Gestão Estratégica

Planejamento operacional de uma empresa: o que é, importância e passo a passo de como fazer

Planejamento operacional de uma empresa: o que é, importância e passo a passo de como fazer

Publicação : 17/12/2020

Por Siteware Siteware

8 min

A sua empresa conta com um sólido planejamento operacional?

Considerado um fator crucial para que a organização seja bem-sucedida e alcance resultados realmente satisfatórios, o planejamento operacional muitas vezes é negligenciado pelas empresas.

Isso porque elas acreditam que apenas o planejamento estratégico já é suficiente para conduzir o modelo de negócio, Mas e como fica a parte prática, o famoso “mão na massa”?

Tão importante quanto definir estratégias de negócio é conseguir esquematizar as ações necessárias para que os objetivos estratégicos sejam alcançados. E é sobre isso que se trata o planejamento operacional.

Convidamos você a continuar a leitura deste conteúdo que elaboramos para explicar o que é e qual a importância do planejamento operacional de uma empresa e quais são os diferentes tipos de PO.

Além disso, você também vai conferir nas próximas um passo a passo de como fazer um planejamento operacional:

  1. Coloque no papel os objetivos da organização;
  2. Estabeleça um orçamento;
  3. Monte um cronograma;
  4. Defina quais tarefas precisam ser executadas;
  5. Determine os responsáveis por cada tarefa;
  6. Monitore a execução do planejamento operacional.

Leia também: Planejamento organizacional: tudo o que você precisa saber sobre essa importante ferramenta de gestão

O que é planejamento operacional de uma empresa e por que ele é importante?

O planejamento operacional é um documento que busca viabilizar o alcance das metas e objetivos definidos no planejamento estratégico da organização.

Ou seja, é no planejamento operacional que ficarão definidas as tarefas cotidianas e os detalhes das operações da empresa para tornar os objetivos estratégicos possíveis.

É nesse documento que se define também os responsáveis por cada tarefa, o orçamento necessário para financiar as operações, o cronograma para realização das atividades e os mecanismos para monitoramento do desempenho.

Tendo isso em vista, o planejamento operacional se faz importante para a criação de um fluxo de trabalho diário realmente eficaz.

Por meio dele, é possível transformar objetivos de longo prazo em tarefas menores e executáveis. Além disso, esse tipo de planejamento permite identificar gargalos nos processos internos e reduzir custos.

Leia mais: Falta de planejamento nas empresas: 6 consequências que você deve evitar

Veja também como fazer um planejamento estratégico empresarial:

Quais são os tipos de planejamento operacional de uma empresa?

Basicamente, existem dois tipos de planejamento operacional: o single-use e o ongoing.

Planejamento operacional single-use

Neste tipo de planejamento, busca utilizá-lo por um período bem curto ou solucionar algum problema projeto bem específico.

Planejamento operacional ongoing

Já no planejamento do tipo ongoing, o período de execução é mais extenso. Além disso, ele vai passando por alterações à medida em que os resultados das ações adotadas vão sendo percebidos.

Veja também: Tipos de planejamento estratégico: conheça os 3 principais e como aplicar em sua empresa

Exemplo de planejamento operacional de uma empresa

Confira este quadro resumo de um planejamento operacional de um negócio:

Passo a passo: como fazer um planejamento operacional para a sua empresa?

Agora que você já sabe o que é, qual a importância e quais os tipos de planejamento operacional de uma empresa, é hora de descobrir como fazer um para o seu modelo de negócio e transformar metas e objetivos em fluxos de trabalho.

Passo 1 – Coloque no papel os objetivos da organização

A primeira etapa de como fazer um planejamento operacional consiste em identificar quais são os objetivos organizacionais definidos no planejamento estratégico.

É importante que o PO esteja alinhado a esses objetivos; portanto, não os perca de vista.

Você sabe a diferença entre mesta e objetivos? este vídeo pode ajudar você:

Veja mais: Como organizar metas e objetivos para obter melhores resultados

Passo 2 – Estabeleça um orçamento

Dando continuidade às etapas do planejamento operacional de uma empresa, é necessário definir o orçamento disponível para custear as operações do dia a dia da empresa. Assim, evita-se gastar além do necessário.

Dificuldades com números? Veja como fazer um orçamento empresarial:

Confira em nosso blog: Aprenda como fazer o orçamento empresarial em 4 passos e garanta o espaço para o seu negócio crescer no ano que vem

Passo 3 – Monte um cronograma

Trabalhar com prazos é fundamental. Por isso, o seu planejamento operacional precisa contar com um cronograma bem definido, baseando-se no grau de complexidade de cada atividade a ser executada e no orçamento disponível.

Confira também: 7 passos de como montar um cronograma de projeto de sucesso

Passo 4 – Defina quais tarefas precisam ser executadas

O planejamento operacional trata da parte prática das estratégias de negócio. Sendo assim, você precisará definir quais são as tarefas que deverão ser executadas para viabilizar o alcance dos objetivos estratégicos.

Mais um vídeo que vai ajudar você:

DICA: Como priorizar tarefas quando seu gerente não o faz

Passo 5 – Determine os responsáveis por cada tarefa

Além de determinar as tarefas das operações de negócio, é necessário também definir quem serão os responsáveis por cada uma delas. Saber de quem cobrar os resultados contribui para garantir a qualidade da execução do plano.

Passo 6 – Monitore a execução do planejamento operacional

Por fim, encerrando as etapas do planejamento operacional, monitore o desempenho dos colaboradores na execução de suas tarefas e promova as melhorias necessárias.

Um software de acompanhamento de performance vai ser de grande auxílio na hora de monitorar seu planejamento operacional, conheça o STRATWs One:

Saiba mais: Conheça 3 das principais ferramentas de gestão empresarial para planejar e monitorar seu negócio

O STRATWs One é um software de gestão de performance corporativa que já conquistou mais de mil empresa ao redor do mundo e é usado por 180 mil de seus colaboradores.

Quer saber o porquê? Então confira algumas de suas vantagens:

  • Compartilhar KPIs com agilidade e transparência;
  • Potencializar a governança corporativa;
  • Gerenciar riscos e analisar cenários;
  • Usar a meritocracia e a gestão à vista para motivar e gerenciar equipes;
  • Empregar as principais metodologias de planejamento estratégico como BSC, OKR e SWOT;
  • Integrar pessoas, operação e estratégia;
  • Encontrar oportunidades de melhoria
  • Fazer a gestão de reuniões e do portfólio de projetos;
  • Aumentar a produtividade.

O planejamento é uma das atividades essenciais de qualquer negócio, saiba mais sobre ele baixando nossos e-books gratuitos:

Deixe uma resposta


O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *