Produtividade

Processo industrial: o que é e qual a importância de implementá-lo em sua empresa

Processo industrial: o que é e qual a importância de implementá-lo em sua empresa

Publicação : 03/01/2022

Por Viviane Rodrigues

9 min

O que é processo industrial
O que é processo industrial

Por trás de todos os produtos que saem de uma indústria, desde brinquedos até um avião, existem processos que tornam toda a fabricação mais fácil e possível de ser replicada.

Em um mundo cada vez mais tecnológico, os processos passam por modificações constantes, ganhando ou perdendo etapas e usufruindo da inteligência artificial promovida pela digitalização dos maquinários.

Saiba o que é processo industrial, quais são os seus tipos e onde eles são utilizados, quais etapas compõem esses processos e como eles podem ser gerenciados. Boa leitura!

O que é processo industrial?

Processo industrial é uma série sistemática de operações que tem como função a fabricação de algum material. Essas operações podem ser de ordem mecânica, físicas ou químicas.

Diversos componentes do nosso dia-a-dia passam por uma fábrica, e o processo industrial define quais etapas serão implementadas para que a produção desse item seja a mais otimizada possível

Qual a importância dos processos industriais?

Um processo industrial bem estabelecido é fundamental para que toda a cadeia envolvida na fabricação seja implementada da forma correta.

Sem a aplicação dos processos corretos, uma empresa pode demorar mais para entregar os seus produtos, além de ter gastos desnecessários. 

Quais são as etapas do processo industrial?

As etapas do processo industrial podem variar conforme a necessidade e os produtos produzidos. Mas de maneira generalista podemos citar as seguintes fases como formadoras de um processo:

  • Recebimento da matéria-prima de maneira bruta e primeiras manipulações;
  • Condicionamento da matéria-prima;
  • Transformação da matéria-prima;
  • Conversão da matéria-prima no produto. 

Cada etapa contém dentro de si várias fases que podem ser implementadas conforme o negócio percebe a sua necessidade. Mas todas devem ser complementares, além de serem determinantes para que o produto saia como o esperado.

Quais são os tipos de processos industriais?

Podemos dividir os processos industriais em 4 categorias, que são:

Produção industrial contínua e descontínua

Um processo industrial contínuo é aquele composto por linhas de produções dedicadas a produzir um mesmo item de maneira contínua, ou seja, 24 horas, 7 dias por semana.

Esse formato de processo de produção industrial é utilizado em indústrias que possuem alta demanda e produzem peças sequências, ou seja, que vão sempre se repetir. Mesmo que contínua, a velocidade da produção pode ser aumentada ou diminuída conforme a demanda.

Um exemplo de produção industrial continua é a indústria automobilística, que possui fábricas de componentes e montadoras funcionando 24 horas.

Já a produção industrial descontínua é o oposto da contínua, nela a empresa estabelece um padrão de horários não contínuo e os itens produzidos podem mudar de tempo em tempo. A indústria de alimentos é um exemplo desse tipo de produção.

Produção industrial em lote

A fabricação em lote pode ser definida como o formato de produção industrial mais antigo, onde os produtos são fabricados conforme a demanda

Quando o mercado sinaliza a necessidade de um novo lote, as máquinas são programadas para produzir determinado produto. Assim que o lote delimitado tem a sua fabricação finalizada, as máquinas e a mão de obra podem ser programadas para realizar a produção de outro produto.

As indústrias que ainda trabalham em partes neste formato são a farmacêutica e a têxtil.

Produção industrial discreta

Na fabricação discreta uma linha de montagem também é utilizada. Entretanto, o produto a ser trabalhado muitas vezes é único, podendo enfrentar diferentes configurações na produção conforme a sua demanda.

Um exemplo desse formato de produção é a fabricação de navios. Os estaleiros que produzem essas grandes embarcações seguem uma linha de produção, porém não exercem a mesma função de produção em série, já que um item de tal tamanho dificilmente poderá ser replicado fielmente.

Produção industrial por oficina de trabalho

O processo de produção industrial por oficina de trabalho é aquele que não acontece através de uma linha de montagem, como as citadas acima. Ele usa áreas de produção específicas, onde todo o item é fabricado.

Esse processo industrial é aplicado para produtos com menor demanda, produzidos para datas comemorativas ou épocas sazonais.

Como gerenciar o processo industrial

Além de entender o que é processo industrial, é fundamental que o gestor de uma fábrica também saiba fazer a gestão de todos esses processos, alavancando a produção através da diminuição de erros, dos custos e do tempo de fabricação.

Algumas etapas são fundamentais para que o gestor não se perca em meio a tantos processos, como:

Como inovar no processo industrial

Como você viu, é papel do gestor buscar por melhorias contínuas do processo industrial de acordo com o formato de produção estabelecido na fábrica. 

Para garantir uma fabricação otimizada que acompanha os avanços tecnológicos, separamos 4 inovações para implementar na sua corporação.

Digitalização de processos

Uma indústria digitalizada, que integra os seus equipamentos com a internet – a cada vez mais conhecida internet das coisas -, tende a se transformar em uma indústria 4.0. Nela, as informações são apresentadas de maneira mais veloz, facilitando a tomada de decisões e identificação de gargalos. 

Layout de máquina

A metodologia do layout das máquinas pode ser considerada inovadora, mesmo que analógica. Ela corresponde a simplesmente estudar qual é a melhor posição para maquinário dentro da fábrica – e acredite, isso pode impactar bastante no resultado da produção. 

Sistema Lean

O sistema Lean é o conhecido sistema Toyota de produção, que visa diminuir o desperdício em sete diferentes frentes: superprodução, tempo de espera, transporte, excesso de processamento, inventário, movimento e defeitos.

Software de automatização de gestão

Para conduzir a digitalização dos processos, não basta possuir muitos dados e armazená-los de forma que dificulte sua leitura, para isso, é necessário utilizar softwares específicos que auxiliam nessa função.

Por conta disso, desenvolvemos o STRATWs One, uma solução capaz de integrar as informações de toda a sua fábrica, automatizando a gestão a partir de informações lidas por um sistema inteligente e focado no aumento da produtividade.

Com ele, sua empresa consegue:

  • Criar e acompanhar KPIs de processos, projetos e pessoas;
  • Compartilhar informações com agilidade e transparência;
  • Usar a meritocracia e a gestão à vista para motivar e gerenciar equipes;
  • Empregar as principais metodologias de planejamento estratégico como BSC, OKR e SWOT;
  • Integrar pessoas, operação e estratégia;

Facilitar a troca de informação e a comunicação entre departamentos. Clique aqui e conheça o software adotado por mais de mil empresa ao redor do mundo!

Deixe um comentário


O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *