Liderança

Formando equipes vencedoras: Conheça os segredos de liderança de 3 grandes CEOs

Formando equipes vencedoras: Conheça os segredos de liderança de 3 grandes CEOs

Publicação : 11/11/2014

Por Siteware

5 min

equipes vencedoras
equipes vencedoras

Liderar é um desafio diário. A cada reunião, e-mail e telefonema, muita coisa pode mudar. Decisões que podem alterar o rumo de uma equipe ou até mesmo de uma empresa são tomadas a todo instante. Líderes espalhados pelo mundo todo enfrentam a mesma dificuldade: como estruturar equipes vencedoras.

Não basta encontrar e reunir talentos. O dever de um líder é guiar seus colaboradores oara que consigam produzir com qualidade, perceber o valor do próprio trabalho e lutar pelos interesses da empresa.

Neste post vamos revelar três segredos sobre liderança de grandes CEOs de empresas de incrível sucesso, confira!

3 segredos de liderança para quem está formando equipes vencedoras

1- Para promover uma boa liderança: delegar é preciso

Líderes de verdade  reconhecem a necessidade de contratar pessoas qualificadas para todas as áreas da empresa. Realizar uma tarefa sem a devida expertise ou know how é, sem dúvida, uma perda de tempo e de dinheiro. Descentralize o trabalho, delegue atividades aos seus colaboradores e contrate pessoas capacitadas e especializadas para cumprir tais demandas.

Importantes CEOs do mundo organizacional são unânimes quanto à necessidade de delegar atividades.

Howard Schultz – CEO do Starbucks

“Logo no início, percebi que teria que contratar pessoas mais inteligentes e mais qualificadas do que eu em uma série de campos diferentes, e fui obrigado a deixar de tomar um monte de decisões. Não consigo dizer como isso foi difícil. Mas se você consegue imprimir seus valores nas pessoas ao seu redor, você pode confiar que irão fazer os movimentos certos”. 

cta-grande-meio-post-guia-gestor-siteware.fw

2- Inspire seus colaboradores

Com o tempo, o ambiente de trabalho torna-se cansativo e os colaboradores ficam desmotivados, especialmente se não houver uma liderança ativa e presente. Uma das principais obrigações de um líder é manter a equipe motivada e concisa, independentemente da situação vivenciada, seja uma crise ou um momento de calmaria (pouco provável).

O emblemático e mundialmente conhecido Jack Welch foi CEO da gigante General Eletric por 20 anos e hoje está aposentado. Atualmente, realiza palestras por todo o mundo ensinando tudo que sabe sobre gestão e liderança de equipes vencedoras.

Jack Welch – General Eletric (GE)

“Líderes são pessoas que inspiram com uma clara visão de como as coisas podem ser melhoradas. Seja aquele que energiza, que excita e que inspira, ao invés de ser um gerente que irrita, que deprime e que controla.”

3- Não seja motivado apenas por números

Talvez essa seja a revelação mais ambígua, considerando a relevância dos resultados no mundo atual. Apesar de demonstrarem comprometimento, dedicação e todo o trabalho realizado por equipes vencedoras, na opinião do fundador e ex-CEO da Apple, Steve Jobs, um líder não pode ser motivado apenas por números.

Segundo Jobs, a melhor maneira de liderar seus colaboradores é criar um senso de grandiosidade em todos os projetos, evidenciando que o resultado do trabalho fará a diferença, será significativo e relevante para o mercado.

Steve Jobs – Fundador e ex-CEO da Apple

“A minha paixão tem sido construir uma empresa duradoura onde as pessoas são motivadas a fazer grandes produtos. Todo o resto é secundário. Claro, é ótimo obter lucros, porque isso é o que nos permite desenvolver grandes produtos. Mas os produtos e não os lucros são a motivação.”

Ser o líder que sua equipe espera não é uma tarefa fácil. A liderança é um conjunto de habilidades, características e atitudes. Para motivar colaboradores e criar um time focado em um grande objetivo pode dar trabalho, mas os resultados são surpreendentes e compensadores.

Que achou dessas dicas e segredos de liderança para a formação de equipes vencedoras? Em sua empresa, como a liderança lida com a formação de equipes? Compartilhe conosco nos comentários.