Produtividade

Como alcançar resultados? (Parte 2)

Como alcançar resultados? (Parte 2)

Publicação : 20/10/2015

Por Siteware Siteware

3 min

Desde a criação da Siteware, acompanhamos uma infinidade de empresas e times trabalharem para o alcance de suas metas. Durante este tempo começamos a perceber as atitudes, comportamentos e práticas que favorecem a melhoria dos resultados.

Nesta série de postagens, iniciada na semana passada, estamos abordando algumas práticas que são simples de serem adotadas, desmistificam a implantação da cultura orientada a resultados e apoiam a execução do plano estratégico.

No primeiro post, que pode ser acessado aqui, comentamos sobre as etapas essenciais de um Planejamento Estratégico independente da metodologia adotada. Nosso tema de hoje ajuda a evitar uma armadilha bastante comum nas empresas que estão fazendo seus primeiros planos estratégicos.

Menos é Mais

É difícil conter o entusiasmo daqueles que participam das reuniões que tratam do Plano Estratégico de uma empresa para os próximos anos. A sensação de todos é de que, apesar dos desafios, ninguém será capaz de segurar “essa empresa”.

Este entusiasmo, que tem seu lado positivo, pode fazer com que a capacidade de execução da empresa e de seus colaboradores seja superestimada, o que acaba por inchar o resultado final do planejamento. Não são raras as vezes em que vimos empresas de pequeno e médio porte com um congestionamento de Objetivos em seus Mapas Estratégicos.

Aqui vale a máxima de que “Menos é Mais”, menos Objetivos, Iniciativas e Indicadores facilitarão a execução e o acompanhamento do plano estratégico, fazendo com que o resultado final seja superior e os envolvidos tenham a sensação de “dever cumprido”.

Para evitar a armadilha do excesso, aproveite ainda as reuniões de Planejamento Estratégico e priorize com o grupo envolvido aqueles Objetivos, Iniciativas e Indicadores que são realmente essenciais, deixando todo o resto para o próximo ano ou mesmo caso “sobre tempo”.

Jorge Paulo Lemann, um dos maiores executivos do país, diz que “hoje minhas empresas tem sempre 5 metas básicas.” Ou seja, com o acompanhamento de 5 indicadores-chave ele consegue entender o que acontece em cada uma de suas empresas e para onde elas estão caminhando.

Nossa visão prática sobre como facilitar a gestão e promover a execução do plano estratégico está presente em nossos sistemas que, apesar de completos, são fáceis de usar e engajam os colaboradores em torno da cultura orientada a resultados.

Agora já sabe como otimizar seus resultados? Conta pra gente! Nos siga nas redes sociais e assine nossa newsletter para receber mais conteúdos de gestão!

Linkedin | Facebook | Twitter | Instagram | Pinterest

Conteúdo