Gestão Estratégica

6 dicas para desenvolver o pensamento estratégico

6 dicas para desenvolver o pensamento estratégico

Publicação : 09/11/2021

Por Tayrane Corrêa

8 min

pensamento estratégico
pensamento estratégico

Para realizarmos diversas atividades em nossa vida, precisamos de um “norte”. Seja uma meta que desejamos alcançar, um objetivo a ser batido ou um sonho que buscamos transformar em realidade.

Na maioria dos casos, pensar nessas metas e objetivos é uma atividade fácil. Mas a organização e a definição das ações que serão tomadas ao longo do processo fazem a diferença para que o desejo não vire frustração.

Uma das melhores formas de analisarmos uma situação de maneira criativa e apta a detectar procedimentos a serem implementados ou retirados do planejamento é através do pensamento estratégico.

Confira o que é o pensamento estratégico, como ele pode ser desenvolvido e aplicado dentro de organizações. Boa leitura!

O que é pensar de forma estratégica?

A estratégia é a ação de aplicar de maneira eficaz recursos e condições favoráveis para o alcance de determinado objetivo. Logo, pensar de forma estratégica é conseguir visualizar as melhores oportunidades para se alcançar uma meta.

Quando imaginamos o pensamento estratégico nas organizações estamos nos conectando também ao planejamento estratégico. Afinal o planejamento é o refinamento desse pensamento, que começou com ideias e foi colocado em prática através das atividades necessárias.

Podemos verificar também alguns exemplos de pensamento estratégico em nosso dia-a-dia. Quando desejamos algo e sabemos o seu custo, nossa mente passa a imaginar estratégias para comprar esse produto, como calcular uma quantia a ser guardada por mês para realizar essa compra.

Dentro das empresas o pensamento estratégico acaba sendo desenvolvido por gestores que estão à frente das tomadas de decisões. A partir de observação e contato com dados eles terão ideias para que problemas sejam ultrapassados, o que chamamos gerenciamento estratégico.

Porém, também é saudável que um colaborador que não possui um cargo de liderança desenvolva o pensamento estratégico. Através dele, o profissional terá uma maior autonomia e estará apto a auxiliar na resolução de possíveis problemas.

Leia também: Veja nosso mapa do tesouro para aprender como construir e executar seu planejamento estratégico

Como desenvolver o pensamento estratégico?

O pensamento estratégico é considerado uma soft skill, e, assim como outras habilidades ele pode ser desenvolvido. Confira 6 práticas que vão fazer a sua mente pensar de maneira estratégica.

1. Observar o que acontece no seu entorno

Desenvolver o pensamento estratégico começa com uma observação ativa e crítica. Por mais que o objetivo seja alcançar uma meta no futuro, são as ações tomadas no presente que determinam os processos a serem estabelecidos.

A palavra estratégia foi criada para designar as ações feitas pelos comandantes de guerras nos tempos medievais. Eles assistiam o combate em cima de montanhas e tinham uma visão privilegiada, vendo tudo.

Essa observação minuciosa permite que novas ideias surjam a partir da constatação de pontos fracos, e até mesmo de processos supervalorizados, que estão travando o desenvolvimento.

2. Escutar as pessoas

Assim como a observação permite que novas ideias surjam, uma conversa também consegue despertar novos processos.

A visão de várias pessoas sobre como as ações que visam o alcance de um objetivo estão sendo implementadas são um estímulo ao pensamento estratégico.

Principalmente para profissionais que desempenham um papel de gestão, a escuta permite que as falhas possam ser percebidas.

Um exemplo desse caso é um gestor que, após uma conversa, percebe que designou uma função errada a um colaborador. Através do pensamento estratégico, ele decide colocá-lo em um cargo onde ele consegue render muito mais.

3. Sair da zona de conforto

Nos colocarmos em situação onde nos encontramos fora da zona de conforto é um comportamento que estimula muito a criatividade e o pensamento estratégico.

Ao lidarmos com um problema no local de trabalho e trazendo a resolução dessa questão para o mesmo lugar todo dia, acabamos bloqueando nossas ideias. Em alguns casos, uma simples caminhada por um lugar novo pode fazer com que as estratégias surjam com mais clareza.

4. Identificar os comportamentos essenciais

O esgotamento mental é um vilão do pensamento estratégico nas organizações. A sobrecarga de trabalho e o acúmulo de funções dificultam a visão analítica, que precisa de uma mente saudável para funcionar.

Para driblar esse possível problema é necessário cortar as atividades que geram a sensação de sobrecarga, como eliminar reuniões que apenas enchem a agenda e não terceirizar trabalhos que não são essenciais.

5. Gerenciar o tempo

Ligado ao tópico acima, está também o gerenciamento do tempo. Saber controlar as atividades vai permitir que as estratégias desenvolvidas considerem sempre o tempo até o atingimento das metas.

Por exemplo, através do pensamento estratégico, você desenvolveu ações que vão aprimorar o trabalho de um setor, facilitando o caminho até o objetivo. Mas se o tempo não foi considerado no momento do pensamento, existem grandes chances dessa estratégia não funcionar.

A gestão do tempo permite que os pensamentos se desenvolvam da seguinte forma: “Possuo x problema  a ser resolvido, tenho x dias para resolver esse problema, quais estratégias podem ser desenvolvidas nesse espaço de tempo e correspondem a esse problema?”

6. Lembrar que tudo é tentativa e erro

Por fim, lembre-se de que todos os processos envolvem tentativa e erro. O pensamento estratégico é apenas o início de um processo muito maior a ser desenvolvido. Muitas vezes as ideias podem dar errado ou não chegarem a ser implementadas.

O importante é manter a mente saudável e pronta para pensar de forma estratégica em várias situações, aumentando também a taxa de acertos em suas análises. 

Atinja as metas da sua empresa alinhando todas as ações em torno do mesmo objetivo

Além do pensamento estratégico, o sucesso também está ligado ao uso de ferramentas estratégicas. Soluções que automatizam o gerenciamento, permitem que os colaboradores usem o seu tempo para pensar de forma estratégica, em vez de preencher planilhas.

Veja no vídeo abaixou como as ferramentas podem te auxiliar no planejamento estratégico:

Conheça também o STRATWs One, um software de gestão ideal para integrar todos os dados da sua empresa, facilitando a tomada de decisões e otimizando o trabalho de todos os setores.

Deixe um comentário


O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *