Logo siteware

Como calcular a produtividade no trabalho de um colaborador?

CONTEÚDO

Publicação:
Publicação:
calcular a produtividade no trabalho

CONTEÚDO

(Clique no player para o ouvir a narração do nosso post sobre como calcular a produtividade no trabalho de um colaborador!)

Uma boa gestão de recursos humanos em uma empresa é essencial para conseguir se manter competitivo em um mundo onde a concorrência está cada vez mais acirrada. Monitorar a produtividade no trabalho dos colaboradores de uma empresa é uma das estratégias mais importantes nesse sentido.

Uma das formas de monitorar a produtividade de um colaborador é acompanhando seus indicadores individuais de desempenho!

Banner Blog 1 Como calcular a produtividade no trabalho de um colaborador?

Mas, você sabe mesmo como calcular a produtividade no trabalho de um funcionário?

O que é produtividade no trabalho?

Antes de descobrir como calcular a produtividade de um colaborador, é necessário compreender melhor o conceito de produtividade no trabalho.

como calcular a produtividade de um funcionario

A produtividade no trabalho é, basicamente, a relação entre o que foi produzido e os recursos utilizados para sua confecção.

Assim, a partir dessa ideia, você conseguirá estabelecer o quanto sua empresa está sendo produtiva.

Muitos acreditam que esse conceito está apenas associado a quantidades, mas se esquecem de considerar outro fator importante: a qualidade.

Por isso, antes de afirmar que uma empresa está sendo produtiva, é preciso também definir qual a qualidade que se deseja oferecer a seus clientes.

De maneira análoga, a produtividade no trabalho dos funcionários também pode ser assim relacionada. Para isso, considere fatores como a quantidade de horas gastas para realizar uma função, bem como seu valor de produção.

Afinal, um colaborador que entrega tarefas de maneira muito rápida, mas com diversos erros, não pode ser considerado um modelo de produtividade.

E outro que consegue entregar com qualidade, mas com extremos atrasos ou com custos altos, também apresenta problemas de produtividade.

Esses dois exemplos de colaboradores podem atrapalhar os resultados de toda uma equipe, impactando diretamente nos indicadores da empresa!

Como definir esse cálculo, então?

Como calcular a produtividade no trabalho de um colaborador?

Ao considerar o ambiente empresarial, a produtividade pode (e deve!) deixar de ser apenas um conceito a ser definido com base apenas em números frios.

Você pode usar uma fórmula geral:

  • PRODUTIVIDADE = quantidade de produtos ou serviços produzidos / quantidade de recursos utilizados = output / input

Existe uma variação, de caráter mais financeiro:

  • PRODUTIVIDADE = receita total ÷ pelo custo total

Partindo desses dois princípios, você pode ainda adaptar a fórmula para diversos campos em sua empresa.

Ou seja, será possível mensurar a eficiência de um maquinário utilizado e também calcular a produtividade de um funcionário, por exemplo.

Se quiser saber um pouco mais sobre o acompanhamento dos indicadores individuais dos colaboradores e como mensurá-los de maneira estratégica, conheça o STRATWs One.

Ao avaliar sua equipe, você pode ainda adaptar a fórmula acima de acordo com as atividades desempenhadas e funções específicas de cada colaborador dentro da empresa.

É possível ainda combinar mais de um índice – todos resultantes desse cálculo – para fazer uma análise mais profunda.

Por exemplo: quer avaliar a produtividade de um funcionário responsável pelo atendimento ao cliente?

Poderiam ser definidos dois índices.

Um índice que considera o número de atendimentos realizados por hora. Nesse caso, foram analisados João e Pedro:

  • João atendeu a 12 pessoas em 8 horas de trabalho durante um dia. Sua produtividade, portanto, nesse caso, é de 1,5 pessoas/hora.
  • Pedro conseguiu auxiliar 16 clientes em 8 horas de trabalho no mesmo período. Ou seja, sua produtividade foi de 2 pessoas/hora.

Aparentemente Pedro é mais produtivo que João, no entanto, veja este outro índice de produtividade estipulado, um pouco mais refinado, que considera os atendimentos realizados com avaliação de qualidade satisfatória pelo cliente:

  • João atendeu a 8 pessoas de maneira satisfatória em 8 horas de trabalho. Sua produtividade é de 1 atendimento de qualidade/hora.
  • Já Pedro atendeu 6 clientes de forma satisfatória no mesmo período. Ou seja, sua produtividade foi de 0,75 atendimento de qualidade/hora.

Portanto, a situação de inverte, e João pode ser considerado mais produtivo que Pedro no período e caso analisado, se a qualidade for usada como um indicador de performance importante em sua empresa.

Ainda nesse exemplo, você poderia combinar os resultados obtidos com outro índice: a quantidade de reclamações sobre o atendimento.

Basta dividir o número registrado pelas horas trabalhadas no mesmo período. Assim, você conseguiria avaliar qual colaborador está gerando maior satisfação aos clientes.

Portanto, é muito importante definir o que é fundamental para os objetivos estratégicos da empresa antes de definir os índices de produtividades dos funcionários.

IMPORTANTE: A produtividade no trabalho de um colaborador deve ser acompanhada com frequência e não esporadicamente. Por isso, é importante ter indicadores de produtividade que ajudem nesse processo.

Passo a passo para a avaliação de produtividade de um funcionário

 como calcular produtividade no trabalho de um colaborador

Antes de sair colocando em prática a metodologia aprendida acima, é importante seguir alguns passos de como calcular a produtividade de um funcionário de forma objetiva e assertiva:

  1. Entenda seu negócio, seus funcionários, suas funções e atividades dentro da empresa;
  2. Determine o que deve ser valorizado no trabalho de seus colaboradores, ou seja, qual será o foco de sua avaliação;
  3. Escolha um limite temporal para medir tais fatores (Uma hora? Um dia? Um mês? Um semestre?);
  4. Defina as duas grandezas e analise-as (atendimento/horas; vendas/funcionário; etc.) para ver se retratam algo relevante para o negócio.

Alguns cuidados ao calcular a produtividade

Antes de realizar seus cálculos e análises, é muito importante ter cuidado com alguns aspectos:

1- Nem todos os fatores importantes para definir se um funcionário está sendo ou não produtivo são mensuráveis

Por exemplo, questões como o nível de satisfação psicológica de um colaborador, o risco de acidentes, a qualidade do relacionamento entre a equipe e a identificação com a marca, apresentam impacto na produtividade dos funcionários de uma empresa.

Entretanto, esses são fatores que não podem ser quantificados em números, mas mesmo assim, não deixam de ser relevantes.

Por isso, não desconsidere tais aspectos no momento de avaliar a produtividade de um funcionário.

2- Realize um acompanhamento frequente

É preciso acompanhar os dados de maneira frequente, afinal, as informações que determinarão como calcular a produtividade de um funcionário precisam ser coletadas de maneira fiel e atualizada.

3- Use a tecnologia a seu favor

Conseguir os dados necessários, bem como realizar um acompanhamento constante dessas informações, demanda muita atenção, tempo e trabalho.

Por isso, procure opções (como softwares de registro de dados, planilhas eletrônicas, aplicativos, etc.) capazes de auxiliar a confiabilidade dos dados registrados. Assim, pode-se usar menos tempo nessas tarefas.

Como avaliar a produtividade no trabalho de um funcionário é importante para a empresa

Como visto, os recursos humanos em uma empresa são peça central para garantir que os negócios alcancem os resultados esperados.

Para isso, é essencial manter uma equipe formada por profissionais engajados, motivados e produtivos. A equipe é um reflexo dos colaboradores que a integram!

Por isso, saber como avaliar a produtividade de um funcionário, a partir de dados comprovados e fugindo de “achismos” ou de preferências pessoais, poderá proporcionar aos gestores decisões mais acertadas sobre quem manter e substituir na equipe.

Com o home-office, essa necessidade se tornou ainda mais latente. Isso porque não é possível – nem recomendável – monitorar a rotina do colaborador por estarem no mesmo lugar.

Além disso, ao saber como calcular a produtividade de um funcionário corretamente, você poderá detectar possíveis problemas de eficiência e adotar estratégias para diminuí-los.

Ainda, vale ressaltar que a produtividade de um funcionário está muito relacionada ao quanto ele se sente valorizado em seu trabalho. Apenas medir a produtividade e não elogiar os que se mostram mais eficientes, pode afetar todos os esforços da empresa na busca de melhores resultados.

Como aumentar a produtividade no trabalho de um colaborador?

Agora que você já aprendeu como calcular a produtividade de um profissional dentro do ambiente de trabalho, é preciso saber como aumentá-la. Afinal, se os resultados obtidos não forem satisfatórios, é essencial que seja realizado um trabalho para o aumento da produtividade.

Por esse motivo, preparamos para você algumas dicas que podem ajudar no processo de recuperação da produtividade da equipe:

1. Tenha metas individuais e coletivas bem definidas:

O ser-humano é movido a desafios, e no ambiente de trabalho não é diferente. Por isso, é importante definir metas individuais e coletivas para a sua equipe. Elas podem ajudar no aumento da produtividade de cada profissional.

Essas metas, por sua vez, devem ser desafiadoras, mas alcançáveis. Além disso, para que haja engajamento no alcance desses objetivos, é essencial que a estratégia da empresa esteja clara para todos os colaboradores.

2. Diminua as distrações:

A distração é algo comum na vida do profissional. É impossível estar 100% focado e atento em todo o tempo. No entanto, é importante que o gestor tente, ao máximo, diminuir as distrações no dia a dia da equipe.

Nesse sentido, ter menos reuniões desnecessárias e menos mensagens no grupo da equipe pode ajudar. Contate apenas para o essencial!

3. Tenha processos bem definidos:

Ninguém gosta de trabalhar em um ambiente desorganizado, não é mesmo? Se não tiver processos, uma equipe pode demorar muito tempo em tarefas simples, justamente porque não há um padrão de execução.

Por esse motivo, um líder deve estabelecer processos bem definidos e padrões que devem ser seguidos pela equipe. Em um meio organizado, é possível melhorar a produtividade e entregar melhores resultados.

Gostou do conteúdo? Então fixe o que aprendeu assistindo nosso vídeo sobre o assunto!

A Siteware trabalha com o STRATWs One, um Software de Gestão da Performance Corporativa robusto e muito intuitivo de usar, proporcionando a união dos colaboradores com a operação e a estratégia, o que traz mais produtividade para as empresas.

O software possui um dashboard de indicadores individuais, onde podem ser analisados os resultados de cada colaborador.

Revolucione a gestão da sua empresa com o STRATWs One

Banner 16 6 Como calcular a produtividade no trabalho de um colaborador?

[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[Evento online e gratuito]
[Evento online e gratuito]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[Evento online e gratuito]
[Evento online e gratuito]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[Evento online e gratuito]
[Evento online e gratuito]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]