Logo siteware

Como fazer mapas mentais: 4 passos para criar o seu na prática

CONTEÚDO

Publicação:
Publicação:
Como fazer mapas mentais

CONTEÚDO

Se você precisa, no dia a dia, organizar suas ideias e conectar os pontos entre suas atividades, certamente já ouviu falar do mapa mental e qual a sua real importância.

Essa é uma ferramenta bastante utilizada para conseguir estruturar a rotina de trabalho. Mas a grande dúvida que muitos profissionais ainda têm é como fazer mapas mentais.

Esse é o seu caso? Então, está no lugar certo! Aqui vamos apresentar um passo a passo completo de como elaborar um mapa mental e quais as melhores ferramentas para preparar o seu próprio mapa mental rapidamente.

Veja também: Mapa de ideias: um caminho seguro para ótimas soluções

Quais ferramentas utilizar para fazer um mapa mental?

Antes de saber quais são os passos que ensinam como criar um mapa mental, é importante conhecer quais são as ferramentas existentes para fazer esse processo online.

No mercado, existe uma série de opções, tanto gratuitas, que se mostram um pouco mais limitadas, quanto as pagas, que oferecem uma série de funcionalidades diferentes.

Confira uma lista das 5 melhores para começar a criar seu mapa mental:

Como fazer mapas mentais: 4 passos para achar o melhor caminho

como fazer mapas mentais

Agora que você já deu uma olhada nas opções de ferramentas para criar mapas mentais, vamos conhecer os 4 passos que você precisa colocar em prática para criar mapas mentais realmente efetivos.

1- Defina sua ideia principal

Todo mapa mental começa com uma ideia principal. Ela pode ser um tópico que você quer explorar, o tema de uma apresentação ou uma ideia que deseja desenvolver.

Essa ideia principal vai sempre representar o objetivo ou desafio do mapa mental. Por isso, deve ser representada visualmente, no centro de seu mapa. Assim, prenderá a atenção e deixará claro o que você está procurando.

A partir daí, você pode ficar livre para explorar seu mapa mental, com ramificações se expandindo para frente, lados, acima e abaixo.

Como o começo de tudo deve estar bem no meio da página, é comum ver ramificações se expandindo em todas as direções.

2- Escolha o modelo certo para o seu mapa mental

Você não precisa ser um designer gráfico para criar um bom mapa mental. Com a seleção de modelos de mapas mentais (criados por profissionais) que todas as ferramentas disponibilizam, qualquer pessoa pode criar um em pouco tempo.

Todas elas já fizeram todo o trabalho de design pesado para você. O foco agora é tentar implementar a sua ideia dentro do modelo com apenas alguns cliques.

Quando você pensa em como montar um mapa mental, não precisa se preocupar muito com espaçamento, nem com a escolha de fontes ou da paleta de cores.

Mas é importante buscar uma opção que facilite seu trabalho e faça a criação do mapa mental se tornar algo prazeroso.

3- Adicione os tópicos mais importantes relacionados à ideia

Pense na sua meta mais importante ou desafio de alto nível que está colocado no centro do seu mapa mental.

Quais são as chaves, os elementos mais importantes para o que você está tentando alcançar? São esses pontos que deve colocar logo em seguida, como as primeiras ramificações do mapa.

Vamos para um exemplo prático: se você estiver criando uma estratégia de marketing, pontos como uso de mídias sociais, blogs e landing pages não aparecerão agora no mapa.

Você começaria com a definição da mensagem e do público, antes de mergulhar nos detalhes das ações.

É importante pensar nas perguntas-chave a serem respondidas. Assim, você fornece uma visão do assunto que está trabalhando no mapa mental.

Comece sempre com os itens de alto nível – macro – para, em seguida, passar para os mais detalhados.

4- Inclua quantas ideias ou pontos quiser

Não há limites para a sua criatividade quando se pensa em como fazer mapas mentais. Você pode facilmente adicionar quantos pontos, links, imagens ou ideias quiser ao seu mapa mental usando as ferramentas.

A cada nova ideia, imagem ou link, adicione novas ramificações terciárias, quaternárias etc.

Em determinado momento, alguns dessas ideias ou imagens serão comuns a vários ramos. É nesse momento que seu mapa mental começará a dar as pistas sobre as soluções que você procura.

Tudo isso pode ajudar no seu dia a dia para definir um plano de ação ou cumprir com determinada atividade.

Ainda na dúvida de como montar um mapa mental? Então, confira este vídeo:

https://www.youtube.com/watch?v=CZwMOdN5hyY

Técnicas que devem estar presentes no seu mapa mental

Existem alguns pontos e técnicas que devem ser lembrados ao criar um mapa mental. Eles ajudam a definir boas ramificações e a ter a melhor estrutura possível para visualizar seu mapa mental.

Confira os principais:

  • Lembre sempre da hierarquia: seus tópicos principais são incorporados ao mapa por linhas que chegam do centro e depois geram novas ramificações a partir delas;
  • Use imagens e cores: assim você melhora e estimula a capacidade visual e criativa do seu cérebro;
  • Use palavras-chave em vez de frases: dessa forma fica muito mais fácil de entender o mapa;
  • Seja sempre claro: empregue palavras do mesmo tamanho e use maiúsculas. Elas são mais fáceis de ler e enfatizam palavras-chave;
  • Revise seu mapa mental: depois de ter concluído sua primeira tentativa, não esqueça de revisar. Assim, garante que tudo que era necessário está realmente presente.

Entendeu como fazer mapas mentais? Eles podem se tornar mini-obras de arte se você conseguir aproveitar ao máximo todas as possibilidades que as ferramentas oferecem hoje em dia.

Saiba mais: Características das melhores equipes de solução de problemas: segurança psicológica e diversidade cognitiva

O STRATWs One é um software de gestão de performance corporativa que fornece todos os dados que você precisa sobre sua empresa. Assim, é possível acompanhar e gerenciar projetos e equipes sempre com dados atualizados e confiáveis. Dessa forma, fica muito mais fácil ter boas ideias de como fazer a empresa crescer cada vez mais.

 

Revolucione a gestão da sua empresa com o STRATWs One

solicitar demonstracao 9 Como fazer mapas mentais: 4 passos para criar o seu na prática

assinatura mar 18 daniella 9 Como fazer mapas mentais: 4 passos para criar o seu na prática

Daniella DoyleJornalista e Publicitária de formação, está no mercado há mais de 15 anos com foco em gerar resultados para empresas B2B por meio de estratégias online e offline. Adora uma nova tendência e trabalhar com métricas e metas. É gerente de marketing na Siteware e, quando sobra um tempinho, aproveita para tricotar e pintar!

Aproveite e baixe nossa planilha gratuita que pode te ajudar a pôr suas ideias em prática: Planilha de Plano de Ação

[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[Evento online e gratuito]
[Evento online e gratuito]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[Evento online e gratuito]
[Evento online e gratuito]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[Evento online e gratuito]
[Evento online e gratuito]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]