Upskilling: entenda o que é, e qual o seu objetivo!

CONTEÚDO

upskilling

CONTEÚDO

O upskilling se tornou uma necessidade para as empresas que buscam se manter competitivas em um mercado em constante mudança. E isso pode ser visto em números.

De acordo com a pesquisa do LinkedIn Learning, 94% dos colaboradores permaneceriam mais tempo em uma empresa se ela investisse em seu desenvolvimento profissional. Além disso, a mesma pesquisa apontou que empresas que investem em treinamento e desenvolvimento têm 26% mais chances de serem vistas como líderes de mercado e 2,3 vezes mais chances de serem vistas como inovadoras.

E com o avanço da tecnologia, o investimento em treinamento ficou mais acessível para as organizações, uma vez que o custo de um treinamento online é menor do que presencial.

Essa afirmação pode ser evidenciada pela pesquisa da TalentLMS que mostrou que empresas que oferecem treinamento online economizam em média 50% a 70% em custos em comparação com treinamentos presenciais.

Esses dados mostram que a capacitação profissional além de contribuir significativamente para a retenção de talentos, está mais acessível para as organizações. E neste artigo vamos mostrar um pouco mais a fundo sobre esse conceito.

Continue a leitura e confira!

O que é upskilling?

Upskilling é uma palavra que vem do inglês e que traduzido ao português significa aprimoramento de habilidades. Esse termo também pode ser traduzido como qualificação, e por isso pode ser entendido como um processo de aprendizagem para adquirir novas competências que se somem a um conjunto de habilidades.

Vale destacar que os conhecimentos adquiridos podem ser tanto de hard skills quanto de soft skills, uma vez que ambas são cruciais na formação de um profissional de alta performance que pretende entregar resultados positivos para a empresa.

Nesse sentido, é por meio de vários tipos de treinamento e capacitações que a atualização profissional objetiva aperfeiçoar o conhecimento que alguém possui em sua área, com o intuito de se tornar um profissional ainda mais completo.

Para mapear os campos que precisarão de treinamento, é comum que gestores façam uso de ferramentas para apoiar a avaliação de desempenho e desenvolver um plano de desenvolvimento individual (PDI)

kit avaliação de desempenho

Qual é o objetivo do upskilling?

O objetivo principal é aprimorar as habilidades e conhecimentos dos colaboradores para que eles realizem suas tarefas de maneira eficiente. Isso envolve a aquisição de novas habilidades técnicas e comportamentais, bem como a atualização das já existentes para atender às necessidades atuais e futuras da empresa.

Além disso, o Upskilling pode ajudar a melhorar a motivação, o engajamento e a satisfação dos colaboradores, pois eles se sentem valorizados e têm a oportunidade de progredir em suas carreiras.

Isso quer dizer que ao participar de treinamentos e capacitações e adquirir novas competências e habilidades, os funcionários se sentem valorizados, e por isso vestem a camiseta da empresa com o intuito de ajudá-la a crescer.

Leia também:

Quais são as vantagens do upskilling?

O conceito traz inúmeros benefícios para a instituição como funcionários mais qualificados, redução do turnover, aumento da satisfação, melhoria na reputação da empresa, e maior preparo para mudanças e desafios futuros.

#1 Funcionários mais qualificados e produtivos

Ao fornecer treinamento e oportunidades de desenvolvimento aos funcionários, as empresas podem aumentar a qualidade do trabalho realizado e a eficiência das tarefas executadas.

Afinal, com a capacitação de pessoal, os funcionários aprendem novas habilidades e conhecimentos que lhes permitem executar suas tarefas de maneira mais eficaz e, consequentemente, aumentar sua produtividade.

#2 Redução do turnover e o Upskilling

Os colaboradores que têm a oportunidade de desenvolver suas habilidades e progredir em suas carreiras são mais propensos a permanecer na empresa. Isso ajuda a reduzir a rotatividade, que geralmente custa caro para o desempenho da empresa.

Afinal, organizações com alta rotatividade possuem um custo maior com processo seletivo, treinamento de funcionários, dentre outros aspectos.

Leia mais em: Turnover: o que é, 7 causas e como evitar?

calculo de turnover

#3 Aumento da satisfação do colaborador

Quando toda a equipe se sente valorizada e tem a oportunidade de crescer em suas carreiras, sua satisfação e motivação aumentam, gerando um ambiente de trabalho mais positivo.

Dessa forma, a lógica é que ao investir na capacitação dos colaboradores por meio do Upskilling, seus colaboradores possam se sentir mais valorizados dentro da organização.

#4 Melhoria da reputação da empresa

As empresas que investem em aprimoramento e desenvolvimento melhoram sua reputação como um empregador responsável e comprometido com o desenvolvimento de seus funcionários.

Como resultado, a organização atrai os melhores talentos do mercado, uma vez que os colaboradores estão buscando mais qualidade no ambiente corporativo.

#5 Preparação para mudanças e desafios futuros

Com as rápidas mudanças no mercado de trabalho e nas tecnologias, a capacitação de pessoal contribui para que as empresas e colaboradores se preparem para os desafios futuros e se adaptem a novas formas de trabalho.

Quer saber como a remuneração variável pode contribuir com uma maior produtividade na sua empresa? Então confira o vídeo abaixo 👇

Qual é a diferença entre upskilling e reskilling?

Upskilling é o desenvolvimento de habilidades avançadas ou adicionais em áreas nas quais os colaboradores já possuem experiência. Já o reskilling é a aquisição de novas habilidades para desempenhar funções diferentes daquelas que desempenhava anteriormente. Dessa forma, enquanto o upskilling aprimora habilidades existentes, o reskilling envolve a aprendizagem de novas habilidades para atender às necessidades organizacionais.

Em outras palavras, o upskilling refere-se ao aprimoramento de habilidades adicionais ou avançadas em áreas nas quais os funcionários já possuem algum conhecimento ou experiência, sendo o seu objetivo atualizar e aprimorar essas habilidades existentes, permitindo a execução de suas tarefas de maneira mais eficiente e eficaz.

Já o reskilling, conforme dissemos, é a aquisição de novas habilidades para desempenhar funções diferentes daquelas que já vem desempenhando. Isso pode ocorrer quando um funcionário muda de departamento ou quando sua função é alterada devido a mudanças na estratégia da empresa.

Ambos os conceitos são importantes para o desenvolvimento dos colaboradores e dentro de uma boa estratégia podem contribuir para o sucesso da organização.

Como aplicar o conceito nas empresas?

Aplicar a atualização profissional nas empresas não é uma tarefa difícil, mas requer bastante atenção, além de ser necessário seguir algumas etapas importantes que veremos a seguir.

1. Identificar as habilidades necessárias

A empresa deve identificar as habilidades necessárias para que seus funcionários atinjam seus objetivos estratégicos. Isso pode envolver a realização de análises de lacunas de habilidades, avaliações de desempenho e feedback dos gerentes e supervisores.

Sem a identificação das habilidades que se pretende alcançar, fica mais difícil desenvolver um treinamento com um objetivo, e então mensurar os resultados.

template feedbacks

2. Desenvolver um plano de treinamento

Com base nas habilidades identificadas, deve-se desenvolver um plano de treinamento que inclua cursos presenciais, treinamentos online, workshops e outras atividades de aprendizagem.

Nesse cenário, o plano de desenvolvimento individual (PDI) deve ser adaptado às necessidades de cada colaborador e considerar as limitações de tempo e recursos que a empresa possui. Atualmente, com o avanço do ensino online, ficou mais fácil e barato desenvolver um plano de treinamento.

3. Promover a participação dos colaboradores

Para garantir que o aprimoramento de habilidades seja bem-sucedido, é importante promover a participação e engajamento dos colaboradores. Nesse sentido, a empresa pode incentivar a participação oferecendo recompensas, reconhecimento e feedback positivo.

4. Avaliar o progresso

Outro ponto importante é que é necessário avaliar regularmente o progresso dos funcionários no desenvolvimento de suas habilidades e ajustar o plano de treinamento conforme necessário.

Isso ajuda a garantir que o upskilling esteja alinhado às metas da empresa e às necessidades individuais dos colaboradores. E caso necessite, fica mais fácil fazer correções no plano de treinamento.

5. Integração à cultura da empresa

Para que ele seja eficaz, é importante integrar o upskilling à cultura da empresa, englobando a criação de uma cultura de aprendizagem contínua e incentivando a colaboração e o compartilhamento de conhecimento entre os funcionários.

6. Investimento em tecnologia

Fora tudo o que dissemos até aqui, é crucial investir em tecnologias de aprendizagem que tornem o processo mais acessível e envolvente para todos. 

Afinal, um sistema de avaliação de desempenho permite que tudo seja feito em um único lugar, colaborando para uma gestão de talentos conectada e estratégica e automatizando as tarefas de forma muito simples.

Através de um sistema de gestão de pessoas, você oferece mais autonomia ao RH, com processos mais automatizados que estimulam a cultura de feedbacks com uma gestão de talentos inteligentes.

E um dos melhores sistemas do mercado é o STRATWs One, que permite rodar todo o ciclo de avaliação em um só lugar possibilitando uma análise rápida e estratégica dos resultados.

Portanto, se a sua intenção é aplicar o Upskilling no seu negócio, o STRATWs One é a ferramenta certa que você estava procurando. Solicite uma demonstração grátis.

stratws one