Metodologias de Gestão

Novas ferramentas de gestão: 5 dicas para implementar na sua empresa e conduzir melhor os negócios

Novas ferramentas de gestão: 5 dicas para implementar na sua empresa e conduzir melhor os negócios

Publicação : 30/09/2020

Por Siteware Siteware

8 min

Como anda a sua gestão de negócios?

Gerenciar uma empresa é algo, no mínimo, desafiador, seja ela de pequeno, médio ou grande porte. Tendo isso em vista, é necessário estar atento às tendências que chegam na intenção de facilitar a gestão do seu modelo de negócio.

Para te ajudar, separamos aqui 5 novas ferramentas de gestão para você conhecer e tentar implementar na sua empresa:

  1. Plataformas de Big Data para gestão por dados
  2. Sistemas com Inteligência Artificial
  3. Employee Experience
  4. Sistemas de integração organizacional
  5. Cloud Data Analytics

Continue a leitura e saiba como esses instrumentos podem te ajudar a promover uma gestão mais eficiente e alavancar resultados.

5 novas ferramentas de gestão que merecem a sua atenção

1. Plataformas de Big Data para gestão por dados

Iniciando a nossa lista de novas ferramentas de gestão, temos as plataformas de Big Data.

Em resumo, podemos definir o Big Data como o uso de um grande volume de dados sobre os clientes, o mercado e sobre a própria empresa para obter informações relevantes padrões de consumo, características e preferências do público-alvo, comportamento dos colaboradores etc.

O Big Data é uma tendência na gestão por dados e que vem ganhando cada vez mais força nos últimos anos. As empresas estão utilizando esse tipo de ferramenta para identificar oportunidades de negócio e obter insights valiosos que vão orientar as tomadas de decisão estratégicas.

Leia também: Ferramentas de Big Data: 5 principais para começar a ter insights sobre os dados da sua empresa

2. Sistemas com Inteligência Artificial

A inteligência artificial é outra tendência que veio para ficar. É cada vez mais comum o uso de sistemas inteligentes com capacidade de processar informações e executar tarefas de maneira automática.

Por exemplo, os chatbots são robôs conversacionais dotados de inteligência artificial muito utilizados para otimizar o atendimento ao cliente e também o atendimento interno aos próprios colaboradores.

Há também os softwares de gestão com IA que automatizam, por exemplo, a emissão e o envio de notas fiscais, o acompanhamento do estoque e a geração de relatórios financeiros.

Os sistemas de Inteligência Artificial também conseguem identificar padrões nos dados processados e fazer sugestões para os usuários.

Veja mais: Inteligência artificial para vendas: usando a tecnologia para organizar processos e alavancar resultados

A Inteligência Artificial é um dos vetores da transformação digital, saiba mais sobre essa revolução nas empresas neste webinar gravado:

3. Employee Experience

A Employee Experience, ou experiência do funcionário, é uma importante ferramenta para a manutenção da produtividade do seu modelo de negócio.

Além de preocupar com a experiência dos clientes em todos os pontos de contato com a sua marca, é extremamente importante dar a devida atenção às percepções que os colaboradores têm da sua empresa e à maneira com que eles se relacionam com o ambiente de trabalho.

Procure oferecer uma boa infraestrutura e a possibilidade de flexibilizar a carga horária.

Além disso, dê autonomia para que eles possam exercer suas atividades de maneira criativa e inovadora e opinar sobre o que pode ser melhorado na empresa e nas rotinas organizacionais.

Veja também: O que é People Analytics e as vantagens dessa metodologia para a gestão estratégica de pessoas

Confira mais sobre People Analytics aqui:

4. Sistemas de integração organizacional com business intelligence

Empresas que investem na integração de seus diferentes departamentos tendem a se destacar mais no mercado.

A ideia de cada setor operar de maneira totalmente isolada e sem o compartilhamento de dados estratégicos tem ficado para trás.

Nesse sentido, se faz cada vez mais necessária a implementação de sistemas capazes de promover a centralização desses dados e integrar os setores-chave da organização.

Com um software CRM, por exemplo, é possível alinhar os departamentos de marketing, vendas e atendimento. Os 3 terão acesso às mesmas informações sobre os clientes, como histórico de relacionamento, interações com a empresa e estágio em que eles se encontram no funil de vendas.

Mas, além do CRM, se a empresa contar com um software financeiro, um de gestão de RH, outro de análise de dados, mais um referente ao tráfego em seu site, blog e mídias sociais, e assim por diante, e mantiver tudo isso integrado, conseguirá tratar esses dados para obter insights muito valiosos..

Assim, os sistemas de integração organizacional com business intelligence promovem muito mais que a mera troca de dados entre departamentos, mas uma análise inteligente com base em informações provenientes de diversa fontes, inclusive outras, externas a empresa.

E, com isso, é possível prever cenários e construir planejamentos estratégicos muito mais eficientes e precisos.

Dessa forma, aumenta-se a assertividade nas tomadas de decisão e na definição de estratégias.

Veja mais neste vídeo:

5. Cloud Data Analytics

Por fim, encerrando a nossa lista de novas ferramentas de gestão, temos o Cloud Data Analytics.

Trata-se da análise de dados hospedados na nuvem com o intuito de aprimorar as soluções oferecidas e os processos internos, se antecipar da concorrência e tornar a gestão de negócios mais eficiente.

Para isso, utiliza-se a tecnologia de cloud computing, o que garante maior segurança aos dados que não serão armazenados em servidores físicos.

Bom, essas foram as nossas dicas de novas ferramenta de gestão. Implemente-as na sua empresa e conduza o seu modelo de negócio com maior eficiência.

Leia mais: Transformação digital nas empresas e sua importância para o desenvolvimento do negócio

O STRATWs One é um software de gestão de performance corporativa que reúne dados para que você possa analisar o desempenho de pessoas, equipes, processo, departamentos e a empresa como um todo, dessa forma, a tomada de decisão é muito mais eficiente.

Veja algumas das vantagens que o fizeram ser escolhido por mais de mil empresas:

  • Compartilhar KPIs com agilidade e transparência;
  • Potencializar a governança corporativa;
  • Gerenciar riscos e analisar cenários;
  • Usar a meritocracia e a gestão à vista para motivar e gerenciar equipes;
  • Empregar as principais metodologias de planejamento estratégico como BSC, OKR e SWOT;
  • Integrar pessoas, operação e estratégia;
  • Encontrar oportunidades de melhoria;
  • Facilitar a troca de informação e a comunicação entre departamentos;
  • Focar na busca dos resultados que sua empresa procura alcançar.

Quer mais dicas sobre tendências e ferramentas de gestão? Então este e-book vai interessar a você: [E-book] Metodologias Ágeis para gestão: quais são as principais e como aplicar?

Deixe uma resposta


O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *