Gestão Estratégica

Reestruturação empresarial: será que ele vai realmente ajudar sua empresa?

Reestruturação empresarial: será que ele vai realmente ajudar sua empresa?

Publicação : 27/04/2020

Por Siteware

8 min

Peças de lego e pessoas simbolizando uma reestruturação empresarial
Peças de lego e pessoas simbolizando uma reestruturação empresarial

O que fazer quando o crescimento da sua empresa está muito aquém do planejado?

E quando a empresa não está mais em sintonia com a realidade do mercado em que ela está inserida?

E mais: como proceder quando o seu negócio não consegue alcançar o mesmo nível de produtividade de antes?

A resposta para essas perguntas pode estar em duas palavras: reestruturação empresarial.

Muitas empresas, sejam elas de pequeno, médio ou grande porte, passam por processos de reestruturação a fim de encontrar soluções capazes de melhorar significativamente seus resultados e mantê-las relevantes no mercado.

Se você sente que precisa reestruturar o seu negócio, então você está no artigo certo. Nas próximas linhas, vamos explicar o que é o processo de reestruturação organizacional de uma empresa e as vantagens que essa prática pode oferecer.

Continue a leitura e confira também 4 dicas de como montar um plano de reestruturação empresarial e conduzir esse processo na sua empresa:

  1. Faça uma análise da sua estrutura atual
  2. Monte um planejamento estratégico
  3. Reorganize as equipes e promova treinamentos
  4. Defina novos indicadores de desempenho e monitore os resultados

Leia também: 7 exemplos de mudança organizacional para se inspirar e aplicar nos negócios

O que é reestruturação empresarial?

É fácil entender o que é reestruturação empresarial, veja esta definição:  a reestruturação empresarial é um processo coordenado que muitas empresas costumam implementar a fim de reavaliar seu desempenho geral, os rumos que o negócio está tomando e organizar sua operação com o objetivo de se tornar mais eficiente e produtiva.

Essa necessidade de revisar sua estrutura, bem como de estudar e implementar mudanças em busca de melhores resultados, vêm tanto de fatores internos como externos à organização.

Com isso, queremos dizer que a reestruturação de uma empresa visa adequar a estrutura de uma organização às demandas da própria empresa (internas) e as do mercado em que ela está inserida (externas).

Quando falamos em “estrutura”, estamos nos referindo aos aspectos que dão sustentação ao negócio. Por exemplo:

  • Planejamento estratégico;
  • Pessoas;
  • Departamentos;
  • Produtos e serviços oferecidos;
  • Processos internos e externos;
  • Políticas organizacionais;
  • Espaço físico;
  • Equipamentos;
  • Recursos tecnológicos;
  • Desempenho dos colaboradores.

Ao passar pelo processo de reestruturação, a empresa reavalia esses e outros aspectos na intenção de entender o atual cenário em que ela se encontra, determinar novos objetivos e definir quais mudanças precisarão ser feitas para alcançar tais objetivos.

Em resumo, podemos definir a reestruturação empresarial como uma forma de avaliar a empresa como um todo e apontar o que pode ser feito para torná-la mais produtiva e eficiente, impulsionar os lucros e minimizando os custos. Para isso, é necessário envolver todos os setores da organização.

Confira em nosso blog: A gestão de mudanças organizacionais na era das mídias sociais

As vantagens de fazer a reestruturação de um empresa

O processo de reestruturação de uma empresa oferece uma série de vantagens para a organização, dentre as quais podemos destacar:

  • Aumento na eficiência organizacional;
  • Simplificação de tarefas;
  • Otimização dos processos internos;
  • Maior controle sobre os processos;
  • Implementação de técnicas e metodologias mais modernas;
  • Maior sintonia com o mercado;
  • Maior clareza na definição de políticas internas;
  • Redução de custos;
  • Diminuição de erros e retrabalhos;
  • Melhoria na qualidade dos produtos e dos serviços oferecidos;
  • Aumento na produtividade;
  • Integração entre os departamentos;
  • Maior satisfação dos colaboradores.

Ou seja, reestruturar uma empresa é uma prática importante, pois impulsiona as chances de alcançar o sucesso ao promover melhorias em diversas áreas sensíveis.

Como fazer a reestruturação organizacional de uma empresa?

Já falamos sobre o que é reestruturação de uma empresa e os benefícios que essa prática pode oferecer. Sendo assim, veja a seguir uma passo a passo de como montar um plano de reestruturação empresarial para o seu negócio.

1 – Faça uma análise da sua estrutura atual

O primeiro passo para a fazer a reestruturação empresarial consiste em analisar a estrutura atual do seu negócio. A intenção aqui é identificar fragilidades e pontos fortes, bem como ameaças em potencial e as oportunidades.

Para fazer esse diagnóstico, você pode seguir 4 passos. Saiba mais sobre eles neste vídeo:

2 – Monte um planejamento estratégico

Agora que você já entende melhor como é a sua estrutura organizacional hoje, é preciso colocar no papel as mudanças necessárias.

Para isso, monte um planejamento estratégico com base nos dados que você levantou na etapa anterior. Defina as ações a serem implementadas e os responsáveis por cada uma delas, bem como os novos objetivos que você deseja alcançar.

Não esqueça também de estabelecer pequenas metas, com prazos bem definidos, que te levarão a esses objetivos maiores, pouco a pouco.

Confira este vídeo com dicas:

3 – Reorganize as equipes e promova treinamentos

Nesta etapa da reestruturação organizacional, pode ser que você sinta a necessidade de reorganizar suas equipes de trabalho. Ou seja, pode ser que haja troca de funções, realocação de colaboradores em outros setores, troca de líderes etc.

Nesse sentido, para que as mudanças possam ser implementadas com naturalidade e com o mínimo de resistência possível, é importante que você promova treinamentos com as equipes. Assim, elas terão mais clareza sobre suas tarefas, sobre as novas metodologias e ferramentas e sobre os novos objetivos da empresa.

Nessa hora, promover a gestão estratégica de pessoas pode ser de grande ajuda, por isso, acompanhe este vídeo:

4 – Defina novos indicadores de desempenho e monitore os resultados

Faz parte do processo de reestruturação empresarial definir indicadores de desempenho que façam sentido para os novos objetivos estabelecidos pela organização.

É por meio dessas ferramentas que você poderá monitorar os resultados das ações previstas no planejamento estratégico e fazer os ajustes que forem necessários para potencializar os resultados.

Não sabe definir indicadores? Então, assista a este vídeo:

Saiba mais: Conheça 4 tipos de mudança organizacional para manter a empresa competitiva

O STRATWs One é um software de gestão de performance corporativa que permite criar, monitorar e divulgar todos os KPIs de sua empresa, assim, você pode detectar as áreas e processos que precisam de reestruturação. Dessa forma, fica muito mais fácil definir esse planejamento de mudanças e acompanhar seu andamento.

Como você vai definir os objetivos e resultados que pretende alcançar com sua reestruturação empresarial? O BSC pode ser um opção, por isso, conheça mais sobre essa metodologia de planejamento estratégico baixando nosso e-book gratuito: Guia definitivo para Gestão com a Metodologia OKR

Deixe um comentário


O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *