.elementor-element .elementor-swiper .swiper { overflow: hidden; }

Como sua empresa pode criar um curso completo online?

CONTEÚDO

curso online

CONTEÚDO

Em tempos onde a informação é um dos produtos mais valiosos do mercado e tem se tornado cada vez mais um ativo lucrativo, você já pensou em poder escalar suas vendas e conseguir atingir pessoas em todo o mundo, oferecendo o conhecimento necessário por meio de um curso online?

É cada vez maior a procura das pessoas por cursos de qualidade. Muito por conta da transformação que o mercado de trabalho e empreendedorismo está sofrendo, onde precisamos estar mais preparados.

Mas afinal, como fazer para desenvolver um curso online e garantir que ele tenha qualidade?

Confira o passo a passo que montamos com todas as informações que você precisa saber para montar um produto campeão de vendas.

Por que sua empresa precisa ter um curso online?

O mercado está mudando e é preciso encontrar novas formas de alavancar as vendas e conseguir atingir um novo patamar nos negócios.

Atualmente, o negócio que vem se mostrando mais lucrativo, ano após ano, é o ensino à distância (EAD). Por meio deste novo formato, além do aluno conseguir acompanhar as aulas no seu tempo, conciliando agenda e compromissos, consegue aprender com mais qualidade.

Além da possibilidade da escolha sobre qual conteúdo precisa consumir é muito mais vantajoso ao modelo de estudo obrigatório que víamos há alguns anos.

Os cursos online estão se tornando os modelos favoritos de usuários que estudam de forma autodidata. São quase 5 milhões de pessoas que aderem a este formato todos os anos!

Passo a passo para sua empresa criar um curso completo

Para que um curso online se torne rentável, e possivelmente, referência no seu ramo de atuação, você precisa ter algumas coisas bem definidas para garantir o sucesso e a satisfação dos seus clientes.

Ao definir qual será o curso a ser feito, você precisará entender um pouco sobre cada um dos temas abaixo:

  • Escolher seu nicho ideal;
  • Definir o formato ideal;
  • Criar o roteiro do curso;
  • Materiais de gravação;
  • Preparar-se para a gravação;
  • Edição e hospedagem do curso;
  • Plano de marketing para a divulgação.

1. Escolher seu nicho ideal

Escolher o seu nicho de atuação é talvez a tarefa mais importante para garantir o sucesso do seu curso online. Aqui, você vai definir quem é o tipo de pessoa que vai consumir o material que será produzido.

Tenha em mente a principal informação: quem é a pessoal ideal para consumir o meu produto? Pense que para sua empresa criar um curso online, precisa ser especialista e ter conteúdo que agrega valor ao seu futuro cliente. Por isso, escolha um mercado que domine e goste de falar sobre.

Para isso, baseie-se no público-alvo da sua empresa ou do produto paralelo que está criando. Por exemplo, se você vai criar um curso voltado ao marketing digital, quais são as pessoas que você deseja atingir? Empresários de pequenas empresas? Estudantes de marketing? Colaboradores de outras instituições?

Após isso, defina a sua persona com informações sobre o que ela gosta de fazer, como busca pelos seus produtos na internet, faixa etária e até escolaridade.

2. Definir o formato ideal

O formato mais utilizado para fazer cursos online são as videoaulas. E não é à toa: o consumo de vídeos cresce a cada ano.

Por meio de uma plataforma específica para hospedagem de cursos, o acesso às aulas será liberado automaticamente após a confirmação do pagamento e você poderá escolher um determinado período para que elas estejam disponíveis para seus alunos, com data válida a contar a partir da data da compra.

Como toda compra online, você precisará oferecer no mínimo sete dias de arrependimento para o cliente caso ele não goste do conteúdo ou queira cancelar por qualquer outro motivo, como estabelecido pelo Código de Defesa do Consumidor.

O ideal é que escolha uma data interessante para o seu negócio, a qual varia na maioria das vezes entre 7 e 30 dias.

Interligado com o “prazo de garantia”, você precisará escolher qual o tipo de entrega de conteúdo será oferecido para público alvo: liberação de material completo ou a liberação das videoaulas em tempos diferenciados para auxiliar no processo de aprendizagem.

3. Criar o roteiro do curso

Se você conhecer exatamente quem é a sua persona, você saberá exatamente que tipo de conteúdo ela está interessada em aprender. Outro método que ajuda neste processo é conhecer os seus concorrentes e o que estão fazendo de interessante para entender o que dá certo e o que dá errado.

Após este processo, anote em um papel quais são os conteúdos importantes para que seu curso tenha relevância.

Depois de todos os temas e sub tópicos selecionados, faça o roteiro e organize as aulas em uma ordem que faça sentido para o seu curso e para que o aprendizado do usuário seja o melhor possível.

4. Materiais de gravação

Como seu curso será em formato digital, é imprescindível que a qualidade de som e imagem sejam as melhores possíveis.

Não é necessária a maior produção do universo, mas você tem obrigação de entregar imagens nítidas, com qualidade e conteúdo, criando um maior valor agregado ao seu infoproduto.

Para a empresa que está iniciando no universo de cursos online e precisa produzir seu primeiro material, materiais intermediários conseguirão entregar um resultado satisfatório sem comprometer seu orçamento em valores exorbitantes, como:

  • Câmera DSLR (intermediária) que seja capaz de fazer gravações de vídeos;
  • Microfone sem fio compatível com smartphones e câmeras DSLR;
  • Ring Light ou Sofbox para ajudar na iluminação da gravação;
  • Computador com placa de vídeo de 2GB;
  • Gravador de tela de computador (para complementar informações do curso por meio de slides).

Procure fundos condizentes com o tema da gravação do seu curso. Caso isso não seja possível, opte por ambientes neutros como escritório ao fundo ou paredes de tons neutros para deixar a gravação dos vídeos mais harmoniosa.

5. Prepare-se para a gravação

Agora que você já estruturou o texto e sabe os equipamentos que vai precisar, chegou a hora da gravação.

Nesta etapa, você começará a compartilhar o conhecimento e o curso começará a tomar forma. Seja o mais didático possível em sua linguagem de ensino. Pense que as pessoas querem adquirir o conteúdo de maneira rápida e eficiente.

Por exemplo, caso tenha termos muito técnicos e seja um curso para iniciantes, traduza esses termos para que a absorção do ensino seja melhor.

Uma dica importante é a de colocar no papel todas as frases que você irá dizer durante cada uma das aulas e criar um script passo a passo de como será.

6. Edição e hospedagem do curso

Após todas as gravações realizadas, você precisará editar o conteúdo. Existem vários softwares, entre gratuitos e pagos, uma delas é a EAD Plataforma, uma ferramenta completa para criação e gestão dos seus cursos online, onde poderá ser feito esse trabalho e corrigir possíveis problemas de iluminação e cortes necessários.

Feita a edição final do curso, escolha uma plataforma que reúna todas essas funcionalidades: hospedagem de vídeos, acesso de material de acordo com o período pré-determinado por você, que seja possível ter uma área de membros para a retirada de dúvidas e um layout fácil e responsivo para que o curso possa ser acessado por dispositivos diferentes.

Com todas essas características em pauta na escolha da “residência” do primeiro curso online da sua empresa, além de entregar o prometido para o cliente, se tratando de conteúdo, você estará oferecendo uma boa experiência e pessoas satisfeitas, que poderão ser utilizadas a seu favor em futuras vendas.

7. Plano de marketing para a divulgação

Chegou a hora de entregar o conhecimento transmitido em formato de vídeo para as pessoas interessadas. Agora iremos atrás do seu futuro cliente.

Dependendo do conteúdo que será oferecido por meio do curso online, além de captar novas pessoas, sua empresa também conseguirá explorar seus atuais clientes com estratégias efetivas.

Abaixo, selecionamos alguns métodos que poderão ser usados para a aquisição de pessoas interessadas no seu produto recém criado.

Para clientes:

  • Utilize estratégias de e-mail marketing para avisar sobre o lançamento exclusivo do material para ele, que é seu cliente e que já confia no trabalho desenvolvido por sua empresa;
  • Mande e-mail marketing oferecendo um desconto exclusivo de lançamento para seu cliente. Valorize-o, pois o mais difícil você já tem: a confiança dessa audiência;
  • Comunicação direta oferecendo e informando sobre o curso por meio do WhatsApp.

Conquistando novos clientes:

  • Faça uma página de captura informando todos os benefícios que aquele curso impactará na vida do usuário;
  • Invista em anúncios em redes sociais para a divulgação do seu curso de acordo com as características da sua persona, estabelecidas na primeira etapa do projeto. Facebook e Instagram são excelentes para anúncios de aquisição;
  • Monte estratégias para captar e-mails e telefones dos contatos, para que possa ter um contato direto com eles. Oferecer um e-book gratuito em troca dos dados pode ser excelente;
  • Crie um Instagram temático apenas para falar sobre o assunto do seu curso;
  • Utilize os depoimentos de clientes ou outros alunos como prova social.

Pronto para vender seu curso?

Criar um curso completo online pode parecer difícil e desafiador.

Mas, além de ser o formato mais consumido de informações por meio da internet nos últimos anos, este método de ensino está longe de morrer.

Investindo neste tipo de plataforma para ajudar sua empresa a crescer a ter maior relevância, você cria um vínculo com os alunos. Escale suas vendas de acordo com o planejamento e se achar necessário, faça ajustes no curso após o lançamento.

Um curso completo online, além de criar reconhecimento para a empresa, mostra para interessados em outros produtos que, de fato, pode confiar no seu serviço.

Artigo produzido pela equipe da Hotmart.