Logo siteware

Scrum: saiba o que é, e qual objetivo dessa metodologia!

CONTEÚDO

Publicação:
Publicação:
método scrum

CONTEÚDO

(Clique no player para ouvir a narração do nosso post sobre as ferramentas para Scrum! Deixe nos comentários o que achou.)

As empresas na atualidade são regidas cada vez mais por resultados no gerenciamento de projetos, e para que eles sejam alcançados rapidamente, uma boa metodologia é o Scrum.

Essa é uma ferramenta muito interessante que deriva do manifesto ágil, e por isso há quem diga que o Scrum é até mesmo uma parte da metodologia ágil, sendo que todos os processos são muito bem definidos.

Ao aplicar essa metodologia, a empresa consegue ter mais agilidade nas reuniões diárias e na apresentação dos resultados obtidos em cada etapa do processo, além de uma maior sincronização entre todos os participantes.

Portanto, se você quer saber o que é o método Scrum, e como aplicá-lo no desenvolvimento de um produto ou software esse artigo é para você.

O que é o método Scrum?

método scrum

O Scrum é uma metodologia derivada do manifesto ágil, um movimento de modernização do processo de desenvolvimento de softwares. Por esse motivo, ele foi originalmente criado para o gerenciamento e planejamento de projetos de criação de sistemas.

Trata-se de uma estrutura processual padronizada, com uma série de agentes e atividades próprias (um framework), simples e prática de ser usada para gerenciar projetos complexos.

Fundamentada no empirismo – conjunto de conhecimentos adquiridos pela experiência e pela prática – a metodologia ágil Scrum reconhece a experiência como guia seguro.

Ou seja, as decisões partem daquilo que já foi vivido e as ideias surgem por meio de observações e experimentos. Tudo que é criado é testado com ajuda de um usuário final.

Só depois de se certificar de que essa funcionalidade ou inovação realmente atende às necessidades dos clientes, é que se segue para o próximo passo.

Pouco a pouco, esses ganhos incrementais certeiros se avolumam e se transformam na solução ideal que seu cliente deseja, criando-se um produto perfeito.

Atualmente o Scrum não se restringe mais unicamente ao gerenciamento de projetos de softwares. Sua metodologia é tão assertiva que tem sido usada em diversas áreas e em qualquer tipo de empresa.

O desenvolvimento de produtos em geral é um dos campos que mais se beneficia do uso de ferramentas de Scrum.

Qual o objetivo do Scrum?

Dentre os principais objetivos do Scrum, um deles é deixar as reuniões diárias mais rápidas, além de mostrar o trabalho de uma forma visual, facilitando o entendimento de todos os participantes da reunião.

É fato que muitas empresas perdem um tempo precioso dos seus funcionários em reuniões com apontamentos sobre o que está sendo feito, o que já foi concluído e o que está parado.

Ao criar um registro visual para demonstrar o andamento das tarefas, a reunião se tornará muito mais rápida e ágil, fazendo com que todos possam ver o trabalho com muito mais clareza.

Vale dizer que para cumprir os seus objetivos é essencial que as equipes sejam pequenas (de até 10 pessoas), pois isso ajuda em termos de agilidade e melhora a produtividade de todo o time.

Qual é a diferença entre metodologia ágil e scrum?

A principal diferença entre metodologia ágil e scrum é que a primeira tem por finalidade resolver um problema da maneira mais rápida possível, enquanto  o scrum serve para organizar uma equipe para desenvolver um produto mais rapidamente.

Em resumo, o Scrum é um framework de custo livre que faz com que de maneira fácil, as empresas consigam desenvolver e manter os produtos em um complexo com ambientes dinâmicos.

Já a metodologia ágil surgiu em 2001 por meio do Manifesto Ágil para Desenvolvimento de Software, sendo que esse manifesto possui 4 valores:

  • Interações de indivíduos acima de processos;
  • Serviços de software acima de documentação abrangente;
  • Colaboração de clientes acima de negociações;
  • Resposta a mudança acima de um plano definido.

De forma resumida, o Ágil é uma mentalidade que uma empresa para sobreviver como organização precisa de flexibilidade, já o Scrum seria a resposta rápida dentro desse dinamismo.

Quais são as etapas do Scrum?

método scrum

O Scrum é basicamente desenvolvido em três etapas: planejamento, desenvolvimento e entrega final, sendo que dentro de cada uma delas existem algumas fases que ocorrem normalmente.

1- Planejamento

Na etapa de planejamento todos os requisitos iniciais são descritos e armazenados no Product Backlog. Ou seja, é onde a equipe passa a entender como será o projeto em sua essência.

Posteriormente, os requisitos são ordenados e agrupados em um Sprint Backlog, sendo nessa etapa feita a divisão desses requisitos, bem como a função de cada um dentro do desenvolvimento do produto.

Depois é feita uma estimativa inicial de esforço e então uma arquitetura inicial para o desenvolvimento do produto em questão é proposta para que se comece a colocá-lo em prática.

2 – Desenvolvimento

Uma vez que a proposta seja aprovada, o software ou qualquer outro produto passa a ser desenvolvido em ciclos, também conhecidos como sprints. Cada ciclo pode ter um tempo variando de duas semanas a um mês.

Durante esses ciclos são feitas reuniões diárias com o objetivo de acompanhar os problemas, bem como o andamento das tarefas. Vale destacar que cada sprint pode seguir atividades semelhantes a um processo tradicional.

Isso quer dizer que são feitas análise de requisitos, projeto, implementação e testes em cada um dos sprints para então seguir ao sprint seguinte.

3 – Entrega Final

Por fim, a última etapa é a entrega final e é nela que é feita a integração e os testes finais, preparando toda a documentação dos usuários. Nessa etapa a equipe se reúne com a finalidade de:

  • analisar os resultados do projeto;
  • identificar problemas para que não ocorram em projetos futuros;
  • demonstrar e fazer a entrega do produto final.

Logo após a aprovação do cliente, é finalizado o projeto. Note que são poucas as etapas, visto que o intuito do Scrum é justamente agilizar todo o processo.

Veja em nosso blog outra metodologia ágil de gestão de equipes e projetos: Otimize processos com a metodologia Kanban

Quer conhecer outras metodologias ágeis como o Scrum? Acesse nosso vídeo no qual te contamos as principais e utilizá-las na sua empresa:

Os 3 pilares da metodologia Scrum

O Scrum é sustentado por 3 pilares:

1- Transparência

Todos os documentos e outros dados importantes para o sucesso do projeto devem estar visíveis para todos aqueles que fazem parte dele.

2- Inspeção

De tempos em tempos, é necessário fazer uma inspeção para verificar se o processo está correto, atendendo padrões de qualidade e no caminho certo.

No Scrum, normalmente, a inspeção acontece na reunião diária (Daily Scrum).

Sua equipe sabe conduzir bem uma reunião? Para trazer resultados efetivos, vocês irão precisar de um bom planejamento. Leia neste e-book como conduzir uma reunião de resultados!

Nessas reuniões as pessoas envolvidas no projeto compartilham informações e discutem assuntos como:

  • O que está sendo feito;
  • O que se pretende fazer;
  • Identificam impedimentos;
  • Definem prioridades conforme o que foi discutido e acordado em equipe.

3- Adaptação

Acontece após o momento em que a inspeção é feita.

Imediatamente ações são criadas e implantadas no processo para melhorá-lo.

Qualquer problema deve ser ajustado o mais rápido possível para que não haja falhas e se atenda às necessidades do cliente final.

Um modo de colocar isso em prática de forma bastante eficaz é por meio das ferramentas para Scrum.

Exemplos de Scrum na prática

Vamos imaginar que uma empresa está desenvolvendo um software e deseje aplicar a metodologia Scrum. Portanto, o primeiro passo é determinar os 3 papéis dentro do método que são:

  • Product Owner;
  • Scrum Master;
  • Time de Desenvolvimento.

O Product Owner é quem terá os poderes de liderança sobre o software final, sendo ele o único que pode decidir o que será feito e qual a ordem de prioridade.

Cabe ao PO comunicar todos os outros participantes de maneira clara o que se pretende alcançar com o projeto. 

Já o Scrum Master é quem ajudará os demais envolvidos a entender e abraçar os valores, princípios e práticas do Scrum, agindo como um braço do PO para facilitar todo o desenvolvimento do projeto.

Diferentemente do PO, o Scrum Master não tem a autoridade para exercer o controle sobre a equipe, sendo que ele age como um líder e não como um gerente.

Por fim, o time de desenvolvimento precisa ser definido com as funções bem claras, sendo que o ideal é a criação de uma equipe de no máximo 10 pessoas para facilitar o autogerenciamento.

Com tudo definido, começa o processo de planejamento do software. Essa é a primeira etapa e é nela que todas as funções dos membros precisam ser bem delimitadas.

Com o projeto aprovado, ele para a etapa de execução sendo dividido em vários sprints com as reuniões acontecendo diariamente. Por fim, após a conclusão, ele finalmente chega ao final e é entregue para o cliente aprová-lo ou não.

Ferramentas para Scrum: como gerenciar seus projetos?

Agora chegou o momento de falar sobre as ferramentas para Scrum. Até porque, ficar pendurando post-its em um mural não está com nada, não é mesmo?

Inicialmente era assim que se gerenciavam projetos Scrum e, em alguns lugares, muitas pessoas ainda gostam disto.

No entanto, informações importantes podem ser perdidas a qualquer momento por estarem expostas dessa frágil maneira.

O gerenciamento de projetos é uma tarefa que exige planejamento.

E já que estamos vivendo a transformação digital, a versão virtual da metodologia Scrum fica muito mais fácil e prática de organizar tarefas e trabalhar em equipe com mais eficiência.

Para ajudar os profissionais, muitas ferramentas para Scrum, gratuitas ou pagas, estão disponíveis no mercado.

10 ferramentas para Scrum gratuitas

Confira no vídeo abaixo do nosso canal do YouTube um resumo das ferramentas que apresentaremos em seguida!

As ferramentas para Scrum são feitas para otimizar os processos e o gerenciamento de equipes e projetos, trazendo mais rapidez, dinamismo e produtividade.

Todos os sites pesquisados apresentam versões gratuitas e planos pagos.

Obviamente, as versões gratuitas possuem limitações, mas são ótimas opções para times que estão começando e para empresas que querem testar quais ferramentas para Scrum de gerenciamento de projetos desejam utilizar no dia a dia.

1. Trello

Na sua versão gratuita, o Trello disponibiliza:

  • Quadros, listas, cartões, membros, checklists e anexos ilimitados;
  • Um power-up por quadro (integrações com outras ferramentas);
  • Anexos de arquivos de até 10MB do seu computador ou vinculação de qualquer arquivo do Google Drive, Dropbox, Box ou OneDrive.

2. IceScrum

Na sua versão gratuita, o IceScrum disponibiliza:

  • 1 time;
  • 1 projeto público (stakeholders);
  • 3 apps;
  • 100MB de armazenamento.

3. Scrumhalf

Na sua versão gratuita, o Scrumhalf disponibiliza:

  • 1 projeto;
  • 2 usuários;
  • Quadro Kanban drag-and-drop;
  • Integração Dropbox;
  • Relatórios.

4. PangoScrum

A versão “PangoScrum Beta” é gratuita e oferece:

  • Gerenciamento do Product Backlog;
  • Planejamento de sprints;
  • Monitoramento de progresso;
  • Agendamento de eventos.

5. Taiga

Na sua versão gratuita, a Taiga oferece:

  • Até 3 membros em projeto privado;
  • 1 projeto privado;
  • Projetos públicos ilimitados;
  • Até 300MB de armazenamento em projetos privados.

6. Mingle

Na sua versão gratuita, a Mingle oferece:

  • 5 usuários gratuitos;
  • Chat;
  • Integração com código-fonte;
  • Relatórios de progresso, gráficos de previsão e análise de tempo de ciclo, etc.

7. MeisterTask

O plano básico é gratuito e inclui:

  • Projetos e tarefas ilimitados;
  • Projetos com membros ilimitados;
  • Dashboards e painéis de projeto customizáveis;
  • 2 integrações com seus apps favoritos;
  • Limite de 20MB para arquivos anexos;
  • Aplicativos móveis.

8. Asana

Na sua versão gratuita, a Asana oferece:

  • Tarefas, conversas e projetos ilimitados;
  • Até 15 membros de equipe;
  • Painéis básicos;
  • Busca básica.

9. Wrike

Na sua versão gratuita, o Wrike oferece:

  • 5 usuários gratuitos;
  • Compartilhamento de arquivos;
  • Gerenciamento de tarefas;
  • Atualizações em tempo real;
  • Integrações (Google Drive, Dropbox, Box, Microsoft Office 365, OneDrive e iCal);
  • Aplicativos para Android e IPhone;
  • 2GB de armazenamento.

10. YouTrack

Na sua versão gratuita para projetos abertos, o YouTrack oferece:

  • Até 10 usuários gratuitos;
  • 5GB de armazenamento;
  • Rastreamento de bug e issue;
  • Geração de relatórios (gráficos de Burndown, QA, relatórios de distribuição de issue, relatórios de cronograma, etc).

Existem outras formas de gerenciar sua empresa e um portfólio e projetos.

O STRATWs ONE é um software desenvolvido pela Siteware que ajuda empresas a encontrarem oportunidades de melhoria, melhorem sua produtividade e alcançar grandes resultados.

Revolucione a gestão da sua empresa com o STRATWs One

solicitar demonstracao 4 Scrum: saiba o que é, e qual objetivo dessa metodologia!

Veja algumas dicas sobre gestão de projetos baixando nosso e-book gratuito: 10 boas práticas para gerenciamento de projetos

Um comentário

  1. Lis Rodrigues

    O ScrumHalf, na sua versão gratuita, disponibiliza todas tarefas inerentes ao Scrum, limitando apenas a dois usuários e um projeto.
    No período de ‘trial’, no decorrer de 30 dias, não há limite de usuários e projetos.

[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]