Logo siteware
  Processos

3 exemplos de indicadores de eficiência e eficácia para otimizar o uso dos seus recursos

3 exemplos de indicadores de eficiência e eficácia para otimizar o uso dos seus recursos

Publicação: 15/03/2019

Por Siteware

8 min

exemplos de indicadores de eficiência e eficácia
exemplos de indicadores de eficiência e eficácia

(Clique no player para o ouvir a narração do nosso post sobre exemplos de indicadores! Deixe nos comentários o que achou.)

 

Saber o resultado que uma empresa está conseguindo alcançar é fundamental para avaliar o seu nível de sucesso na operação.

Afinal, quem não sabe para onde está indo, não tem como chegar a lugar nenhum. É como tentar encontrar seu rumo sem um mapa e sem uma bússola.

Você precisa saber como sua empresa está se saindo hoje para poder fazer ajustes, caso perceba que, assim, não vai alcançar seus objetivos no futuro.

E nada disso é possível sem uma indicação do retorno que cada ação e atividade está trazendo. É por isso que você precisa conhecer alguns exemplos de indicadores de eficiência e eficácia.

Mas o que é eficiência, afinal? E eficácia?

Eficácia e eficiência são duas coisas diferentes para a gestão estratégica.

  • A eficiência se refere à qualidade das operações internas de uma empresa.
  • A eficácia é o termo usado para se referir ao impacto causado pela organização sobre os clientes finais.

Pode-se dizer que quem é eficiente faz as coisas direito e quem é eficaz faz as coisas certas.

Percebe como é fundamental conhecer os indicadores que estão por trás desses resultados?

Então, não perca mais tempo e conheça agora os 3 melhores exemplos de indicadores de eficiência e eficácia.

Quer conhecer outros tipos de indicadores? Então, assista a este vídeo exclusivo do nosso canal no YouTube:

https://www.youtube.com/watch?v=hLk5nYHL67Q

O que é um indicador?

Os indicadores são métricas específicas que podem ser calculadas e medidas pelas empresas para avaliar o resultado que está conseguindo alcançar em determinado processo.

Eles podem ser utilizados para avaliar diversas ações e com objetivos diferentes de uma organização.

No geral, eles também são conhecidos como KPIs (Key Performance Indicators), os indicadores-chave de desempenho.

Na prática, os KPIs auxiliam uma organização a definir e medir o progresso em direção às metas e objetivos organizacionais.

Assim que a empresa tiver definido seus objetivos, ela precisa medir o progresso em direção a eles. E os KPIs fornecem justamente essa ferramenta de medição.

Saiba mais: O que é BPO e como ele ajuda a focar nos objetivos estratégicos do negócio

O que são os indicadores de eficiência e eficácia?

Agora que você entendeu de forma preliminar o que é eficiência e eficácia, é hora de pensar de maneira mais específica.

Por isso, para conhecer os exemplos de indicadores de eficiência e eficácia, é preciso ir um pouco mais a fundo nesses dois conceitos.

Eficácia é a relação entre os resultados esperados e os resultados obtidos. Por isso, a melhor maneira de reconhecer a eficácia é analisando os resultados esperados em relação aos alcançados.

Já a eficiência é a relação entre os resultados alcançados e os recursos utilizados. Para tornar os processos melhores dentro da organização, é importante usar a menor quantidade de recursos, mas continuar trazendo os resultados desejados.

Podemos dizer que a eficiência é usar o mínimo de recursos, mantendo o foco nos processos e reduzindo custos.

A eficácia se concentra no produto e nos benefícios que pode criar, o resultado final.

Mas como encontrar os exemplos de indicadores de eficiência e eficácia?

Primeiro, você precisará definir objetivos, e então descobrir quais indicadores você pode usar para avaliar até que ponto eles foram alcançados.

Esses exemplos vão ajudar a entender quais dados coletar para medir esses indicadores.

3 exemplos de indicadores de eficiência e eficácia

1- Número de clientes inadimplentes: eficiência

De que adianta vender muito, atingir uma meta, mas depois não receber dos clientes? Uma inadimplência muito alta indica ineficiência.

Pensando na saúde financeira do negócio, que talvez seja o indicador principal para analisar os resultados da empresa como um todo, é fundamental acompanhar o número de clientes inadimplentes.

2- Custos totais da empresa: eficiência

Se a empresa alcança seus objetivos, mas faz isso com custos excessivos, isso indica que não está sendo eficiente.

Como vimos, a eficiência da operação está diretamente ligada a custos e uso de recursos. É por esse motivo que os custos totais da empresa devem ser considerados como um dos principais exemplos de indicadores de eficiência.

Será que aumentando um pouco mais a produção o custo unitário dos produtos não vai cair? E o seu fornecedor atual é o que possui o melhor custo benefício do mercado?

Você só vai obter essas respostas a partir do momento que começar a medir cada um deles e encontrar qual a melhor forma de otimizar os recursos.

3- Rentabilidade geral: eficácia

Se o objetivo da empresa é gerar lucro para os acionistas, este é um indicador de eficácia.

Os cálculos de vendas geradas e do lucro para a empresa precisam entrar na lista de indicadores de eficácia, mas não de forma isolada. Eles precisam ser avaliados no momento de calcular a rentabilidade geral.

Para fazer o cálculo de rentabilidade, é bem simples:

Basta dividir o volume total de vendas gerado pela empresa pelo lucro final que foi alcançado.

Um exemplo: se uma empresa conseguiu vender R$ 200.000,00 dentro de um ano e o seu lucro final, já retirando tudo que foi pago para arcar com custos operacionais, impostos e compra de matéria-prima, por exemplo, foi de R$ 30.000,00, a lucratividade dessa empresa foi de 15%.

Não existe um percentual perfeito para todas as empresas. Cada setor e mercado se comporta de maneira diferente. Mas quanto maior a rentabilidade, maior será o nível de sucesso que a organização consegue alcançar.

Veja também: Os 7 principais indicadores financeiros hospitalares e sua importância para a gestão

O STRATWs One é um software de gestão de performance corporativa. Ele é ideal para quem quer ter acesso em tempo real a seus indicadores de desempenho. Assim, é possível detectar oportunidades de melhoria e tornar os processos mais eficientes e eficazes.

 

Revolucione a gestão da sua empresa com o STRATWs One

Daniella DoyleJornalista e Publicitária de formação, está no mercado há mais de 15 anos com foco em gerar resultados para empresas B2B por meio de estratégias online e offline. Adora uma nova tendência e trabalhar com métricas e metas. É gerente de marketing na Siteware e, quando sobra um tempinho, aproveita para tricotar e pintar!

Quer saber como monitorar seus KPIs? Então, baixe nossa ferramenta gratuita: PLANILHA – Acompanhamento de indicadores de desempenho