Logo siteware

O Papel da Tecnologia da Informação na Execução da Estratégia das Empresas - Parte 6

CONTEÚDO

Publicação:
Publicação:

CONTEÚDO

Como a Tecnologia da Informação pode se tornar protagonista na execução da estratégia, contribuindo para a melhoria dos resultados e o aumento da governança das organizações?

Nessa série de postagens procuro passar um pouco da minha experiência de mais de duas décadas trabalhando para unir dois mundos corporativos que são complementares, a Gestão e a TI. Nas cinco partes iniciais, apresentei os componentes internos de um motor que recebeu o nome de “Motor Estratégico” aqui na Siteware. Para este motor ser ligado precisamos do combustível e é sobre isso que falaremos agora.

O combustível que move o Motor Estratégico

Só há um combustível capaz de movimentar e fornecer energia a cada uma destas engrenagens. Este combustível hoje em dia é considerado o bem mais precioso das empresas e responsável também pela diferenciação entre as companhias de um mesmo setor. Estamos falando das pessoas.

Pessoas

Ao construírem uma atmosfera corporativa capaz de gerar o Engajamento, as pessoas movimentam a engrenagem do Ambiente.

A engrenagem do Engajamento sai da inércia quando as pessoas, motivadas pelo Ambiente, se identificam com a empresa, com seus valores e passam a se sentir parte de um todo (sentimento de dono), compartilhando de suas ambições.

Pessoas são as responsáveis por movimentar a engrenagem da Execução, pois, somente elas possuem a capacidade de tirar algo da idealização e transformar em realidade

Ao imaginarem um futuro ainda inexistente, as pessoas movem a engrenagem da Estratégia e formulam o caminho que deve ser traçado para o alcance deste objetivo.

Como garantir velocidade e durabilidade ao Motor Estratégico?

Se ligarmos o motor neste momento em que conhecemos e temos o combustível que o move, iremos nos deparar com dois problemas bastante comuns nas empresas.

1) A velocidade com que cada uma destas engrenagens irá girar pode ser menor do que a necessidade da empresa;
2) Estas engrenagens podem apresentar um desgaste acentuado em pouco tempo de operação.

Para evitar estes problemas, fica claro que assim como num motor real, precisamos de um lubrificante que nos permitirá impor as velocidades necessárias sem ocasionar o desgaste precoce dos componentes.

Motor Estratégico

Na próxima postagem desta série veremos qual é o óleo capaz de garantir que o nosso motor alcance um alto e duradouro desempenho. Até lá…

Leia também os outros textos dessa série:

Parte 1 | Parte 2 | Parte 3 | Parte 4 | Parte 5 | Parte 6 | Parte 7 | Parte 8 | Parte 9

Banner 16 O Papel da Tecnologia da Informação na Execução da Estratégia das Empresas - Parte 6
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[Evento online e gratuito]
[Evento online e gratuito]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[Evento online e gratuito]
[Evento online e gratuito]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[Evento online e gratuito]
[Evento online e gratuito]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]