Processos

O que é KPI de logística, como calcular e para que serve

O que é KPI de logística, como calcular e para que serve

Publicação : 01/05/2018

Por Siteware

10 min

KPI de logística exemplo
KPI de logística exemplo

KPI, sigla para Key Performance Indicator (indicador chave de performance, em tradução livre para o português), é uma ferramenta de gestão para avaliar a performance de um processo. KPI de logística são os indicadores criados para acompanhar o desempenho dos processos logísticos da empresa.

Com ele, o gestor faz análise de atividades e pode a acompanhar o desempenho do seu negócio, seja durante uma venda, a realização de um serviço, o atendimento a clientes ou setores específicos de uma empresa, como sua logística, por exemplo.

O uso de KPIs permite que gestores acompanhem o desempenho de processos de forma objetiva, por meio de valores claros e fáceis de medir analisar.

O ideal é que os KPI sejam disponibilizados em tempo real, por meio de painéis de controle automatizados, proporcionando muito mais agilidade ao acompanhamento, ajuste e auxílio para os gestores tomarem decisões rapidamente.

Saiba mais: Como fazer gestão à vista e trazer mais transparência para seu negócio

Quer saber tudo sobre KPIs? Então, baixe estes materiais gratuitos:

Como o KPI funciona na prática?

Você viu nas primeiras linhas deste texto o que é KPI de logística.

Mas o que significa KPI de logística na prática?

Na prática, o KPI – indicador de desempenho de processo – aponta o nível de qualidade que um processo deve alcançar e mede seu desempenho.

A partir daí, o gestor saberá se está alcançando suas metas ou precisa ajustar o processo para atingir seu objetivo.

Para serem mensurados, esses indicadores precisam ser quantificáveis, ou seja, é necessário que haja um índice, um valor numérico retrate seu desempenho.

Quanto a KPI de logística, eles são usados para o acompanhamento deste tipo de atividade e se refere à fatores como fluxo de trabalho, nível de estocagem, trocas, descartes e outros processos logísticos.

Veremos 2 exemplos simples de KPI de logística criados especificamente para empresas de diferentes segmentos.

Em seguida, veremos 4 KPI de logística amplamente usados no mercado.

Exemplo de KPI de logística: o que é possível mensurar

Ao avaliar os processos de uma empresa, o gestor vai usar dados dos indicadores de desempenho logístico KPI para avaliar se deve tomar medidas que melhorem a performance e o rendimento do seu setor de trabalho.

Além disso, ele pode usar os KPI para determinar não apenas mudanças imediatas “apagando incêndios”, mas também como redesenhar o processo, criando um novo, mais eficiente, usando o método PDCA, por exemplo, para gerar melhorias contínuas.

Veja exemplos de KPI de logística:

Empresa: Loja de roupas

Se você tem uma loja especializada em venda de camisetas masculinas, pode usar KPIs de logística para avaliar os seguintes pontos de seu processo:

  • Aquisição de roupas (quantas peças são adquiridas por semana, quinzena, mês, semestre ou ano)
  • Transporte (quantas entregas a loja recebe por semana de seu fornecedor)
  • Estoque médio (quantas peças há no estoque).

Exemplo de KPI de logística: e-commerce

  • Número de entregas realizadas em determinado período
  • Capacidade de carga média por caminhão que sai para uma rota de entregas
  • Tempo de percurso de uma rota diária (mede quanto tempo um veículo levou para chegar até o destino de entrega)

Perceba que esses são KPIs bastante específicos de determinados negócios.

O ideal é que, além de indicadores específicos para o seu negócio, se usem KPIs empregados por outras empresas também, para que se possa fazer comparação da sua performance com a deles.

Vamos conhecer alguns dos KPI de logística mais usados nos mercado?

Veja também: O uso de indicadores de desempenho nos tratamentos de desvios de qualidade

A seguir, você verá 7 KPIs de de logística. Mas se você quer fazer o gerenciamento perfeito de pedidos, terá que saber como gerenciar seus KPIs.

Veja dicas de como fazer isso:

desvios nos kpis

Como calcular os KPI de logística mais usados?

Cada empresa saberá o que merece ter acompanhamento de desempenho.

Na rotina de gestão, será importante compartilhar o KPI com o restante da equipe, que poderá não só acompanhar os dados evolutivos como mensurar onde e como podem melhorar suas atividades.

Há diversos fatores de KPI de logística que merecem a atenção da equipe gestora. por meio desse KPIs de delivery performance, será possível fazer um gerenciamento perfeito de pedidos e entregas.

Por isso, confira alguns dos principais exemplos de KPI de logística.

1- Time to Market:

Este KPI é muito usado em empresas de bens de consumo e mede quanto tempo ele leva para ter a ideia de um produto, desenvolvê-lo, testá-lo, fabricar os primeiros lotes e colocar no mercado.

2- OTD (On Time Delivery):

Este KPI de logística indica qual a percentagem de pedidos entregues no prazo determinado, sem atrasos.

No entanto, isso não significa que as especificações da entrega estavam corretas, o KPI On Time Delivery (OTD) mede somente se a encomenda foi entregue no prazo.

Para se obter este indicador deve-se apurar a quantidade de entregas feitas no prazo e dividir pelo número total de entregas do período analisado.

Multiplica-se por 100 para se obter uma porcentagem.

Por exemplo, se a empresa fez 50 entregas em um dia e dessas, 40 chegaram no horário determinado, o cálculo do OTD seria:

40 / 50 x 100 = 0,8 x 100 = 80%

3- On-Time Shipping

A diference entre o On Time Delivery e o On Time Shipping é que este KPI mede se os pedidos foram enviados na data prometida, mas isso não significa que foram entregues quando prometido.

Assim, veja como calcular KPI de logística On-Time Shipping:

Se das 50 entregas, 45 foram enviadas no horário prometido, temos:

45 / 50 x 100 = 0,0 x 100 – 95%

4- OCT (Order Cycle Time):

Tempo que leva para um pedido chegar ao cliente depois que foi recebido pela empresa.

Esse é um KPI de logística muito usado por empresa de e-commerce.

Para calculá-lo, deve-se aferir o tempo que cada entrega levou para ser feita após o pedido, somar todos eles e dividir pelo número de entregas feitas no período em análise.

5- OTIF (On Time In Full):

Traduzido para o português Pedido Perfeito. Avalia pedidos entregues no prazo combinado pela empresa.

Para fazer seu cálculo, deve-se saber a percentagem de pedidos que foram:

  • Atendidos no prazo (P)
  • Entregues sem erro (E)
  • Completo: atendeu todas as especificações do cliente (C)

A fórmula do OTIF (On Time un Full) é:

OTIF = P x E x C

Veja um exemplo:

  • No prazo: 80%
  • Entregues sem erro: 85%
  • Completo: 90%

0,80 x 0,85 x 0,90 = 0,612 = 61,2%

6– Perfect Order Rate

A Perfect Order Rate mede a  eficiência do processo de suprimentos como um todo. O POR mede a porcentagem de pedidos que são enviados sem atraso, erro ou danos na mercadoria.

O cálculo é simples.

Se você teve que enviar 1.500 encomendas e 75 delas apresentaram alguma falha ou erro, basta calcular a porcentagem desses erros, veja:

1.500 – 75 = 1.425 (quantidade de entregas perfeitas)

1.500 / 1.425 x 100 = 0,95 x 100 = 100%

7– Tempo Médio de Entrega

A definição desse KPI é intuitiva: soma-se o tempo que levou para se realizar cada entrega individualmente, do momento em que o pedido foi feito até chegar ao cliente, e divide-se pelo número de entregas.

Trata-se de um média aritmética simples.

8- Estoque médio

Outro KPI de transporte e logística que se calcula pela média aritmética simples.

Deve-se pegar estoque final de cada mês e dividir pelo número de meses em análise, geralmente um ano.

Esses são 8 dos KPIs de logística mais usados. Mas nada impede de sua empresa criar seus próprios KPIs, em função das características de seu negócio.

Para acompanhar todos eles, o ideal é criar um painel de resultados logísticos. Para desenvolver o seu, baixe nosso e-book gratuito e veja como fazer isso: E-BOOK: Crie seu dashboard de Indicadores de Desempenho em 3 dias! 

Quer mais detalhes sobre como usar indicadores de desempenho? Baixe nosso infográfico gratuito: Como usar KPIs para acompanhar os resultados e engajar seu time?

O STRATWs One é um software de acompanhamento de performance corporativa que já conquistou mais de mil empresas e conta com 162 mil usuários.

Veja algumas de suas vantagens:

  • Integrar pessoas, operação e estratégia;
  • Encontrar oportunidades de melhoria;
  • Fazer a gestão de reuniões e do portfólio de projetos;
  • Aumentar a produtividade;
  • Compartilhar KPIs com agilidade e transparência.

Revolucione a gestão da sua empresa com o STRATWs One