Processos

5 dicas iniciais de como fazer análise de dados de maneira clara e assertiva

5 dicas iniciais de como fazer análise de dados de maneira clara e assertiva

Publicação : 09/01/2019

Por Siteware Siteware

8 min

Você já parou para pensar na quantidade de informações que chegam até você todos os dias?

Dados sobre processos, funcionários, clientes, mercado – números e mais números relacionados ao seu negócio. Bem, e isto é ótimo, não é? A resposta é sim, mas somente se, antes, você souber como fazer análise de dados.

Afinal, de nada adianta ter milhões de dados se não for possível analisá-los e utilizá-los para alguma finalidade específica.

Em uma empresa, saber como fazer análise de dados é essencial para ter uma visão ampla do negócio, evitar erros e facilitar momentos de decisão.

Você ainda consegue se antecipar e solucionar respostas para diversas questões e demandas internas. E com a transformação digital e o avanço da tecnologia, vale destacar que os dados chegam em tempo real.

Será que você consegue acompanhar o ritmo e interpretá-los da maneira mais adequada?

Veja o texto que preparamos sobre o assunto com as 5 dicas de como fazer análise de dados!

Veja também: 4 Programas de análise de dados e as 6 etapas do processo de análise

5 dicas sobre como fazer análise de dados 

1- Defina claramente seu objetivo

Se você precisa fazer uma análise de dados, quer dizer que tem algum objetivo a alcançar ou alguma pergunta para responder.

Uma boa dica é definir qual objetivo é esse, focando na solução de um problema, por exemplo. Feito isso, você consegue direcionar a análise e fazê-la na medida certa, sem perder tempo com números desnecessários.

Entenda o que está procurando, o indicador de desempenho que precisa e os processos que te farão chegar a este resultado final.

Quer mais um exemplo? Se você deseja melhorar a qualidade de determinado produto, este é seu objetivo.

O indicador que fará você saber se obteve sucesso pode ser, por exemplo, o número de defeitos em uma mesma linha desse produto (quanto menos defeitos, melhor!).

Ao realizar uma boa análise de dados, você saberá se seu desempenho é satisfatório e terá pistas de como fazer para melhorar cada vez mais o resultado.

2- Quantifique e qualifique

 Os dados a serem analisados podem ser quantitativos ou qualitativos.

Dados quantitativos são mais voltados para números bastante objetivos, já os qualitativos podem envolver opiniões, comentários, avaliações etc.

Saiba diferenciá-los para acertar em sua análise. A melhor maneira de adquirir esses dados também dependerá do objetivo proposto. Se se trata de alguma necessidade mais objetiva (quantitativa) ou algo que exige mais detalhes subjetivos (qualitativa).

3- Agilize processos com ferramentas e fontes de dados

 Existem algumas ferramentas e softwares que te auxiliam a interpretar esse grande volume de dados, que seria o que chamamos de Big Data.

Utilize sempre que possível para otimizar processos em sua análise. Além disso, sempre use fontes de dados confiáveis e que também ofereçam agilidade.

E não se esqueça: as informações internas devem sempre estar no seu planejamento de análise.

Este post pode ajudar você: Ferramentas de Business Intelligence: como usar em seu negócio

4- Compartilhe os dados

 Compartilhe os dados com outros líderes ou profissionais da empresa que possam dar uma segunda interpretação às informações apresentadas.

A colaboração das equipes neste aspecto pode oferecer um aumento em produtividade. Um dado pode ser interessante para mais de um setor e, por isso, esta integração se faz necessária.

5- Pense em hipóteses

 Pensar em hipóteses para analisar dados pode ser algo útil, uma vez que facilita o processo.

Trabalhe esse exercício sempre que notar um problema ou uma oportunidade para sua empresa. Caiu o movimento de seu estabelecimento e você acha que a queda tem relação com o aumento de reclamações nas redes sociais?

Coletar as informações para analisá-las futuramente fica mais fácil se levantar, antes, uma hipótese. Para não ficar no achismo, claro, é importante comprovar as hipóteses por meio de ferramentas de qualidade, como diagramas de causa e efeito ou folhas de verificação.

A análise de dados é uma ferramenta importante na hora de usar o BI. Você sabe o que é Business Intelligence? Então, assista a este vídeo de nosso canal no YouTube:

Leia também: Como começar uma análise de dados e os demais passos a seguir

Análise de dados: como apresentar?

 Existem outras dicas que te ajudam a saber como fazer análise de dados e como de fato apresentá-la. Você precisa, primeiramente, organizar os dados e visualizá-los de maneira clara. A tabulação é uma forma de garantir isso, assim como ao usar gráficos e quadros diversos.

Importante destacar que, para que a análise de dados seja eficiente e signifique maior desempenho e até mesmo destaque em relação aos concorrentes, é preciso não somente apresentar dados descrevendo resultados.

Você precisa acrescentar uma nova visão sobre o tema tratado. Qual conclusão chegou? Utilize os números, as ferramentas, mas também o Business Intelligence da empresa para apresentar análises completas.

Os dados se transformam em estratégias quando você entende, por meio deles, o porquê de determinado resultado, os significados de cada um, a identificação de problemas e, mais do que isso, a conclusão e definição de soluções.

Caso perceba uma oportunidade, também saberá como explorar da maneira mais adequada.

Saber como fazer análise de dados pode parecer algo complexo, mas esperamos ter clareado sua mente com essas dicas! Quer mais detalhes sobre o assunto? Acompanhe nossos posts e não deixe de se atualizar!

Saiba mais: Metodologia de análise de dados: 6 etapas para colocar em prática

O STRATWs ONE é um software de gestão de performance corporativa extremamente robusto e fácil de usar. Ele disponibiliza dados para todos os níveis hierárquicos da empresa. Assim, é possível compartilhar informações de forma ágil e transparente.

Revolucione a gestão da sua empresa com o STRATWs ONE

Quer usar a análise de dados para acompanhar o desempenho de seus processos? Então baixe esta planilha gratuita: Planilha de Acompanhamento de Indicadores de Desempenho