Mas afinal, qual é o papel do RH no Planejamento Estratégico?

CONTEÚDO

RH no Planejamento Estratégico

CONTEÚDO

Um dos principais desafios para a gestão de Recursos Humanos é destacar e fomentar a importância em investir no capital humano dentro das organizações. Embora muitos gestores de RH saibam da importância, conseguir argumentar que o seu time pode ajudar a empresa a conquistar os objetivos estratégicos pode ser um obstáculo tortuoso. Por isso, estou aqui para trazer para você o papel do RH no Planejamento Estratégico.

Primeiramente, é importante destacar que o Planejamento Estratégico não é um plano operacional, mas sim um documento com uma visão de médio e longo prazo que vai definir as prioridades da empresa pelos próximos meses.

Mas como alinhar essa visão com as necessidades futuras das pessoas? Bem, continue aqui que eu te ajudo!

Você também pode se interessar:

Por que investir em Recursos Humanos está alinhado com o Planejamento Estratégico?

Alguns especialistas destacam que o bem mais precioso de uma empresa é o capital humano. Mesmo que a IA tenha chegado no mercado e tornado obsoleta algumas profissões, que precisam se modernizar, a mão de obra ainda é o principal responsável pelos resultados alcançados.

Uma empresa que possui uma alta taxa de turnover, por exemplo, precisa lidar com gastos desnecessários e que poderiam ser evitados, caso a gestão de talentos atuasse tanto no desenvolvimento das pessoas, como também na contratação de destaques do mercado.

Dessa forma, se no passado a área de Recursos Humanos era responsável apenas pela folha de pagamento, benefícios e em repor talentos. Hoje, muitas empresas já entenderam a importância do RH no Planejamento Estratégico.

Se o time de Recursos Humanos sabe da necessidade de contar com um profissional especializado para uma vaga que vai ser necessária apenas daqui a 3 meses, por conta de um novo setor que será aberto, o processo seletivo não precisará ser corrido e haverá tempo para selecionar os melhores profissionais ou até buscar em outras empresas, por exemplo.

planejamento estratégico

Como é possível alinhar o RH no Planejamento Estratégico?

Destacando que será preciso levar em consideração as peculiaridades de cada organização, existem algumas ações que podem ajudar o RH a atuar no Planejamento Estratégico. São elas:

1- Integração com os outros líderes

Em primeiro lugar, é fundamental que o setor de Recursos Humanos estabeleça uma parceria de mão dupla no planejamento estratégico. Para isso, o RH deve assumir total responsabilidade por integrar os colaboradores, ideias e ferramentas, demonstrando sua capacidade de liderar e desenvolver as pessoas.

Dessa forma, os demais líderes e C-Levels poderão entender como o RH também pode ajudá-los, passando a envolvê-los mais nas decisões estratégicas.

2- Entendimento das soluções, mercado e indicadores

Em segundo lugar, é imprescindível que o RH no Planejamento Estratégico demonstre uma compreensão profunda do negócio da organização. Para isso, deve ter entendimento dos indicadores financeiros básicos, além do conhecimento detalhado sobre os produtos e concorrentes presentes no mercado, por exemplo.

3- Proatividade e visão de mercado

Em terceiro lugar, o RH deve estar atualizado com as tendências modernas de gestão de recursos humanos. Uma organização competitiva requer uma equipe de RH altamente qualificada e proativa. Ou seja, o RH no Planejamento Estratégico não pode atuar passivamente. Para isso, é necessário monitorar constantemente o mercado em busca de novas tendências, desenvolver novas abordagens e inovar nas práticas tradicionais.

4- Adaptação às novas necessidades

Quarto, o RH deve dominar a arte de conectar o plano estratégico com a realidade do negócio. O plano estratégico oferece direções estratégicas para a organização, mas não entra em detalhes. Dessa forma, é responsabilidade do RH compreender essas direções e traduzi-las em iniciativas e etapas concretas.

Ninguém traduzirá as direções para o RH, mas a avaliação do RH será feita com base na aderência às direções, não apenas nas iniciativas. Por isso, é essencial que o RH obtenha o apoio da alta administração para suas iniciativas, pois nem todas estarão explicitamente descritas no plano estratégico. O papel do RH é fazer a tradução correta e garantir a efetiva implementação do plano.

5- Inovação

Quinto, o RH no Planejamento Estratégico precisa demonstrar habilidades para superar obstáculos. A implementação de um plano estratégico nunca é fácil e muitos desafios podem surgir durante as várias etapas do processo.

É necessário, por exemplo, conduzir discussões, tomar decisões difíceis e permanecer focado nas iniciativas certas para o futuro da empresa. Para isso, o RH deve estabelecer alianças estratégicas com outros líderes e gerentes para impulsionar o melhor caminho.

É natural que alguns colaboradores se mostrem céticos em relação às soluções propostas para o futuro, e, nesse sentido, o RH deve liderar a comunicação e atuar como agente de mudança.

RH no Planejamento Estratégico: por onde começar dentro da minha empresa?

Uma dificuldade comum para a liderança dos Recursos Humanos é o afastamento dela dos demais líderes e executivos da empresa. Nesse cenário, com pouca ou nenhuma abertura para criar conexão com os C-Levels, o melhor caminho é buscá-la ao falar a língua que eles entendem: dados e informações.

É possível, por exemplo, levantar o Retorno Sobre Investimento (ROI) ao realizar um investimento na área de recursos humanos. Nesse caso, é possível, com a ajuda do time financeiro, realizar um levantamento de quanto foi gasto pela empresa com demissões no último ano e como esse dinheiro poderia ser melhor investido, como em benefícios, por exemplo.

Para complementar essa visão, um estudo da consultoria Robert Half trouxe dados que apontam que 99% dos profissionais levam os benefícios corporativos na hora de escolher um local para trabalhar. Ou seja, se o dinheiro gasto tivesse sido aplicado em melhorias para o setor de Recursos Humanos, além de ter evitado várias saídas, a satisfação dos colaboradores poderia ser maior.

Outra forma de começar a conexão do RH no Planejamento Estratégico é por meio de acompanhamento de indicadores que se conectam com os objetivos estratégicos. Ao entender quais são os objetivos macro da empresa para o próximo semestre, é possível mapear quais ações no capital humano podem apoiar a empresa a alcançá-los.

Para isso, será necessário identificar os indicadores de RH que fazem sentido e acompanhá-los junto à equipe.

Próximos passos

Agora que você entendeu como é possível conectar o RH no Planejamento Estratégico da empresa, que tal contar com um ambiente digital que te ajuda nesse processo?

O STRATWs é uma solução desenvolvida para conectar os objetivos estratégicos da empresa às pessoas. Nele, por meio de uma visualização amigável do mapa estratégico, é possível realizar o acompanhamento dos indicadores e metas, criar planos de ação e ainda conectar os resultados à gestão de talentos, garantindo que pessoas se desenvolvam e sejam protagonistas nos seus resultados.

Solicite agora mesmo uma demonstração gratuita e implemente uma gestão de talentos conectada na sua empresa.

stratws one