcançados e quais são as condições (drivers) que os levarão ao sucesso desse plano. 

Para reduzir a taxa de rotatividade, a empresa precisa investir em treinamentos para mostrar que valoriza suas equipes. Esse exemplo de indicadores de recursos humanos reúne driver e outcome, ou seja, causa e consequência.

Quais são os cuidados que devo tomar ao escolher os indicadores da minha equipe?

Para que qualquer setor implemente indicadores que agregarão ao sucesso da empresa, o essencial é escolher apenas KPIs que tenham uma finalidade. Se você não souber porque está olhando para um número, ele é uma burocracia corporativa.

Nós já afirmamos acima, mas também vale reforçar o cuidado em escolher o momento correto para implementar essas métricas. Uma loja de roupas não implementará KPIs no final do ano, quando a equipe de RH está correndo com as contratações temporárias, não é mesmo?

Além disso, deve-se refletir qual será a periodicidade dessa métrica. Enquanto treinamentos precisam de meses para mostrarem resultados concretos, a taxa de absenteísmo pode ser checada mensalmente após a implementação de todas as ações.

Também é válido entender quais são as ferramentas que ajudarão a facilitar a aplicação e o monitoramento desses KPIs. 

Como medir os indicadores de RH?

Você viu algumas práticas e indicadores estratégicos de recursos humanos. Mas de nada adianta conhecer indicadores de gestão de recursos humanos e não usá-los para desenvolver as pessoas. Veja como fazer isso neste vídeo da Siteware que ensina como medir os indicadores de recursos humanos:

O STRATWs ONE é um software de gestão de performance corporativa capaz de unir seu pessoal, a operação e a estratégia em busca de melhores resultados. Com ele é possível acompanhar facilmente os principais indicadores estratégicos de RH, além de diversos outros indicadores do seu negócio.

Veja mais algumas vantagens do STRATWs One que o fazem ser o software escolhido por mais de mil empresas ao redor do mundo:

  • Compartilhar informações com agilidade e transparência;
  • Usar a meritocracia e a gestão à vista para motivar e gerenciar equipes;
  • Empregar as principais metodologias de planejamento estratégico como BSC, OKR e SWOT;
  • Potencializar a governança corporativa;
  • Gerenciar riscos e analisar cenários.

Banner 16 Indicadores de recursos humanos: conheça os principais + cuidados na implementação
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]