Metodologias de Gestão

Metodologia ágil: lançada no início do século, mais atual do que nunca

Metodologia ágil: lançada no início do século, mais atual do que nunca

Publicação : 18/10/2018

Por Siteware

8 min

Metodologia ágil
Metodologia ágil

Agilidade é uma palavra forte. E, quando aplicada na gestão empresarial, ela se torna mais poderosa ainda.

Resolver problemas com velocidade e entregar todo valor que seus clientes esperam, sem perda de tempo, definitivamente é uma vantagem competitiva a ser buscada atualmente.

A metodologia ágil foi criada especificamente para mudar a maneira como se desenvolviam softwares, trazendo mais rapidez e menos burocracia ao processo.

Deu tão certo que hoje a metodologia ágil é usada para desenvolvimento de diversos outros tipos de produtos e serviços e até para a gestão de equipes e projetos.

Neste post, você irá saber como surgiu a metodologia ágil e a relação entre agile, scrum e kanban. Continue lendo!

A origem da metodologia ágil

Cansados de serem pressionados pelas grandes corporações de desenvolvimento de softwares para trabalharem de forma robotizada e seguindo regras rígidas que restringiam sua agilidade e criatividade, um grupo de profissionais que eram (e muitos ainda são) referência na área lançaram o chamado manifesto para o desenvolvimento ágil de software.

Em resumo, ele defende uma nova maneira de desenvolver softwares, focada nas necessidades dos clientes, no teste de cada funcionalidade criada e na gestão do trabalho em avanços incrementais, chamados de iterações.

O manifesto define 12 princípios:

  1. Nossa maior prioridade é satisfazer o cliente, através da entrega adiantada e contínua de software de valor.
  2. Aceitar mudanças de requisitos, mesmo no fim do desenvolvimento. Processos ágeis se adequam a mudanças, para que o cliente possa tirar vantagens competitivas.
  3. Entregar software funcionando com frequência, na escala de semanas até meses, com preferência aos períodos mais curtos.
  4. Pessoas relacionadas a negócios e desenvolvedores devem trabalhar em conjunto e diariamente, durante todo o curso do projeto.
  5. Construir projetos ao redor de indivíduos motivados. Dando a eles o ambiente e suporte necessário, e confiar que farão seu trabalho.
  6. O Método mais eficiente e eficaz de transmitir informações para, e por dentro de um time de desenvolvimento, é através de uma conversa cara a cara.
  7. Software funcional é a medida primária de progresso.
  8. Processos ágeis promovem um ambiente sustentável. Os patrocinadores, desenvolvedores e usuários, devem ser capazes de manter indefinidamente, passos constantes.
  9. Contínua atenção à excelência técnica e bom design, aumenta a agilidade.
  10. Simplicidade: a arte de maximizar a quantidade de trabalho que não precisou ser feito.
  11. As melhores arquiteturas, requisitos e designs emergem de times auto-organizáveis.
  12. Em intervalos regulares, o time reflete em como ficar mais efetivo, então, se ajustam e otimizam seu comportamento de acordo.

Hoje, a metodologia ágil é usada em todas as áreas, principalmente através de dois métodos: o kanban e o scrum.

Vamos conhecê-los? Assista também ao nosso vídeo do nosso canal do Youtube no qual falamos sobre as mais importantes metodologias ágeis e como aplicá-las:

Kanban também é uma metodologia ágil?

O método kanban surgiu no Japão, nos anos 60, mais especificamente para gerenciar os estoques de uma indústria automobilística.

O sistema usava cartões coloridos em um quadro para sinalizar se era preciso enviar novos materiais para a linha de montagem.

Assim, as peças só eram enviadas para a produção no momento exato em que seriam usadas e o estoque só era reposto quando realmente necessário.

Isso diminui drasticamente desperdícios e atrasos.

Com o tempo, o gerenciamento migrou do fluxo de materiais para o fluxo de tarefas e um processo.

Assim, um quadro com 3 colunas: to do (para fazer), in progress (em progresso) e done (feito) é abastecido com cartões descrevendo tarefas.

Cada funcionário pega uma tarefa na primeira coluna e, enquanto a realiza, deixa o cartão na coluna “em progresso”. Ao terminar, passa seu cartão para a coluna “feito”.

Assim, um gerente pode perceber só batendo os olhos no quadro quantas tarefas já foram feitas, quantas estão aguardando para serem iniciadas e quantas estão sendo desenvolvidas.

Hoje, a metodologia ágil incluiu o kanban entre as ferramentas mais usadas. Os quadros são muito mais complexos, contemplando colunas para todas as etapas de um processo, informações mais detalhadas, datas de entrega e muitos outros detalhes para orientar os colaboradores.

Confira um exemplo de kanban workflow:

Metodologia ágil scrum

A metodologia ágil scrum é bastante rígida. Alguns chegam a falar em rituais quando se referem a maneira de gerenciar uma equipe scrum.

Na verdade, todos esses procedimentos visam garantir que uma série de ciclos de trabalho ocorram seguindo regras que vão garantir a satisfação do cliente, no final de todo processo.

Confira os principais agentes e procedimentos da metodologia ágil scrum:

  • Scrum máster: um especialista em scrum que deve se certificar que a metodologia está sendo corretamente aplicada e auxiliar os integrantes que tiverem dúvidas.
  • Dono do produto: ou product owner, é o líder do projeto e a pessoa responsável por se assegurar que tudo que está sendo feito realmente vai atender às necessidades e desejos dos clientes finais.
  • Equipe: demais integrantes do projeto que devem obedecer aos rituais do scrum.
  • Sprint: um período de tempo de, geralmente, um mês durante o qual as tarefas definidas pelo dono do produto devem ser realizadas.
  • Reuniões diárias: logo pela manhã, todos os integrantes se reúnem rapidamente, durante 15 minutos, para relatarem seus progressos no dia anterior, o que pretendem fazer nesse dia para atingir os objetivos do sprint e avisar se têm alguma dificuldade e precisam de ajuda ou orientação. Dessa forma, todos colaboram entre si e sabem exatamente o que os outros estão fazendo.
  • Retrospectiva do sprint: ao final de cada sprint, os participantes fazem uma reunião de uma 3 ou 4 horas para avaliar os avanços incrementais do projeto e como se deu a interação entre a equipe. Além, disso, já analisam todos os aprendizados adquiridos e como isso pode ajudar a trabalharem melhor no próximo sprint.

Não deu para saber tudo sobre scrum neste resumo, mas ficou claro como ele se enquadra dentro da metodologia ágil, certo?

As metodologias ágeis estão cada vez mais presentes no dia a dia das empresas e são bastante utilizadas por startups. E, como você viu, são práticas e fáceis de usar, trazendo excelentes resultados.

Este artigo foi escrito pela equipe do HEFLO, um software de BPM e modelagem de processos intuitivo e baseado na nuvem.

O STRATWs One é um software de gestão de performance corporativa capaz de unir seu pessoal, a operação e a estratégia em busca de melhores resultados. 

Revolucione a gestão da sua empresa com o STRATWs One