Gestão Estratégica

6 indicadores financeiros para pequenas empresas que você precisa conhecer

6 indicadores financeiros para pequenas empresas que você precisa conhecer

Publicação : 18/04/2019

Por Siteware

9 min

indicadores financeiros para pequenas empresas
indicadores financeiros para pequenas empresas

Você resolveu abrir seu próprio negócio e enfrentar os desafios do empreendedorismo?

Então, responda rápido: como vai a saúde financeira de sua empresa?

Se você é dono de uma empresa de pequeno porte e quer alcançar o sucesso, é fundamental que você saiba avaliar o desempenho do seu negócio.

Para isso, existem uma infinidade de indicadores. Mas, neste artigo, vamos focar naqueles que tratam de um aspecto vital para qualquer empresa: as finanças.

Os indicadores financeiros permitem que você compare resultados atuais e passados para, a partir disso, conseguir traçar planos e metas para o futuro. Assim, em vez de executar cegamente suas ações, os indicadores fornecerão dados concretos sobre suas finanças para que você possa tomar decisões mais bem fundamentadas.

Os índices que apresentaremos aqui servem para mostrar em que pontos a sua empresa está indo bem e onde ela precisa melhorar quando o assunto é dinheiro.

Então, confira agora 6 indicadores financeiros para pequenas empresas e saiba como eles podem te ajudar a ter uma visão melhor sobre o seu negócio.

Veja também: Descubra quais os erros mais comuns na gestão financeira e não cometa em seu negócio

6 indicadores financeiros para pequenas empresas

1 – Indicador de liquidez

O indicador de liquidez mede a capacidade que a sua empresa tem de cumprir com suas responsabilidades financeiras de curto prazo com os ativos atuais, sem depender de novas vendas.

Ele é utilizado para avaliar a saúde financeira de uma empresa.

O cálculo não é tão difícil. Basta executar as seguintes fórmulas:

  • Índice de liquidez = (Caixa ​​+ Contas a Receber) / Passivo Circulante

Exemplo:

Você tem R$ 8.000 em caixa, R$ 3.000 em contas a receber e R$ 4.000 de passivo circulante. Logo, (R$ 8.000 + R$ 3.000) / R$ 4.000 = 2,75

Ou seja, você tem R$ 2,75 em ativos para cada R$ 1,00 de passivos, o que significa que você tem o suficiente para cumprir as obrigações financeiras.

  • Índice de liquidez seca = (Ativo Circulante – Estoques) / Passivo Circulante

Exemplo:

R$ 20.000 em ativos circulantes, R$ 5.000 em estoques e R$ 20.000 em passivos circulantes. Logo, (R$ 20.000 – R$ 5.000) / (R$ 20.000) = 0,75

Ou seja, você só tem 75 centavos de ativos por R$ 1,00 de passivos. Isso significa que você não tem o suficiente para cobrir suas obrigações.

O ideal é que o seu indicador de liquidez seja de, no mínimo, R$ 4,00, pois assim você estará crescendo a um bom ritmo e não estagnado ou recuando.

2 – Margem de lucro bruto

A margem de lucro bruto é um dos principais indicadores financeiros para pequenas empresas. Ele mede o quanto de dinheiro você obteve a partir das vendas depois de subtrair o custo das mercadorias vendidas.

A margem de lucro bruto é uma porcentagem. Ou seja, se o seu índice é de 50%, significa que você ganha 50 centavos para cada R$ 1,00 que você vende; os outros 50 centavos servem para cobrir os custos das mercadorias.

As margens de lucro variam de acordo com cada modelo de negócios.

Nesse caso, vale a pena conferir quais são as médias do setor em que a sua empresa está inserida. Mas, no geral, as empresas estabelecem margens acima de 25%.

3 – Fluxo de caixa

O fluxo de caixa lida com os valores que entram e saem da sua empresa. Ou seja, ele trata das despesas e dos recebimentos operacionais rotineiros.

Esse indicador mostra se as suas operações estão gerando caixa suficiente para cumprir com suas obrigações financeiras.

A análise e o monitoramento do fluxo de caixa é fundamental para que você possa ter uma visão mais aprofundada sobre a saúde de suas finanças, permitindo que você enxergue além dos lucros e possa tomar decisões mais conscientes sobre investimentos de capital para impulsionar os negócios.

4 – Capital de giro

O capital de giro é a quantidade de dinheiro que você tem disponível após subtrair todos os passivos existentes.

Ele funciona como uma reserva de recursos para cobrir as necessidades financeiras do seu negócio ao longo do tempo.

Este indicador financeiro mostra até que ponto os seus ativos disponíveis são capazes de cobrir os seus passivos a curto prazo.

5 – Endividamento

O endividamento é uma realidade comum para quase todas as empresas, inclusive as pequenas e médias. No entanto, é extremamente importante ficar atento a este indicador financeiro para evitar que ele saia do controle.

A taxa de endividamento é a relação entre todas as responsabilidades financeiras do seu negócio e o patrimônio líquido. Esse indicador mostra como a sua empresa tem conseguido financiar o crescimento e de que maneira os investimentos estão sendo utilizados.

Ou seja, a taxa de endividamento indica o quão lucrativa a sua empresa é. O ideal, obviamente, é que o seu patrimônio líquido seja sempre maior que as suas dívidas.

6 – Retorno sobre investimento (ROI)

Para encerrar a nossa lista de indicadores financeiros para pequenas empresas, temos o bom e velho ROI: Retorno sobre Investimento.

Este índice mostra o quanto a sua empresa ganhou com um investimento realizado. A partir dele você consegue determinar quais investimentos foram ou não bem sucedidos.

O ROI compara quanto dinheiro um investimento trouxe com quanto você pagou por ele, mostrando se tal investimento é lucrativo ou não. Uma alta taxa de ROI significa que você recebe mais renda por investimento, o que é bom.

Digamos que você queira avaliar o ROI da sua estratégia de marketing. Você ganha R$ 9.000 com investimentos em publicidade do Google Ads e seu custo de investimento é de R$ 5.000.

Logo, (R$ 9.000 – R$ 5.000) / (R$ 5.000) = 0,8

Ou seja, você obteve um retorno de 80% sobre o valor investido, o que é excelente. Você pode fazer esses cálculos com vários outros investimentos do seu negócio. Isso vai te ajudar a analisar quais investimentos são mais vantajosos.

Quanto mais indicadores financeiros você conhecer, melhor. Veja mais alguns, que podem te ajudar no planejamento financeiro de sua empresa:

indicadores financeiros para pequenas empresas
Fonte: NFe.io

Conclusão

Os números presentes nos livros de contabilidade da sua empresa contam uma história. Eles mostram onde você esteve e sugerem para onde você está indo.

A utilização de indicadores financeiros para pequenas empresas pode te ajudar a reconhecer sucessos e a resolver problemas.

Portanto, fique atento aos seus indicadores e otimize os resultados da sua empresa.

Achou que nossa lista de indicadores financeiros tinha acabado? Confira este vídeo de nosso canal no YouTube e aprenda ainda mais sobre eles:

Este post também pode interessar você: Vantagens e desvantagens do planejamento estratégico: vale mesmo a pena?

O STRATWs One é um software de gestão de performance corporativa que permite visualizar e compartilhar com as equipes todos os seus indicadores de desempenho. Assim, fica muito mais fácil monitorar a performance da empresa e iniciar ações corretivas, se necessário.

Revolucione a gestão da sua empresa com o STRATWs One

Daniella DoyleJornalista e Publicitária de formação, está no mercado há mais de 15 anos com foco em gerar resultados para empresas B2B por meio de estratégias online e offline. Adora uma nova tendência e trabalhar com métricas e metas. É gerente de marketing na Siteware e, quando sobra um tempinho, aproveita para tricotar e pintar!

Quer começar agora mesmo a acompanhar seus indicadores de desempenho? Então, baixe nosso e-book gratuito: Como criar o seu dashboard de indicadores de desempenho em 3 dias