Processos

O que são indicadores de desempenho logístico: 5 exemplos para usar em sua empresa

O que são indicadores de desempenho logístico: 5 exemplos para usar em sua empresa

Publicação : 08/07/2019

Por Siteware

11 min

O que são indicadores de desempenho logístico
O que são indicadores de desempenho logístico

Como é que você faz para saber se a sua cadeia de suprimentos está operando de maneira satisfatória, melhorando ou piorando?

Muitos gestores ainda têm dúvidas sobre a utilização de indicadores de desempenho em operações logísticas.

Quais usar? Quantos usar? Como usar? Afinal, como medir o desempenho logístico?

Se esse é o seu caso, este post foi feito para você.

Continue a leitura e descubra o que são indicadores de desempenho logístico, sua importância para os negócios e quais são os principais que você pode utilizar na sua empresa.

Este post também pode interessar a você: 6 indicadores de avaliação de desempenho de fornecedores: fique de olho neles!

E se você quer saber tudo sobre KPIs, baixe nossos materiais gratuitos:

O que são indicadores de desempenho logístico?

Os indicadores de desempenho (KPIs) logísticos são utilizados para rastrear, visualizar e otimizar todos os processos relevantes do departamento de logística. Assim, a utilização de KPIs garante que você esteja sempre avaliando sua performance em relação a um benchmark estático. Dessa forma, as flutuações se tornam imediatamente visíveis e, se o desempenho se mover na direção errada, você poderá responder rapidamente, fazendo os ajustes necessários.

Esses índices servem para mensurar o nível de serviço em diferentes processos logísticos. Com isso, mostram quais situações cruciais merecem uma maior atenção por parte dos gestores.

A definição dos indicadores de desempenho logístico vai depender das características gerais do seu negócio e da sua composição logística.

Nesse sentido, é preciso levar em consideração fatores como:

  • O estoque;
  • Os meios de transporte;
  • A segurança das mercadorias.

Se, por exemplo, o transporte da carga é feito pelas rodovias, é interessante adotar não somente a taxa de atrasos de entrega como indicador, mas também a taxa de incidentes.

Confira a seguir algumas das principais vantagens que o uso de indicadores de desempenho logístico pode trazer para o seu negócio.

Você sabe como definir KPIs? Então, confira estas dicas:

O que são indicadores de desempenho logístico

As vantagens dos indicadores de desempenho logístico

Confira algumas vantagens de usar indicadores de logística:

  • Identificação de gargalos na qualidade;
  • Redução de custos;
  • Maior produtividade;
  • Tomadas de decisão bem fundamentadas e mais assertivas;
  • Aumento da segurança;
  • Maior satisfação do consumidor final;
  • Aumento da capacidade de atendimento.

Veja também: Indicadores de gestão de estoque: confira os 6 principais e saiba como aplicá-los

5 exemplos de indicadores de desempenho logístico

Agora que você já sabe o que são indicadores de desempenho logístico e suas principais vantagens para os negócios, confira alguns exemplos de KPIs, diversos tipos que você pode implementar na sua empresa.

1 – Entregas dentro do prazo

O objetivo deste indicador é identificar possíveis problemas no seu processo de atendimento de pedidos.

Ele se refere a relação entre os pedidos entregues dentro do prazo estipulado e o total de pedidos.

Assim, quando este KPI está muito baixo, significa que há problemas processuais que precisam ser corrigidos.

Por exemplo: planejamento desatualizado, sistemas de recebimento de pedidos insuficientes para o tamanho da demanda etc.

O cálculo é o seguinte:

entregas dentro do prazo / total de entregas * 100

O ideal é manter essa porcentagem acima de 90%.

2 – Perfect Order Rate

Aqui é feito o monitoramento do grau de incidentes desde o transporte até a entrega de um pedido.

A Perfect Order Rate é outra métrica logística altamente importante quando se trata da eficiência da sua cadeia de suprimentos. Este indicador mede a quantidade de pedidos que são processados, enviados e entregues sem nenhum incidente em seu caminho.

Por exemplo: atrasos, pedidos errados, mercadorias danificadas etc.

O POR é um KPI importante, pois mostra a eficiência de sua cadeia de suprimentos e serviços de entrega. E isso leva, é claro, a clientes mais satisfeitos que, por isso, estão dispostos a voltar ou recomendar seus serviços.

Quanto maior for essa taxa, melhor será para o seu negócio. Dessa forma, você perderá menos dinheiro com devoluções de mercadorias imprecisas ou danificadas e aumentará o nível de satisfação de sua base de clientes.

3 – Tempo Médio de Entrega

Com este indicador, você consegue rastrear o tempo necessário para que um pedido seja preparado corretamente para chegar ao destino.

O Tempo Médio de Entrega é medido a partir do momento em que o pedido é feito até o momento em que é entregue ao cliente.

Ao adotar este indicador, você consegue ser mais preciso na hora de oferecer prazos para os seus clientes. Dizer, por exemplo, que um pedido chegará entre 4 e 5 dias úteis é melhor do que dizer que ele chegará entre 1 e 5 dias úteis.

Da mesma forma, precisar o horário de entrega entre 13h e 15h em vez de entre 8h e 18h é também bastante eficaz.

Este é um exemplo típico de KPI de logística para diminuir o tempo de entrega.

4 – Custos de Transporte

Acompanhe todos os custos, desde o momento do pedido até sua entrega.

O indicador de custos de transporte calcula o total das despesas envolvidas no processamento de um pedido desde o início até o final.

Para isso, recomenda-se que os custos sejam divididos em categorias distintas: o processamento de pedidos, o administrativo, o estoque, o armazenamento e, finalmente, os custos reais de transporte.

Depois de calcular tudo isso, você pode avaliar a porcentagem que cada etapa do processo representa e ver se isso é excessivo ou se está dentro da normalidade.

Você também pode calcular os custos de transporte relativo a um produto e ver quanto custa um item em comparação com a receita que ele gera.

O objetivo é diminuir os custos de transporte, mantendo uma alta qualidade de entrega.

5 – Custos de Armazenagem

Os Custos de Armazenagem referem-se ao dinheiro alocado às mercadorias transferidas para o depósito ou fora dele.

Essas despesas cobrem os custos de equipamentos e energia, como pedidos, armazenamento e carregamento de mercadorias, e também custos mais humanos, como mão de obra, remessa ou entrega.

Sendo o armazém uma área vital do seu negócio, é importante medir e revisar os custos regularmente, de modo a melhorar suas operações e avaliar essa melhoria.

Medir este indicador não é uma tarefa fácil. Mas, uma vez feito, facilitará sua gestão geral e agregará muito valor, algo que a alta administração ou os investidores irão apreciar.

De nada adianta usar indicadores se você não sabe como gerenciá-los. Por isso, confira este vídeo:

Dicas para implementar os indicadores

Mas, afinal de contas, como medir o desempenho logístico, na prática, com esses diversos tipos de indicadores na cadeia de suprimentos?

Para isso, além de saber o que são indicadores de desempenho logístico, você precisa seguir algumas boas práticas de medição de desempenho logístico.

Por isso, confira algumas dicas a serem seguidas na hora de implementá-los.

  • Certifique-se de alinhar todos os KPIs com os objetivos gerais de negócios da sua empresa.
  • Assegure-se de que cada KPI tenha um “proprietário”, seja um indivíduo ou um grupo de pessoas.
  • Projete cada KPI como uma métrica principal, capaz de auxiliar na previsão de problemas de desempenho.
  • Os KPIs devem ser acionáveis, fornecendo dados precisos e oportunos que os proprietários possam interpretar e utilizar.
  • Cada KPI deve ser fácil para seus proprietários entenderem.
  • Cada KPI deve reforçar e equilibrar os outros.
  • Nenhum KPI deve contradizer os outros.
  • Cada KPI deve ter uma meta indicando um nível de desempenho mínimo aceitável.
  • Cada KPI deve ser reforçado por incentivos ou compensações.
  • Todos os KPIs deverão ser atualizados, pois eles perderão relevância ao longo do tempo.

Gostou de saber mais sobre o que são indicadores de desempenho logísticos? Coloque-os em prática e favorece os resultados da sua empresa.

Veja também em nosso blog: Para que serve, como calcular e o que é KPI de logística

O STRATWs One é um software de gestão de performance empresarial que monitora indicadores em tempo real, de forma transparente. Assim, é possível acompanhar seus indicadores de produtividade logística – e de quaisquer outros em sua empresa – e determinar providências, caso não estejam atingindo as metas desejadas.

Veja mais algumas das vantagens do STRATWs One, software escolhido por mais de mil empresas:

  • Compartilhar KPIs com agilidade e transparência;
  • Potencializar a governança corporativa;
  • Gerenciar riscos e analisar cenários;
  • Compartilhar informações com agilidade e transparência;
  • Usar a meritocracia e a gestão à vista para motivar e gerenciar equipes;
  • Encontrar oportunidades de melhoria.

Daniella DoyleJornalista e Publicitária de formação, está no mercado há mais de 15 anos com foco em gerar resultados para empresas B2B por meio de estratégias online e offline. Adora uma nova tendência e trabalhar com métricas e metas. É gerente de marketing na Siteware e, quando sobra um tempinho, aproveita para tricotar e pintar!

Quer começar a acompanhar indicadores o quanto antes? Então, baixe nosso e-book gratuito: Crie seu dashboard de indicadores de desempenho em 3 dias

Deixe um comentário


O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *