Matriz 9 Box: como a metodologia contribui para a retenção talentos?

CONTEÚDO

nine 9 Box

CONTEÚDO

Clique no player para o ouvir a narração do nosso post sobre a Matriz 9 Box!

A matriz 9 Box é uma ferramenta que tem como objetivo apoiar e potencializar a gestão de talentos das empresas. Você já ouviu falar dela?

Pois bem, quando traduzido para o português, o termo significa literalmente 9 caixas e indica o número de quadros que ela usa para representar o desempenho e potencial de cada funcionário da companhia. 

Aliás, essa é uma solução bastante utilizada como base para criação de um modelo de meritocracia. Ou seja, quando as promoções são oferecidas para as pessoas que realmente as merecem. 

De qualquer forma, essa ferramenta facilita as avaliações individuais e até mesmo a tomada de decisões importantes, como as futuras lideranças. Ficou interessado? 

Continue com a leitura para aprender o que é matriz 9 Box, como ela funciona e como aplicar na sua empresa!

9 box

O que é matriz 9 Box? 

A matriz 9 box é uma ferramenta de gestão amplamente utilizada para avaliar e desenvolver talentos dentro das organizações. Ela oferece um método visual para analisar o desempenho e o potencial dos colaboradores, facilitando a tomada de decisões relacionadas à gestão de talentos, como promoções, desenvolvimentos, sucessões e outras intervenções de RH.

A matriz é dividida em nove caixas, organizadas em um layout 3×3. O eixo horizontal geralmente representa o desempenho atual do colaborador, variando de baixo a alto. O eixo vertical representa o potencial futuro do funcionário, também variando de baixo a alto.

matriz 9 box

Aqui está uma descrição simplificada das categorias:

  • Canto superior esquerdo: o enigma são colaboradores com baixo desempenho, mas com alto potencial. Eles podem precisar de treinamento ou orientação adicional para atingir seu potencial.
  • Centro superior: colaboradores com desempenho médio, mas alto potencial. Eles podem se tornar líderes futuros com o desenvolvimento adequado.
  • Canto superior direito: colaboradores “estrelas” que demonstram alto desempenho e alto potencial. São candidatos ideais para promoções e posições de liderança.
  • Centro esquerdo: colaboradores com baixo desempenho e potencial médio. Pode ser necessário um plano de melhoria após uma avaliação de desempenho e um PDI estratégico.
  • Centro: colaboradores com desempenho e potencial médios. Eles são consistentes, mas podem não estar prontos para avançar rapidamente.
  • Centro direito: colaboradores com alto desempenho e potencial médio. Eles são valiosos para suas funções atuais, mas podem não estar prontos para cargos de liderança.
  • Canto inferior esquerdo: colaboradores com baixo desempenho e baixo potencial. Podem ser necessárias intervenções significativas ou reconsiderar se são adequados para a organização.
  • Centro inferior: colaboradores com desempenho médio e baixo potencial. Eles podem ser sólidos em seus papéis atuais, mas não são vistos como candidatos para promoção.
  • Canto inferior direito: colaboradores com alto desempenho, mas baixo potencial para crescer além de suas posições atuais.

Por que utilizar a matriz 9 Box?

Com a matriz 9 Box, é possível avaliar o desempenho e o potencial dos profissionais, considerando aspectos como competência, comportamentos, resultados e capacidades.

Além disso, a utilização dessa ferramenta é uma forma de encontrar os verdadeiros talentos da sua empresa, focando em novas lideranças para o planejamento de sucessão da organização e na gestão de pessoas.

Essa função é desenvolvida pela análise dos indicadores de desempenho previamente analisados.

Vantagens do 9 box

Dessa forma, essa ferramenta é fundamental, pois ela ajuda a desenvolver e mensurar qualitativamente o rendimento de cada colaborador, o que costuma ser um processo trabalhoso. 

Assim, com o bom uso da ferramenta, ela serve como facilitadora da análise e crescimento das pessoas na organização. A funcionalidade e simplicidade de uso promove:

  • resultados a curto prazo;
  • auxílio no trabalho em equipe;
  • ajuda no diálogo entre lideranças;
  • desenvolvimento de critérios e expectativas;
  • abertura de espaço para a discussão sobre performance;
  • criação de planos de desenvolvimento individual;
  • identificação das necessidades individuais para o desenvolvimento da equipe.

Agora que você já sabe o que é e qual a importância, continue lendo e aprenda como funciona a matriz 9 Box na prática!

Como funciona a matriz 9 Box?

Essa ferramenta funciona utilizando uma representação visual. Imagine um tabuleiro com nove casas, na linha vertical fica potencial e na horizontal, o desempenho de cada colaborador. O resultado da análise é justamente o cruzamento das duas. 

O responsável pela análise individual coloca o nome de cada colaborador em algum dos nove quadrados, segundo o seu desempenho na atual função e seu potencial para melhorar e ser promovido.

Assim, com a matriz pronta, fica mais fácil identificar as pessoas com potencial para ascender no quadro e na organização, ao mesmo tempo que é possível visualizar aquelas que não atendem às expectativas.

Dessa forma, os líderes podem compreender a evolução de cada membro da equipe e criar um plano de ação para mudar a situação ou, até mesmo, de desligamento de alguns colaboradores, se necessário.

Como construir uma 9 Box?

É possível utilizar a ferramenta com um software de gestão de desempenho, com programas específicos ou criar sua própria matriz com planilhas. 

Entretanto, é preciso ter em mente que as soluções digitais entregam uma visão mais automatizada e de fácil personalização.

No entanto, se esse é seu primeiro contato com uma Matriz, pode ser prático construir em uma planilha ou utilizar uma pronta. No vídeo abaixo, você pode visualizar na prática como criar a ferramenta:

Passo a passo para fazer a sua matriz 9 Box

Implementar a matriz 9 Box como um modelo de avaliação de desempenho na empresa não exige muitos esforços, mas sim planejamento. A seguir, confira mais para saber mais:

Aproveite para fazer o download deste template para matriz 9 Box e implemente esse processo no seu negócio sem dores de cabeça!

Passo 1: Defina os critérios de avaliação

Estabeleça critérios claros para avaliar o desempenho e o potencial dos colaboradores. O desempenho pode ser medido por metas alcançadas, qualidade do trabalho, entre outros. O potencial pode ser avaliado por habilidades de liderança, capacidade de aprendizado, etc.

Nesse cenário, o ideal é ter métodos e parâmetros que sejam justos e bem definidos pela organização. Por isso, aqui, será fundamental fazer uso de uma outra avaliação de desempenho, como a 360° ou a 180°, autoavaliações, avaliações de gestores ou feedback de pares, por exemplo

Passo 2: Prepare a ferramenta de avaliação

Crie uma matriz em uma planilha ou software de RH. Divida a matriz em nove quadrantes, com desempenho no eixo horizontal e potencial no eixo vertical.

Você pode fazer uso do template que foi citado anteriormente para agilizar o seu processo.

Passo 4: Posicione os colaboradores na matriz

Com base nas avaliações, posicione cada colaborador em um dos nove quadrantes da matriz. Por exemplo, um colaborador com alto desempenho e alto potencial seria colocado no quadrante superior direito.

Na sequência, analise a distribuição dos colaboradores na matriz. Isso ajudará a identificar talentos, áreas que precisam de desenvolvimento e colaboradores que podem estar enfrentando desafios.

Passo 5: Realize a devolutiva

O gestor precisa mostrar para o colaborador a percepção do líder em relação a ele. Muitas empresas optam por não mostrar a posição exata na matriz 9 Box, mas isso pode variar bastante do objetivo da avaliação de desempenho.

O ponto é que o colaborador precisa de uma devolutiva, para entender se está no caminho certo e alinhar os planos para o seu plano de desenvolvimento individual no próximo ciclo de competências.

Passo 6: Planeje as ações de desenvolvimento

Desenvolva planos de ação específicos para cada profissional. Por exemplo, Na matriz 9 Box, os colaboradores com alto potencial podem receber treinamentos de liderança, enquanto aqueles com baixo desempenho podem precisar de treinamento adicional, realocação de funções ou cursos para aperfeiçoar as hard e soft skills.

Passo 7: Monitore o progresso e ajuste

Monitore o progresso dos colaboradores ao longo do tempo e faça ajustes nos planos de desenvolvimento conforme necessário. A Matriz 9 Box deve ser uma ferramenta dinâmica, adaptando-se às mudanças na organização e no desempenho dos colaboradores.

Durante o ciclo de competências, realize avaliações periódicas para atualizar a matriz. Isso ajuda a manter a ferramenta relevante e alinhada com os objetivos da organização.

Esse acompanhamento também pode ser acompanhado pelos one on one entre líder e liderado.

Como a matriz 9 box pode ser complementada por outras ferramentas de avaliação e desenvolvimento?

A matriz 9 box é uma ferramenta poderosa para avaliação e gestão de talentos, mas seu verdadeiro potencial é frequentemente desbloqueado quando usada em conjunto com outras ferramentas de avaliação e desenvolvimento. A complementaridade oferece uma abordagem mais holística e eficaz para a gestão de talentos.

Confira a seguir, algumas ferramentas para serem usadas juntas da sua 9 box:

  1. Avaliações de desempenho 360 graus: estas avaliações, que coletam feedback de colegas, liderados, superiores e, às vezes, clientes, fornecem uma visão completa do desempenho de um indivíduo. A informação obtida pode ajudar a posicionar um colaborador de forma mais precisa na matriz.
  2. Planos de Desenvolvimento Individual (PDI): uma vez que um colaborador é posicionado em uma caixa específica da matriz, o PDI pode ser utilizado para abordar áreas de melhoria ou desenvolvimento, ajudando a mover o indivíduo para uma caixa mais favorável no futuro.
  3. Planos de sucessão: a matriz 9 box pode identificar funcionários de alto potencial e alto desempenho que são adequados para papéis de liderança futura. Esses insights podem ser integrados em um plano de sucessão, garantindo que haja um pipeline de talentos pronto para posições chave.
  4. Programas de treinamento e educação: identificar onde um colaborador se situa na matriz pode ajudar a determinar quais programas de treinamento ou educação são mais adequados para seu desenvolvimento.
  5. Feedback contínuo e check-ins: em vez de esperar por avaliações anuais, ter check-ins regulares com os colaboradores pode oferecer insights mais imediatos e atualizados sobre seu desempenho e potencial, permitindo ajustes mais frequentes na matriz.
template_feedback

Como aplicar a 9 Box no seu negócio?

Para implantar essa ferramenta, é importante que líderes com experiência em avaliações de desempenho conduzam a implantação da Matriz. 

Os responsáveis devem compreender a construção e aplicação, assim como os colaboradores precisam ser bem instruídos para entenderem claramente como funciona a avaliação e porque a ferramenta está sendo utilizada.

Portanto, não se esqueça de se comunicar bem com toda a equipe. Além disso, é importante ter critérios definidos para avaliar cada categoria e definir padrões que os colaboradores devem alcançar. 

Dessa maneira, você e sua equipe evitam julgamentos e avaliações subjetivas. Os critérios evitam injustiças, aumentam a assertividade e fazem com que a equipe aceite o processo com menos receio ou discordância. O importante é ser objetivo e transparente.

E, não se esqueça, não adianta utilizar esse método sem dar feedbacks! Eles são peças-chave para o desenvolvimento. 

Já a constância da avaliação varia de empresa para empresa, mas é importante manter uma rotina para acompanhar o desenvolvimento dos colaboradores conforme os feedbacks dados pelos líderes.

Próximos passos

E aí, gostou de aprender o que é e como aplicar a matriz 9 Box? Pois saiba que essa e  outras ferramentas de avaliação de desempenho contribuem na condução estratégica das sucessões e no plano de carreira dos profissionais da sua empresa.

Se você deseja reconhecer os talentos da sua organização e garantir promoções bem-sucedidas, conte com a ajuda da tecnologia. Um sistema de planejamento estratégico, com recursos visuais, ajuda a aumentar os resultados do seu negócio. 

Além disso, um sistema de gestão empresarial permite um acompanhamento integrado do desempenho da empresa, contribuindo para uma boa tomada de decisões.

Um software que oferece todas essas características é o STRATWs One, que ajuda no gerenciamento centralizado e eficiente de todo o time. Solicite uma demonstração agora mesmo e confira!

stratws one