Metodologias de Gestão

Quais os modelos de gestão empresarial mais adequados para o seu negócio?

Publicação : 16/07/2018

Por Siteware

14 min

Quais são os modelos de gestão
Quais são os modelos de gestão

Quando se estrutura a área de gestão em uma empresa, um questionamento é feito de maneira frequente: “Quais são os modelos de gestão empresarial que sua empresa utiliza”?

A resposta é sempre variada.

Alguns utilizam o Balanced Scorecard. Outros o Modelo de Gestão pelas Diretrizes (GPD), criado e difundido por Vicente Falconi. Há ainda quem use a Administração por Objetivos (MBO, em inglês: Management by Objectives) e  os mais “modernos” utilizam OKR, metodologia da Google que virou febre principalmente em startups, entre outras empresas.

Mas quais são os modelos de gestão empresarial mais adequados para a sua empresa?

A resposta é: depende.

A verdade é que, em sua essência, essas teorias possuem a mesma fundamentação.

Todas derivam do Toyotismo, que introduziu o conceito de “Management by Objectives”, em português, “Gestão por Objetivos”.

Essa metodologia tem o intuito de fazer com que toda a empresa, do CEO ao estagiário, trabalhe pelo mesmo objetivo.

O que varia entre elas é o nível de complexidade e profundidade que cada um aborda a gestão, bem como quais ferramentas são utilizadas.

Diretorias passam horas pensando quais são os modelos de gestão ideais para o seu negócio, comparando as diferenças entre um e outro, verificando adaptabilidade com a cultura organizacional da empresa, como eles definiriam objetivos, motivações, esforços, coordenação das atividades e alocações de recursos.

Trouxemos aqui algumas comparações que destacam os benefícios das principais metodologias: BSC, GPD, OKR e MBO.

Saiba mais: Livros de gestão empresarial: 7 dicas para colocar a leitura em dia e aprimorar seus conhecimentos

Quais são os modelos de gestão empresarial mais usados?

Selecionamos 3 dos mais usados modelos de gestão estratégica para você conhecer suas vantagens e desvantagens, confira!

Gestão pelas Diretrizes (GPD)

Vantagens GPD

  • Potencializa o alcance das metas estratégicas, uma vez que tem grande foco no desdobramento das metas estratégicas até o nível operacional;
  • Reduz significativamente o grau de incerteza do planejamento anual, já que conta com o processo de catch-ball, isto é, a negociação de metas em cada um dos níveis da organização;
  • Padroniza o acompanhamento de metas e criação de planos de ação, visto que estabelece resultados e atividades até o nível de rotina da organização.

Desvantagens GPD

  • Não obriga o desdobramento a considerar todos os aspectos do negócio;
  • Pode tornar o desdobramento bastante lento e burocrático caso a empresa possuir diversos níveis de desdobramento.

Veja mais: O que é GPD – gerenciamento pelas diretrizes? Como aplicar em seu negócio?

Confira também este vídeo de nosso canal no YouTube:

Balanced Scorecard (BSC)

Vantagens BSC

  • Possibilidade de observar a organização de uma forma abrangente e sistêmica, avaliando de forma global o desempenho organizacional.
  • Definição das perspectivas possibilita às organizações o direcionamento sobre os principais pontos a serem observados no momento de definição das estratégias.
  • O conceito de causa-efeito possibilita uma melhor alocação dos recursos da organização.
  • A forma simples e clara de leitura, assim como a sintetização da informação num único documento como o mapa estratégico, possibilita uma rápida compreensão dos objetivos e estratégias delineadas de uma organização.
  • A criação de sinergias na organização em virtude da visualização clara e objetiva da estratégia – “Todos a remar para o mesmo lado”.Desvantagens BSC
  • A dificuldade de definir medidas de desempenho não financeiras, uma vez que são analisadas todas as perspectivas da companhia (financeira, mercado, processos internos e aprendizagem e crescimento);
  • Construir a relação de causa-efeito entre os objetivos pode ser bastante complexo;
  • Dificuldade de aplicação, pois implica um envolvimento continuado de todos os colaboradores em prol da execução da estratégia. Requer que as pessoas envolvidas tenham cultura estratégica e alterem determinadas práticas e hábitos adquiridos(resistência à mudança, falta de participação, etc.).

Saiba mais: BSC Balanced Scorecard: aprenda as melhores práticas para implantar na sua empresa!

Quer tirar todas as suas dúvidas sobre este modelo de gestão empresarial? Então, assista  a mais este vídeo:

Objective and Key Results (OKRs)

Vantagens OKR

  • Desdobramento participativo, envolve todas as áreas e indivíduos da empresa;
  • Ciclo de acompanhamento mais curto, já que a metodologia prevê o replanejamento a cada três meses;
  • Simplificação no desdobramento considerando apenas três níveis: empresa, times e indivíduos;
  • Mantém o foco da estratégia apenas nos fatores importantes para o crescimento da empresa;
  • Força que as equipes definam seus papéis para o crescimento da companhia como um todo, uma vez que traçam seus objetivos considerando os objetivos globais e com uma mentalidade de meta bastante agressiva.

Desvantagens do OKR

  • Não necessariamente cobre todas as áreas da companhia;
  • Empresas com modelos de negócios muito tradicionais tem dificuldade em se adaptar pelo fato do modelo ser muito aberto;
  • Não pode ser usado para fins de remuneração variável pois prevê um planejamento muito ousado.

Em nosso blog você pode encontrar diversos arquivos sobre OKR. Veja alguns deles:

ainda com dúvidas sobre este sistema de gestão? Então, dIe uma olhada neste vídeo:

Management by Objectives – MBO

Criada por Peter Drucker em 1945, a Administração por Objetivos ainda é uma modelo válido de gestão estratégica.

O segredo desse modelo de gestão empresarial é permitir que todos os níveis hierárquicos da empresa trabalhem juntos em busca da melhor definição dos objetivos da organização, assim, o alinhamento é instantâneo e o engajamento das equipes muito maior.

Dessa forma, o que se determina são metas individuais que, se cumpridas por todos, levarão ao atingimento das mestas organizacionais como um todo.

Isto é: se cada um fizer sua parte (como definido em consenso), a empresa também será bem-sucedida.

Vantagens do MBO

  • Maior consenso na organização
  • Todos alinhados rumo ao objetivo comum;
  • Cria-se um espírito de colaboração e trabalho em equipe;
  • Forte engajamento de todos.

Desvantagens do MBO

  • O processo pode ser um pouco demorado;
  • Colaboradores que não tiveram suas sugestões aceitas podem ficar ressentidos;
  • Necessidade de feedback constante para avaliar resultados e alinhar expectativas.

Veja mais aqui: O que é administração por objetivos: definição, benefícios e como usar em sua empresa

Como os modelos de gestão estratégica se relacionam

O que acontece, na prática, é que após definido o modelo de gestão, todas as empresas executam diversas adaptações no modelo.

Muitas discutem as vantagens do OKR vs Balanced Score Card, ou do OKR vs o MBO, um outro modelo de gestão empresarial que você pode conhecer melhor neste posts: Gestão de resultados organizacionais: o que é e como pode ajudar sua empresa

Isto porque, dificilmente, um modelo puro atenderá a realidade de todas as companhias.

Além disso, a diferença entre os modelos de gestão se dá apenas na condução dos processos, mas a base de todos se concentra em dois aspectos: Planejamento e Acompanhamento.

Comparações entre modelos empresariais

Veja algumas comparações entre as estratégias que as empresas globais utilizam.

OKR vs MBO

  • Ambos envolvem líderes e liderados na definição de metas e objetivos;
  • O OKR tem um ciclo mais curto para atingir e revisar metas;
  • O OKR tenta simplificar as coisas, o MBO tende ser a mais complexo e um pouco burocrático;
  • O foco do OKR são a metas, enquanto no MDO é o desenvolvimento do colaborador.

OKR vs Balanced Scorecard

  • O BSC é mais abrangente em determinar objetivos enxergando, assim, a empresa como um todo;
  • O BSC cria um resumo, por meio do mapa estratégico, que norteia toda a organização, o OKR é mais focada em áreas específicas;
  • O ciclo do OKR é mais curto;
  • O OKR é mais simples o objetivo, o BSC é mais abrangente e complexo.

Planejamento e Acompanhamento

Definir Missão, Visão, Valores e Comportamentos, construir objetivos estratégicos atrelados a ambição da empresa, desdobrar os objetivos em indicadores de performance, atrelar metas que contém esses indicadores para as áreas / departamentos / perspectivas / equipes e por fim promover o desdobramento ao nível individual.

Todas estas atividades são contempladas no ciclo de planejamento, e contempladas por todas as metodologias, não importa quais são os modelos de gestão empresarial empregados.

O acompanhamento do modelo de gestão é um processo complexo.

É preciso enraizar na cultura organizacional o acompanhamento dos seus objetivos e metas. É um processo que passa primeiramente por definir o método de acompanhamento dos objetivos estratégicos e metas.

O próximo passo é criar cerimônias de resultados, onde os resultados que estão em um sistema ou em planilhas são analisados com periodicidade rígida.

São essas cerimônias que auxiliam a criar uma cultura organizacional focada em resultados.

Leia também: Como avaliar a cultura organizacional de uma empresa? Confira 4 dicas infalíveis

Conclusão: que estratégias as empresas globais utilizam

Independente de quais são os modelos de gestão da sua empresa, planejar e acompanhar estratégias e metas são os fatos principais para quem quer começar a implementar uma cultura em gestão de resultados.

Nesse contexto, as empresa globais usam alguns dos modelos de gestão empresarial citados acima, com destaque para OKR e BSC.

Mas não se preocupe muito com qual modelo você irá utilizar, essa é uma decisão que deve levar em conta principalmente as características da organização, como modelo de negócios, perfil dos colaboradores, e incerteza de mercado.

Fato é que dificilmente uma metodologia pura se adequará à sua necessidade.

O importante é entender perfeitamente como a cultura organizacional está enraizada, fazendo com que a diretoria analise todos os níveis hierárquicos, entenda os processos e esforços de atingimento de metas, identifique a importância que os objetivos estratégicos planejados representam para cada colaborador, verifique como estão sendo feitas as cerimônias de resultados, como é a cobrança e como os funcionários sentem a pressão.

É uma escolha delicada e que passa por aspectos subjetivos do ser humano.

Por isso, independentemente de quais são os modelos de gestão empresarial que você pretende usar em seu negócio, conscientizar toda a empresa da importância de planejar e acompanhar é o primeiro passo.

Como acompanhar modelos de gestão empresarial com ajuda da tecnologia?

A Siteware desenvolveu um software de Gestão de Performance Corporativa que vai ajudar sua empresa a fazer seu planejamento estratégico seja qual for seu modelo de gestão empresarial.

Confira algumas de suas vantagens e entenda porque ele é o escolhido para gerenciar modelos de gestão estratégica em mais de 1000 empresas, sendo usado por mais de 160 mil colaboradores:

  • Proporciona criar e acompanhar KPIs de processos, projetos e pessoas;
  • Compartilha informações com agilidade e transparência;
  • Possibilita usar a meritocracia e a gestão à vista para motivar e gerenciar equipes;
  • Ajuda a empregar os principais sistemas de gestão estratégica como BSC, OKR, MBO, GPD e SWOT;
  • Potencializa a governança corporativa;
  • Auxilia no gerenciamento de riscos e analise de cenários.

E se você quer saber mais sobre planejamento estratégico, então, baixe nosso e-book gratuito: Como fazer Gestão Estratégica?

Conheça o STRATWs ONE

Revolucione a gestão da sua empresa com o STRATWs One

E se você quiser mais algumas dicas sobre o tema, baixe agora mesmo nosso e-book gratuito: Como fazer Gestão Estratégica

Sair da versão mobile