Gestão Estratégica

O que é Big Data e por que é tão valioso para sua empresa

O que é Big Data e por que é tão valioso para sua empresa

Publicação : 28/01/2019

Por Siteware Siteware

8 min

(Clique no player e ouça a narração do nosso post sobre O que é Big Data! Deixe para nós nos comentários o que achou!)

Big Data: você provavelmente já ouviu falar nisso, não é mesmo? Mas, você sabe o que significa, o que é Big Data?

O termo está diretamente relacionado aos dados gerados por empresas no dia a dia. Com a evolução da tecnologia e a transformação digital, vão surgindo novas formas de analisar esses dados e transformá-los em serviços diferenciados.

Mas a verdade é que o Big Data já existe até mesmo antes da popularização dos meios digitais. Por isso, veja neste artigo completo o que é Big Data, como ele surgiu e como funciona!

Leia também: O que é BI Business Intelligence?

O que é Big Data?

Em uma definição clara e objetiva, Big Data significa um grande volume de dados. A quantidade aumenta consideravelmente à medida que novos meios digitais aparecem para gerar dados não só a cada dia, mas a cada minuto.

Os dados do Big Data podem ser estruturados ou não e incentivam o cruzamento de informações para chegar a insights e decisões estratégicas para uma empresa.

Assim, por meio do Big Data, é possível entender o cenário do mercado, a satisfação com uma marca, as necessidades de determinado público, entre outras análises.

Saiba mais: 4 Programas de análise de dados e as 6 etapas do processo de análise

Antes de prosseguir, que tal assistir a este vídeo sobre o Big Data?

https://www.youtube.com/watch?v=hEFFCKxYbKM

Como surgiu o Big Data

O conceito de Big Data começou a ser trabalhado no início dos anos 2000. Foi quando o analista Doug Laney, enxergando a importância da coleta e armazenamento de dados para análises futuras, determinou os “três Vs” do Big Data.

Seriam eles o Volume, a Velocidade e a Variedade.

Os 3 Vs do Big Data:

  1. Volume: diz respeito à quantidade de dados de fontes variadas adquiridos pelas empresas. O volume inclui dados financeiros, de redes sociais ou de máquinas, dependendo do segmento que se refere.
  2. Velocidade: apontada como uma das principais características do Big Data. Afinal, conforme as tecnologias foram avançando, os dados passaram a ser transmitidos em uma velocidade muito maior. Em uma rede social ou com um software de gestão, você consegue coletar informações em tempo real.
  3. Variedade: seriam os formatos em que os dados são gerados, sejam eles estruturados em números, databases, ou não. No caso dos dados não estruturados, podem se basear em documentos de texto, transações financeiras, e-mails, vídeos, áudios ou outros. Neste caso, o entendimento e interpretação humanos tornam-se necessários.

O Big Data existe há algum tempo. Mas nos dias de hoje geramos muito mais dados e em uma velocidade muito mais rápida.

Nesse sentido, quais os fatores que influenciam o Big Data?

Bem, o smartphone que está bem próximo de você é um dos grandes motivadores. Assim como televisões, as mídias sociais e todos os canais que, com acessibilidade, oferecem informações e possibilitam análise de dados.

O termo também é utilizado para falar sobre outros temas, como Internet das Coisas (o famoso IoT).

Isso porque carros e geladeiras conectadas, por exemplo, já são uma realidade, e a quantidade de dados que dispositivos conectados à internet oferecem é surpreendentemente alta.

Neste caso, ao invés de falar sobre comportamento, como um social data, ou de dados fornecidos por setores da empresa, como o enterprise data, trata-se de um data of things.

Confira em nosso blog: 5 dicas iniciais de como fazer análise de dados de maneira clara e assertiva

Como funciona o Big Data

Empresas de diversas indústrias começam a enxergar a importância do controle de dados. E o cruzamento e análise desses dados seria o chamado Big Data Analytics. O grande segredo é unir os “robôs” que coletam dados ao trabalho humano estratégico e inteligente.

Existem inúmeros exemplos de como atrelar o Big Data ao trabalho, na prática. Geralmente, a análise realizada determina padrões e melhora processos.

Na indústria

Em uma indústria, o acompanhamento de Big Data permite a configuração de alertas em casos de falhas nas máquinas em tempo real, por exemplo. Pode ajudar a entender processos e otimizá-los.

Redes sociais

Ao monitorar as redes sociais, você pode analisar menções de palavras-chave da sua empresa. O que as pessoas estão falando sobre ações ou produtos? É algo positivo ou negativo? Categorizar e estruturar dados vindos de mídias sociais faz parte desse Big Data Analytics.

Hábitos de compra

Você também consegue analisar hábitos de compra do cliente por meio do Big Data em sites e e-commerces. Os dados permitem que você crie promoções mais assertivas, baseadas em tendências e personalizações.

Recursos humanos

A área de Recursos Humanos também tem várias informações sobre funcionários, como relacionadas à assiduidade e produtividade.

Área financeira

Em um banco, o Big Data detecta comportamentos fraudulentos e minimiza riscos ao negócio. Já em um hospital, os registros de pacientes podem ser suficientes para criar insights para melhorar a assistência e atendimento.

Independentemente do segmento, se você souber como gerenciar o Big Data, também conseguirá extrair ideias para fazer sua empresa crescer. Quem sabe, assim, você alcançará resultados com a mesma velocidade que chegam os dados!

Veja também: Veja como implementar Business Intelligence em 5 passos

O STRATWs ONE é um software de gestão de performance corporativa que armazena, compartilhar e ajuda a analizar os dados de sua empresa. Assim, é possível tomar melhores decisões e acompanhar processos.

Revolucione a gestão da sua empresa com o STRATWs One

Daniella DoyleJornalista e Publicitária de formação, está no mercado há mais de 15 anos com foco em gerar resultados para empresas B2B por meio de estratégias online e offline. Adora uma nova tendência e trabalhar com métricas e metas. É gerente de marketing na Siteware e, quando sobra um tempinho, aproveita para tricotar e pintar!

Baixe nosso e-book gratuito e veja como usar a análise de dados na gestão de sua empresa: Gestão de resultados