Logo siteware

Como criar indicadores de qualidade: passo a passo com 5 etapas descomplicadas

CONTEÚDO

Publicação:
Publicação:
cubos de madeira com ícones simbolizando como criar indicadores de qualidade

CONTEÚDO

Você sabe como fazer indicadores de qualidade?

Para garantir que a sua empresa atenda a padrões de qualidade pré-determinados, é extremamente importante o uso de indicadores.

Por meio desses instrumentos, é possível ter acesso a dados que vão orientar melhor suas tomadas de decisão e permitir que sejam feitas as melhorias necessárias.

Neste artigo, você vai entender melhor o que são e como criar indicadores de qualidade. Continue a leitura deste conteúdo para conferir um passo a passo descomplicado, seguindo estas 5 etapas:

  1. estabeleça os objetivos estratégicos da organização;
  2. defina quais aspectos devem ser monitorados;
  3. escolha o método para coleta dos dados;
  4. defina quais indicadores acompanhar;
  5. estabeleça as metas para cada indicador.

Leia também: FMEA: exemplo prático para identificar falhas e melhorar a qualidade de processos e produtos

O que são indicadores de qualidade?

Os indicadores de qualidade são ferramentas utilizadas para mensurar e monitorar a eficácia e a eficiência de determinados aspectos de um negócio, como processos internos, produtos e serviços oferecidos, execução de tarefas etc.

Os KPIs de qualidade determinam o progresso dos esforços individuais e coletivos em direção a metas previamente estabelecidas.

Os resultados apresentados por indicadores dessa natureza servem para embasar ações de caráter corretivo e promover a melhoria contínua da qualidade organizacional.

Além disso, as métricas referentes à qualidade possibilitam a identificação de padrões e tendências. Dessa forma, é possível combater desvios e corrigir falhas que comprometem o desempenho da organização.

Leia também: 11 ideias para reduzir custos nas empresas sem reduzir a qualidade

Veja alguns exemplos de indicadores de qualidade para aplicar em sua empresa:

Vantagens do uso de indicadores de qualidade

Existem algumas vantagens em utilizar indicadores de qualidade na empresa. Dentre as principais, podemos citar:

  • Maior assertividade nas tomadas de decisão;
  • Controle da eficiência e da eficácia dos processos organizacionais;
  • Maior transparência sobre os resultados atingidos;
  • Elaboração de planejamentos mais adequados e realistas;
  • Maior agilidade para reagir a momentos críticos;
  • Otimização de recursos;
  • Redução de falhas e retrabalhos;
  • Aumento de competitividade no mercado.

Veja também: O uso de indicadores de desempenho nos tratamentos de desvios de qualidade

Passo a passo: como criar indicadores de qualidade?

Bom, agora que você já sabe o que são indicadores de qualidade e os benefícios que essas ferramentas podem trazer, confira a seguir um passo a passo descomplicado de como fazer indicadores de qualidade.

Confira nas próximas linhas o que fazer para implementar esses importantes instrumentos de gestão na sua empresa.

Passo 1 – Estabeleça os objetivos estratégicos da organização

A primeira etapa de como criar indicadores de qualidade consiste em determinar quais são os objetivos estratégicos da empresa. Ou seja, que resultados se pretende atingir a longo prazo?

Ter em mente esses objetivos é importante porque os indicadores deverão estar devidamente alinhados a eles. Caso contrário, fica difícil otimizar os esforços em direção ao que se deseja alcançar.

Passo 2 – Defina quais aspectos devem ser monitorados

Após esclarecer os objetivos estratégicos da organização, o segundo passo de como fazer indicadores de qualidade é definir os aspectos do negócio que deverão ser monitorados.

Ou seja, é necessário definir a qualidade de que aspectos exatamente a empresa deseja acompanhar.

Por exemplo, é possível monitorar a qualidade dos produtos, do atendimento, do suporte técnico, dos processos internos (financeiro, fiscal, de logística, de produção etc.), dos fornecedores, das entregas, dos treinamentos e entre outros.

Passo 3 – Escolha o método para coleta dos dados

Em seguida, é preciso escolher qual será a metodologia para fazer a coleta dos dados necessários para nutrir os indicadores de qualidade.

Você pode, por exemplo, recorrer a relatórios periódicos e pesquisas. Há também a possibilidade de utilizar um software que vai automatizar a coleta de dados relevantes para os indicadores de acordo com os aspectos que você decidir monitorar.

Passo 4 – Defina quais indicadores acompanhar

Nesta etapa de como criar indicadores de qualidade, defina quais KPIs serão utilizados para mensurar e monitorar a qualidade dos aspectos selecionados.

No caso da qualidade de produtos, por exemplo, você pode implementar o indicador “produtos com defeito”. Já em se tratando da qualidade do atendimento, é possível utilizar a “satisfação do cliente” como indicador.

Mas atenção: evite fazer uso de muitos indicadores. Isso porque KPIs em excesso são difíceis de acompanhar e podem gerar confusões.

Passo 5 – Estabeleça as metas para cada indicador

Os KPIs são ferramentas que fazem a comparação entre os resultados atuais e aqueles que se pretende alcançar. Por isso, para saber se a empresa está no caminho certo, é importante definir as metas para cada indicador de qualidade.

Dessa forma, eles poderão, de fato, indicar o quão próximo a empresa está dos resultados que ela almeja.

Veja mais dicas de como fazer um sistema de indicadores de qualidade neste vídeo:

Ficou claro como criar indicadores de qualidade? Siga o nosso passo a passo e faça o acompanhamento dessas métrica na sua empresa.

Saiba mais: Como fazer a implantação de um sistema de qualidade nas organizações?

O STRATWs One é um software de gestão de performance corporativa que permite criar, acompanhar e compartilhar indicadores para, assim, buscar a melhoria contínua dos processos rumo à qualidade desejada.

Veja mais alguns motivos que fazem o STRATWs One ser o software escolhido por mais de mil empresas e 162 mil usuários:

  • Potencializar a governança corporativa;
  • Gerenciar riscos e analisar cenários;
  • Facilitar a troca de informação e a comunicação entre departamentos;
  • Focar na busca dos resultados que sua empresa procura alcançar;
  • Encontrar oportunidades de melhoria;
  • Fazer a gestão de reuniões e do portfólio de projetos;
  • Aumentar a produtividade;
  • Usar a meritocracia e a gestão à vista para motivar e gerenciar equipes;
  • Empregar as principais metodologias de planejamento estratégico como BSC, OKR e SWOT.

Quer usar indicadores em seu negócio o quanto antes? Então, baixe nosso e-book gratuito: Crie seu dashboard de Indicadores de Desempenho em 3 dias!

Deixe um comentário


O seu endereço de e-mail não será publicado.

[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]