Gestão de Equipe

Como controlar o absenteísmo nas empresas: 5 técnicas que funcionam!

Como controlar o absenteísmo nas empresas: 5 técnicas que funcionam!

Publicação : 31/12/2018

Por Siteware

9 min

absenteísmo
absenteísmo

(Clique no player para ouvir a narração do nosso post sobre Absenteísmo nas Empresas. Conte para nós o que você achou nos comentários!) 

Nada pior que precisar do apoio de alguns membros de sua equipe e descobrir que alguns deles não vieram trabalhar.

Você já se viu em dificuldades por não poder contar com determinado profissional para realizar uma tarefa urgente?

As faltas frequentes de funcionários podem acarretar uma série de dificuldades para a empresa, como perda de produtividade, queda nos lucros e até atrapalhar as estratégias de crescimento de uma empresa.

Para evitar que isso aconteça, é importante saber como controlar o absenteísmo nas empresas.

Mais do que calcular as horas não trabalhadas, é preciso entender o que há por trás dessas ausências. Afinal, elas podem significar que há algo de errado com a rotina de trabalho.

Você sabia que existem 5 principais técnicas para fazer este controle? Descubra como controlar o absenteísmo nas empresas depois desta explicação sobre o que é absenteísmo e suas principais causas.

O que é absenteísmo

o que é absenteísmo

O absenteísmo é o hábito de acumular ausências no ambiente de trabalho, sejam faltas, atrasos ou saídas antecipadas.

Obviamente, nenhuma empresa poderá se livrar 100% do absenteísmo, uma vez que faltas ocasionais são naturais de ocorrer.

Além de encarar a vida profissional, seus colaboradores têm vidas pessoais. Cada um com seus problemas, agendas, rotinas, familiares e saúde para cuidar.

O grande problema é quando as ausências começam a ser excessivas, o que pode reduzir a qualidade do serviço. O prejuízo do absenteísmo fica evidente quando outros funcionários começam a assumir responsabilidades daquele profissional faltante.

As consequências também afetam o comprometimento do colaborador e geram insatisfação de toda uma equipe envolvida. Se faltar controle da taxa de absenteísmo, este também pode ocasionar altos índices de turnover e rotatividade de pessoal.

Convenhamos que nenhuma empresa quer que chegue a este ponto, certo? Para isso, é preciso entender cuidadosamente as causas para descobrir como controlar o absenteísmo nas empresas.

5 principais causas do absenteísmo

causas do absenteísmo

A necessidade de faltar ao trabalho pode ser ocasionada, sim, por doenças, imprevistos familiares ou consultas médicas. Mas existem outros motivos que podem influenciar em atrasos e faltas constantes de colaboradores, diretamente relacionados à postura da empresa.

Você já se sentiu mal por estar em um ambiente em que parecia não pertencer de verdade? Pois bem. Muitos profissionais sentem-se exatamente assim no ambiente de trabalho, e existem diversas causas para isso.

Veja abaixo as cinco principais!

1- Sobrecarga de tarefas

Sentir-se sobrecarregado no trabalho, principalmente quando não há suporte ou reconhecimento nas tarefas, é um forte agravante para o absenteísmo.

Quando há mais atividades e obrigações do que a carga horária permitiria receber, os níveis de estresse se elevam.

Nesses casos, a falta é uma maneira que o colaborador encontra para “ter um descanso” da rotina atribulada e, muitas vezes, desorganizada pelos próprios processos da empresa.

2- Desmotivação

A desmotivação pode ser influenciada por vários fatores, partindo das más condições de trabalho e chegando ao tipo de gestão.

Seja a falta de estrutura ou a falta de acompanhamento pelo gestor, a desmotivação se torna uma das principais causas do absenteísmo.

3- Gestão autoritária

Uma gestão autoritária e uma política empresarial baseada somente na hierarquia e nos processos, sem avaliar as subjetividades do profissional, também contribui para o absenteísmo.

Muitas vezes, é o que impede o colaborador de se engajar nas metas da empresa e se sentir parte daquilo. O que ele busca é a presença de um líder.

4- Comunicação falha

A falha na comunicação gera um ambiente sem harmonia e colaboração entre as equipes e relacionamentos supérfluos com colegas.

O clima organizacional está ligado à satisfação profissional e pode afetar positiva ou negativamente na percepção de seu papel na empresa. Ao não se sentir bem no ambiente de trabalho, a busca pelo tempo fora dele acaba sendo recorrente.

5- Falta de desenvolvimento profissional

Quando não sente que está se desenvolvendo profissionalmente, o colaborador se desmotiva e transforma a frustração em procrastinação de tarefas ou faltas.

Sem sentir que a empresa se interessa pelo seu plano de carreira, retomar o interesse no trabalho também é difícil.

Ajude seus colaboradores a desenvolverem um plano de desenvolvimento individual.

Veja como neste vídeo de nosso canal no YouTube:

https://www.youtube.com/watch?v=y-R64PmBefU

Como controlar o absenteísmo nas empresas: 5 técnicas

Controlar e diminuir o absenteísmo é importante para os resultados da empresa, mas também para sua humanização. Mais do que julgar uma falta, é importante entender o motivo pelo qual ela aconteceu e procurar fazer sua parte.

Seus colaboradores sabem quão importantes são para a empresa? Fazer valer a presença de cada um é a primeira grande estratégia para controlar o absenteísmo. Veja outras 5 grandes técnicas:

1- Faça pesquisas de satisfação

Constantemente, faça pesquisas de satisfação sobre o trabalho e o clima organizacional. Entenda como seu colaborador se sente, como ele gostaria que o ambiente de trabalho fosse melhor.

Acompanhar todos os feedbacks e pensar em melhorias ajuda a estabelecer um bom relacionamento com o funcionário. Ao sentir-se ouvido pela empresa, ele passa a se comprometer mais com o trabalho e querer estar sempre presente.

2- Ofereça descansos

O absenteísmo envolve aquelas ausências que você não pôde prever ou controlar. Mas, muitas vezes, os descansos são realmente necessários.

Por que não oferecer uma folga em um dia especial, como no aniversário? Em dias com menos tarefas, libere seu funcionário mais cedo ou possibilite o trabalho em home office.

Toda essa flexibilidade evita faltas, uma vez que o profissional encontra mais tempo para cuidar de si fora da empresa.

3- Crie programas de qualidade de vida no trabalho

Crie um programa de qualidade de vida no trabalho para conquistar a confiança do seu colaborador e mantê-lo por perto.

Comunicados internos com dicas de saúde, palestras motivacionais ou incentivos para atividades físicas e alimentação saudável podem evitar doenças, diminuir estresse e, consequentemente, as faltas.

Veja mais: Objetivos e benefícios de um programa de qualidade de vida no trabalho

4- Priorize a boa comunicação

Trabalhe a comunicação e o relacionamento entre diferentes áreas e equipes, integrando o trabalho e criando um ambiente mais amigável.

Desde o recrutamento, deixe claro os processos e a cultura da empresa e, se preciso, use sistemas para alinhar a comunicação.

5- Valorize o funcionário e estabeleça planos de carreira

Por fim, saiba valorizar e recompensar seu funcionário pelo bom serviço e estabeleça um plano de carreira e desenvolvimento profissional.

Além de controlar o absenteísmo, você também estará evitando o presenteísmo, que é quando o profissional está presente fisicamente, mas não executa suas tarefas com qualidade.

Agora que você já sabe como controlar o absenteísmo nas empresas, que tal conhecer algumas dicas para ter uma equipe motivada e que vai querer estar sempre presente?

Veja como o Google o faz isso:

Como controlar o absenteísmo nas empresas

Veja mais: Modelo de plano de carreira: saiba o que é na prática e conheça 3 tipos

O STRATWs ONE é um software de gestão de performance corporativa que integra a estratégia, com a execução e as pessoas. Com isso, a produtividade e o engajamento na empresa aumentam, trazendo excelentes resultados.

Revolucione a gestão da sua empresa com o STRATWs ONE

Ficou claro como controlar o absenteísmo nas empresas? Então, baixe nosso e-book gratuito e veja como engajar ainda mais seus funcionários em direção aos objetivos da empresa: Como engajar sua equipe no crescimento da empresa?