Gestão de Equipe

O que é People Analytics e as vantagens dessa metodologia para a gestão estratégica de pessoas

O que é People Analytics e as vantagens dessa metodologia para a gestão estratégica de pessoas

Publicação : 30/04/2019

Por Siteware Siteware

11 min

Os colaboradores são um dos recursos mais valiosos que uma organização pode ter. Eles são a engrenagem que faz toda a máquina funcionar. Afinal, não são os softwares, equipamentos, instalações ou dinheiro investido que tomam decisões e têm ideias: são as pessoas!

Tendo isso em vista, é de extrema importância que as empresas consigam entender melhor seus colaboradores, procurando identificar maneiras de torná-los mais engajados, produtivos e, por que não, felizes no trabalho.

Para isso, a tecnologia pode ser uma grande aliada. Atualmente, empresas de quase todos os setores estão aproveitando o poder do Big Data e da análise avançada de dados para fazer aquilo que os especialistas da área de recursos humanos chamam de People Analytics.

Trata-se de uma metodologia que tem gerado melhorias significativas no desempenho de pessoal.

Neste artigo falaremos sobre o que é o People Analytics, suas principais vantagens para os negócios e como você pode aplicar essa metodologia na sua empresa.

Você também pode gostar:

O que é People Analytics?

O People Analytics pode ser definido como uma metodologia pela qual os líderes de RH aplicam uma combinação de práticas estatísticas, tecnologia e sua experiência individual a grandes conjuntos de dados sobre negócios e funcionários.

Trata-se de um processo que coleta, organiza e analisa diferentes dados relacionados ao comportamento dos colaboradores. O objetivo é identificar tendências e aprimorar a gestão estratégica de pessoas.

Com o People Analytics, o departamento de recursos humanos consegue analisar padrões comportamentais e sua relação com os índices de turnover, por exemplo.

Além disso, é possível também fazer o cruzamento de informações coletadas internamente com aquelas coletadas externamente, como redes sociais, e monitorar a conduta dos funcionários.

O People Analytics permite que sejam feitas inúmeras análises relacionadas à produtividade. Ele é muito útil para a empresa saber que tipo de profissional ela quer recrutar e reter. E também quais estratégias ela deverá adotar para fazer uma gestão de talentos mais eficaz.

Veja mais: 5 dicas iniciais de como fazer análise de dados de maneira clara e assertiva

Não ficou muito claro para você o que é People Analytics? Então, confira este video da Runrunit:

Por que utilizar o People Analytics?

Depois de saber o que é People Analytics, você deve estar se perguntando: quais as vantagens dessa metodologia? Pois bem, vamos a elas.

Recrutamento aprimorado

O People Analytics ajuda o RH a fazer a melhor escolha de futuros profissionais com base em dados históricos.

Além disso, com o People Analytics o recrutador aprende mais sobre os candidatos por meio de banco de dados de currículos online, aplicativos, perfis de mídias sociais etc.

Por já ter um registro de padrões previamente identificados, a empresa consegue saber qual o perfil ideal que o profissional deve ter para ser recrutado.

Treinamentos mais eficazes

O treinamento é uma ferramenta importante para a organização. Lacunas no processo de treinamento podem levar a muitos problemas e aumentar o custo para a empresa.

Os vários programas de desenvolvimento profissional oferecidos pelas empresas aos seus colaboradores, se não forem tratados adequadamente, podem custar caro.

Com o People Analytics, a organização consegue identificar se os funcionários estão aproveitando ao máximo as oportunidades de aprendizado. Percebe também se eles estão fazendo o uso do conhecimento e das habilidades que estão sendo oferecidas a eles durante o programa de treinamento.

Veja também: Indicadores de treinamento e desenvolvimento: confira os 10 principais

Melhores insights

O People Analytics ajuda a empresa a analisar a vida profissional do funcionário. Para isso, rastreia os dados relacionados ao seu desempenho, ao seu comportamento com clientes e colegas de trabalho e à maneira como eles gastam seu tempo.

Além disso, os dados coletados podem ser usados ​​pelo RH para identificar grandes talentos e investir mais neles. O People Analytics não apenas fornece melhores insights sobre os funcionários, mas também molda as estratégias para aumentar a motivação, a retenção e o engajamento dos colaboradores.

Melhora a experiência do colaborador

Especialistas em RH estão descobrindo que aumentar o sentimento de pertencimento dos funcionários dentro da empresa pode aumentar o moral e a produtividade.

Analisar o quanto esse sentimento de pertencimento é forte, bem como o que contribui para isso, pode ajudar a melhorar a cultura da empresa e criar um ambiente de trabalho melhor.

Maior retenção de talentos

O People Analytics é uma forma de identificar os motivos por trás da taxa de retenção dos funcionários. As análises dizem à empresa a razão pela qual os funcionários saem e o que faz eles ficarem.

Para isso, existem várias ferramentas, tais com:

  • pesquisas de satisfação de funcionários;
  • avaliações da equipe;
  • entrevistas de saída.

Entre outras.

Como implementar o People Analytics na sua empresa

Agora que você já sabe o que é People Analytics e suas principais vantagens, falta descobrir como implementar essa metodologia, na prática. Confira a seguir os 5 passos básicos.

Passo 1 – Identifique os problemas de negócio

O primeiro passo para o People Analytics é identificar os problemas que você quer resolver com essa metodologia. Por exemplo:

  • Como podemos melhorar nosso desempenho financeiro?
  • Como podemos impulsionar as vendas em 5% do próximo semestre?

Lembre-se que os problemas de negócio são problemas para o negócio, não problemas para o RH. Os problemas de negócio estão relacionados aos principais indicadores de desempenho da organização.

Veja mais: Como fazer um diagnóstico empresarial? Confira o passo a passo!

Passo 2 – Hierarquize os problemas

Depois de identificar os problemas, é hora de classificá-los em ordem de importância; dos mais urgentes e graves para os menos importantes.

Essa hierarquia servirá para priorizar os problemas de maior impacto e que são mais fáceis de resolver. Assim, ficará mais fácil organizar todo o processo.

Você sabe como priorizar a solução de problemas? Então, confira este vídeo:

Passo 3 – Colete dados relevantes

Os dados que você vai coletar para análise futura precisam ser de valor estratégico para a sua organização. Caso contrário, será um desperdício de tempo e de energia.

Para essa etapa, você pode recorrer a pesquisas com os funcionários ou com os clientes, questionários de comunicação interna, relatórios, histórico de desempenho etc.

Vale lembrar que o próprio departamento de RH provavelmente já conta com um sistema de métricas, as quais não devem ser descartadas. Tente se concentrar principalmente nos dados do que você já tem e, se necessário, adicione novas informações.

Passo 4 – Análise os dados coletados

A análise de dados é um passo complicado, pois muitas vezes requer conhecimentos estatísticos. Além disso, é nessa etapa que é fornecida a base para insights valiosos.

Felizmente, há diversas ferramentas disponíveis no mercado que permitem aos usuários usar técnicas de mineração de dados com uma interface amigável e intuitiva.

Assim, fica mais fácil explorar e entender os dados rapidamente e definir um plano de ação eficiente.

Passo 5 – Faça um plano de ação e execute-o

Agora que você concluiu sua análise de dados, é hora de montar e executar um plano de ação para enfrentar os problemas elencados no Passo 1.

Se, por exemplo, você tiver analisado os fatores de risco para a rotatividade de funcionários, você poderá relacionar a redução da rotatividade com as avaliações de desempenho dos gerentes.

Na Accenture, por exemplo, a metodologia do People Analytics é utilizada com o objetivo de otimizar a força de trabalho, reduzir custos e melhorar os índices de satisfação dos clientes.

A empresa, que é considerada uma das maiores consultorias de gestão no mundo, obteve insights sobre gastos, produtividade e feedback de usuários e conseguiu adotar uma formatação ideal dos seus recursos humanos, atingindo uma economia de de US$ 3 milhões.

Leia também: Como executar um plano de ação e acompanhar seus resultados

Conclusão

Implementar o People Analytics pode colaborar para a criação de um ambiente transparente. Por meio da análise dos dados coletados e das medidas que forem adotadas, a diretoria e os colaboradores podem se comunicar e caminhar juntos em prol dos objetivos da empresa.

Ficou claro o que é People Analytics? Então, coloque essa metodologia em prática e melhore os resultados do seu negócio.

Veja também: Metodologia de análise de dados: 6 etapas para colocar em prática

O STRATWs One é um software de gestão de performance corporativa que ajuda sua empresa e colaboradores a acompanhar e analisar indicadores de desempenho em tempo real.

Ideal para diversas práticas de gestão pessoas.

Revolucione a gestão da sua empresa com o STRATWs One

Daniella DoyleJornalista e Publicitária de formação, está no mercado há mais de 15 anos com foco em gerar resultados para empresas B2B por meio de estratégias online e offline. Adora uma nova tendência e trabalhar com métricas e metas. É gerente de marketing na Siteware e, quando sobra um tempinho, aproveita para tricotar e pintar!

Você conhece a gestão por competências? Então, confira nosso e-book gratuito: Gestão por competências nas organizações

Deixe uma resposta


O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *