.elementor-element .elementor-swiper .swiper { overflow: hidden; }

Motivação no trabalho: como aumentá-la na sua organização?

CONTEÚDO

Motivação no trabalho

CONTEÚDO

Como é o seu comportamento quando você está pouco interessado ou motivado a fazê-lo? Produz com baixa qualidade? Procrastinar até não poder mais? Esquece do prazo? Bem, esses são alguns dos sintomas bastante comuns quando falamos da baixa motivação no trabalho.

Para você ter uma ideia do quão grave se trata esse assunto, segundo uma pesquisa realizada no ano passado, 90% dos brasileiros afirmaram estarem infelizes no trabalho. Dessa forma, quando o problema se torna geral dentro de uma organização, é bastante comum que diversos sintomas negativos aconteçam, como altas taxas de turnover, tarefas realizadas com baixa qualidade e prazos não sendo cumpridos.

Assim, caso você esteja interessado em entender mais sobre a motivação no trabalho, como identificar esses sintomas dentro da empresa e como agir em cima desse problema de maneira eficaz, produzimos este artigo para te ajudar. Continue a leitura e confira!

Ei! Você sabe como os funcionários que não estão engajados se comportam? Baixe o nosso infográfico agora mesmo e confira!

Mas afinal, o que é motivação no trabalho?

A motivação no trabalho é tudo que se refere a determinação e o empenho do colaborador para ajudar a empresa a conquistar bons resultados e atingir as metas. Podemos conectar essa pró-atividade com o fato da pessoa estar interessada naquilo que faz e se manter naquele trabalho. E isso acontece porque o colaborador se conecta de maneira positiva com aquilo que ele acredita para o seu ambiente de trabalho.

Como o significado vem de um “motivo para ação”, a lógica é que um trabalhador com uma alta motivação no trabalho é capaz de identificar problemas e buscar solucioná-los sem esperar que o líder peça ele para resolver o fato, ou mesmo buscar por insights e novas ideias capazes de melhorar tudo que já vem sendo realizado.

Em contrapartida, um colaborador com baixa motivação no trabalho estará sempre procrastinando suas tarefas, pouco interessado em resolver problemas que poderiam ser apoiadas por ele, realizando entregas com deadlines atrasados e até interessado em trocar de empresa.

Nesse caso, é importante destacar que um colaborador que está com uma baixa motivação no trabalho não significa que ele seja um funcionário ruim, mas sim que não está encontrando motivação o suficiente para que ele desempenhe o seu melhor.

Ou seja, mesmo aquele trabalhador super eficaz e estratégico na sua organização pode um dia estar desmotivado e isso vai impactar em suas entregas. E isso é um cenário muito mais comum do que se imagina, principalmente por empresas que não possuem um RH estratégico e focado na motivação dos seus colaboradores.

people analytics

Tipos de motivação no trabalho

É importante destacar ainda que cada colaborador possui a sua própria motivação. Nesse caso, é papel do RH e do líder direto ter mapeado esses diferentes valores para estimular cenários que possam estar sempre motivando a sua equipe.

Dessa forma, podemos separar a motivação em dois grupos:

Motivação intrínseca: que se refere às necessidades particulares de cada pessoa. É interessante que ainda na entrevista de emprego, essa motivação seja mapeada, para que o líder possa identificar se a vaga faz sentido para aquele indivíduo a curto e longo prazo, já que ele pode ser estimulado a cenários que não vão motivá-lo diariamente.

Motivação extrínseca: que está relacionada aos fatores externos à pessoa. Nesse caso, é esse grupo de motivação no trabalho que a empresa poderá atuar diretamente, seja com bônus salarial, status ou treinamentos constantes, por exemplo.

E por que a motivação no trabalho é importante?

Qualquer pessoa, seja ela do nível júnior ao sênior, quando ela está desinteressada pelo trabalho que ela realiza, ela se torna apenas uma cumpridora de tarefas. Isso para algumas empresas pode não ser nada de mais, no entanto, o mercado de trabalho atual já mostrou que as novas gerações estão interessadas em diferentes formas de conectar o trabalho delas com aquilo que elas acreditam.

Dessa forma, se a organização está interessada em atrair novos talentos e manter os atuais dentro da casa, é necessário promover diferentes formas de motivar seus colaboradores, para que assim, eles possam criar um ambiente saudável no trabalho e gerar diversos benefícios como:

#01 Mais colaboração e trabalho em equipe

Quando as pessoas estão realmente engajadas e comprometidas com o trabalho, elas se tornam muito mais propensas a ajudar os colegas de trabalho, pensando não somente no individual, mas no coletivo, já que ele sabe que, garantir que o colega do lado alcance as metas dele, vai ajudar ele também a atingir as suas.

Esse benefício gera o segundo ponto que é o ambiente de trabalho mais saudável.

#02 Ambiente de trabalho mais saudável

Assim como em qualquer ambiente, ter uma pessoa que está pouco interessada em estar ali pode gerar gatilhos de baixa motivação nos demais. Nesse caso, ao criar um ambiente que o foco é garantir que todos estejam motivados, cria-se um ambiente saudável de crescimento para todas as pessoas.

#03 Retenção e aquisição de talentos

Perder colaboradores que são altamente eficazes naquilo que fazem é um golpe duro para qualquer líder. Afinal, sabemos bem que não é fácil achar essas pessoas. Nesse caso, quando se conquista um ambiente motivador, as chances das pessoas deixarem o lugar são menores, afinal, ela se encontra motivada.

Além disso, ao criar esse ambiente saudável, as chances de atrair novos talentos com alto poder de atuação são maiores, o que ajuda a construir uma empresa de excelência.

#04 Aumento da produtividade

Neste artigo, eu já te trouxe os vários problemas que a baixa motivação no trabalho pode trazer e alguns deles são: entregas de baixa qualidade e atrasos com os prazos. Dessa forma, aparecem como benefícios de uma empresa motivadora um ambiente de alta produtividade, não só porque o colaborador está motivado em realizar uma entrega de qualidade, mas porque ele está interessado em fazer o seu melhor.

Qual a relação entre o RH e a motivação no trabalho?

É importante destacar que a motivação no trabalho não é exclusiva do time de Recursos Humanos, já que os líderes e gestores também possuem papel fundamental no dia a dia das empresas. No entanto, hoje o conceito de RH estratégico se tornou comum na rotina das organizações que estão interessadas em conquistar uma visão estratégica dos processos, análise de dados, comunicação objetiva e inovação tecnológica.

Dessa forma, entende-se que é papel do time de Recursos Humanos buscar por práticas capazes de promover esse ambiente de constante motivação. Para isso, são promovidos pontos estratégicos que partem desse time, como:

  • Cultura organizacional: a cultura organizacional é um dos principais pilares na motivação do trabalho. Isso porque vivemos em um período em que aquilo que motiva a empresa, deve estar diretamente conectado com aquilo que move o colaborador, para que ele se sinta motivado e engajado. Para isso, é importante que os valores, visão e objetivos da organização estejam claros e bem definidos.
  • Programa de desenvolvimento: anos atrás, era comum que um trabalho entrasse para a empresa exercendo uma função específica e ele se aposentasse nela. No entanto, hoje em dia, as carreiras dos profissionais estão muito mais dinâmicas, havendo crescimento e mudanças de áreas com muito mais frequência do que anos atrás. Nesse caso, para promover uma cultura de motivação, é importante ter bem definido programas de desenvolvimento e treinamento para os seus colaboradores.
  • Benefícios: e não, não estamos falando apenas de vale refeição, alimentação e transporte. Na verdade, esses três, que em outros tempos eram um diferencial, hoje são o básico para qualquer vaga. Com a popularidade do home office, por exemplo, a flexibilidade de horários e até o modelo de contratação se tornaram alguns dos benefícios que vem se destacando.

Sintomas de colaboradores desmotivados

Agora que já deu pra entender como funciona a motivação no trabalho, te convido a fazer uma breve leitura sobre os sintomas que costumam estar presentes entre os colaboradores que estão desmotivados no trabalho.

Isso te ajudará a identificá-los e a partir daí, criar um plano de ação para promover uma alta de motivos para ação.

1- Estresse e ansiedade

Nunca se falou tanto de estresse e ansiedade quanto atualmente. E isso não é porque as pessoas desenvolveram isso agora, mas sim porque esses fatores passaram a ser importantes na hora de escolher entre ficar ou desistir de uma empresa.

Nesse caso, se você identificou que há uma movimentação de pessoas mais estressadas e ansiosas, com sintomas como: dor de cabeça, dificuldade em concentração, temperamento explosivo, problemas para dormir, depressão, por exemplo, podem ser sintomas que o seu profissional está desmotivado com o trabalho.

2- Queda de produtividade

É bastante comum que com o passar do tempo, profissionais percam parte daquela energia alta que eles possuíam quando foram contratados e apresentem uma queda de produtividade em suas entregas.

Isso acontece porque muitas pessoas chegam cheias de energia, expectativas e sonhos e elas perceberam que dificilmente irão conquistar esses objetivos. Assim, quando acontece essa negativa, há uma queda de produtividade que deve ser acompanhada de perto pelo RH e os líderes do time.

3- Absenteísmo

Outro sintoma comum em colaboradores desengajados e desmotivados é o acúmulo de atrasos e faltas no trabalho. É claro que fatores externos podem sim serem pontos importantes nesse sintoma, mas é importante destacar que ações da empresa também podem gerar esse tipo de desmotivação.

Como acontece a falta de motivação?

Ciente de quais são os sintomas, é importante também se atentar às causas raízes que geram a desmotivação no trabalho. A seguir, destaco algumas das mais comuns:

1) Pouco ou nenhum reconhecimento

Infelizmente, não são raro as pessoas que afirmam que possuem líderes que não deveriam estar no cargo e colegas que possuem algum destaque por serem “amigos do chefe” e acabam tomando o reconhecimento que deveriam ser de outros colaboradores.

Esse tipo de situação, inclusive, é uma das principais causas na baixa motivação do trabalho, já que, para o colaborador, não há nada que ele possa fazer na sua rotina para conquistar os devidos reconhecimentos próprios, sejam eles, elogios ou agradecimentos.

Uma das formas de agir para que isso não aconteça é trabalhar com ferramentas capazes de apresentar um modelo visual de desenvolvimento, como a avaliação de desempenho.

avaliação de desempenho

Com essa ferramenta, o gestor tem uma visão real do desempenho e desenvolvimento dos seus liderados, compartilhando com eles as suas visões e planejando planos de ação para que haja um desenvolvimento constante das habilidades necessárias para eles aprimorarem suas skills.

2) Falta de perspectiva de crescimento

Planos de carreira e promoções são hoje, fundamentais para que haja uma motivação no trabalho para o colaborador. Afinal, as pessoas desejam saber o que elas precisam fazer para conquistar cargos e/ou salários maiores.

Tudo isso porque é normal que a vida profissional afete a vida pessoal dos indivíduos e isso está intimamente ligado com os planos que cada pessoa tem e como ele pode se desenvolver para alcançar esses objetivos.

Uma das formas de agir em cima dessa causa raiz é a aplicação do modelo 9 Box. Com essa ferramenta, o gestor possui uma visão estratégica para uma tomada de decisão que envolve promoções, bonificações, treinamentos, desligamentos, aumento de salário e muito mais.

9-box

3) Salários pouco atrativos

Em um passado não tão distante, salários eram o único fator de atração de novos talentos. No entanto, como você pôde conferir ao longo deste artigo, isso mudou bastante. No entanto, ainda é um fator importante e competitivo de mercado, que influencia diretamente na motivação no trabalho.

Dessa forma, é importante que a empresa esteja oferecendo planos de cargos e salários que sejam compatíveis com o que o mercado tem oferecido para os profissionais das diversas áreas de atuação.

Em uma pesquisa realizada, 67% dos entrevistados afirmaram que a remuneração deles não era adequada para o nível de atuação que eles aplicam para a empresa. Ou seja, é muito importante se atentar a essa realidade e entender como é possível tornar a organização mais competitiva na atração e gestão de talentos.

4) Metas inalcançáveis

Trabalhar com metas é hoje uma das principais formas de motivar e garantir que o seu time esteja sempre buscando se aprimorar. No entanto, o que muitos líderes pecam é na hora de definir as metas.

Isso porque trabalhar com objetivos e números que sejam inalcançáveis pode fazer justamente o efeito oposto: desmotivar a equipe por nunca conseguir alcançar os valores combinados.

Para isso, é fundamental trabalhar com o conceito de Metas SMART.  Ou seja, objetivos que sejam específicos, mensuráveis, atingíveis, relevantes e com prazos bem estipulados.

7 maneiras de aumentar a motivação no trabalho

Agora que você já sabe da importância em manter a motivação no trabalho em alta entre os seus colaboradores e o que acarreta em um pouco engajamento, separei aqui sete dicas para você aplicar na sua empresa e te ajudar. Confira:

1- Dê recompensas pelo bom desempenho

Recompensar os seus colaboradores pelo alto desempenho deles é muito importante para gerar mais motivação no trabalho. Dessa forma, uma das principais soluções para motivar os colaboradores é oferecer recompensas e incentivos.

Eles podem ser variados, mas devem estar claros para todos, por meio de uma política de benefícios, para garantir igualdade para todos. Algumas recompensas podem ser salariais, incentivos em forma de prémios ou até mesmo reconhecimento público do esforço dos seus colaboradores.

Todas estas recompensas podem aumentar significativamente a motivação e o comprometimento dos seus colaboradores, melhorando a performance da equipe.

2- Ofereça Feedback constante e preciso

O feedback é essencial para o aumento da motivação no trabalho. Isso porque oferecer feedbacks precisos e regulares aos seus colaboradores estimula a melhoria da performance. Afinal, as pessoas sabem como usar informações para se desenvolverem.

Para isso, esse retorno deve ser atencioso e visar ajudar os colaboradores a se desenvolverem profissionalmente e continuarem motivados. Por isso, fornecer feedback frequente sobre o desempenho de seus colaboradores e incentivar que a troca seja mútua entre eles (inclusive entre líder e liderado pelas duas vias) contribuirá para o fortalecimento da motivação no trabalho.

template feedbacks

3- Aumentar a motivação no trabalho por meio da criação de metas claras e realistas

É importante manter altos níveis de motivação no trabalho para garantir a produtividade e o sucesso. Para alcançar isso, uma das melhores maneiras é definir metas claras e alcançáveis, pois isso cria uma sensação de propósito e dá aos colaboradores algo para trabalhar efetivamente.

Assim, estabeleça KPIs claros para cada membro da equipe para garantir que todos estejam trabalhando em direção a um objetivo comum. Essa ação, inclusive, pode ser combinada com a sua política de benefícios, que comentei anteriormente.

4- Mostre aos seus colaboradores que eles fazem parte de um projeto maior

Não importa o quão desafiador é o trabalho deles, é importante que os colaboradores entendam que a motivação no trabalho vem de entender sua participação em um projeto maior. Existem muitas maneiras de ajudar os seus colaboradores a se sentirem motivados, aqui estão algumas:

  • Reconhecimento: faça do reconhecimento uma parte regular da sua rotina de trabalho, isso fará com que seus colaboradores se sintam satisfeitos e motivados. 
  • Compartilhamento de habilidades: permita que as pessoas compartilhem habilidades relevantes, elas se sentirão motivadas e parte de algo maior.
  • Estabeleça metas: estabeleça metas, mesmo que sejam pequenas, para manter os seus colaboradores focados no trabalho.
  • Comunique a visão: compartilhe a visão da empresa com seus colaboradores para que eles entendam o propósito em que eles estão trabalhando.

5- Deixe o local de trabalho mais agradável e acolhedor

Ter um ambiente de trabalho agradável é fator importante para aumentar a motivação das pessoas que estão naquele ambiente. Nesse cenário, o método 5s, conhecido como organização dos materiais de trabalho, é uma estratégia que pode ajudar a manter o local de trabalho em ordem e acolhedor.

A prática do 5S compreende: Seiri (separar o que é necessário do que não é), Seiton (organizar o ambiente de trabalho), Seiso (limpar e manter a limpeza), Seiketsu (padronizar as atividades) e Shitsuke (manter o comprometimento com o ambiente limpo). Estas práticas podem melhorar a motivação e o desempenho das pessoas no trabalho.

6- Oportunidades para crescimento e desenvolvimento profissional

Ter motivação no trabalho é essencial para o sucesso profissional e pessoal. Sendo assim, para aumentar a motivação no local de trabalho, podemos explorar diferentes oportunidades de crescimento e desenvolvimento pessoal.

Isso inclui desenvolver habilidades, criar um plano de carreira e estabelecer metas. Além disso, incentivar e reconhecer o trabalho dos colegas de trabalho é uma ótima maneira de aumentar a motivação e o desempenho.

Uma ótima solução para aumentar a motivação no trabalho dos seus colaboradores é ter bem definido um plano de carreira. Isso garantirá que todos saibam o que deve ser realizado e alcançado para que as pessoas possam evoluir profissionalmente e não se sentirem estagnadas.

7- Responsabilidades e autonomia nas tarefas

Uma das maneiras de aumentar a motivação no trabalho é garantindo que cada membro da equipe seja responsável por suas tarefas de verdade. Ou seja, nada de tarefas sem dono ou mesmo pessoas com acúmulo de tarefas, já que ambas podem gerar desmotivação dos colaboradores.

Uma solução para esse problema pode ser um modelo de gestão de tarefas e responsabilidades que é particularmente útil, que é a matriz RACI. Ela proporciona autonomia aos membros da equipe, permitindo que eles assumam mais responsabilidades por suas tarefas, resultando em maior motivação.

Ao adotar esta estratégia, a equipe terá mais autonomia e maior envolvimento no desempenho das tarefas.

matriz raci

Como promover uma alta motivação no trabalho?

O primeiro passo é identificar e conhecer o perfil dos seus colaboradores. Ou seja, as motivações intrínsecas deles, para garantir que eles estejam alinhados com a forma de trabalho e com a cultura organizacional da empresa.

Feito isso, o segundo passo é treinar os seus líderes para que eles possuam as soft skills capazes de estar sempre promovendo uma alta motivação no trabalho para a equipe deles, seja por meio de uma boa comunicação ou opções ofertadas pela empresa.

O terceiro passo então estará na escolha de uma ferramenta capaz de estimular, promover e acompanhar as ações da empresa focadas na motivação. Uma dessas soluções pode ser, por exemplo, o STRATWs One.

Com ele, sua equipe de RH terá acesso a uma gestão de talentos conectada, capaz de automatizar processos da equipe de gestão, estimular a cultura de feedbacks, promover uma alta performance, estabelecer e acompanhar indicadores, além de buscar resultados de excelência para o seu time.

Solicite uma demonstração da solução e confira tudo o que o STRATWs será capaz de ampliar a motivação e produtividade no trabalho. 

stratws one