Metodologias de Gestão

Como as metodologias ágeis impactam a gestão de desempenho?

Como as metodologias ágeis impactam a gestão de desempenho?

Publicação : 23/06/2021

Por Siteware

11 min

Todas as empresas, das maiores às startups, estão buscando formas mais eficientes de gerenciar projetos e fazer gestão de performance de seus times. As metodologias ágeis, que se tornaram uma “buzzword” no mundo dos negócios, servem justamente a esse propósito.

Naturalmente, existem diferentes ferramentas para aplicar metodologias ágeis, mas todas têm algo em comum: buscam otimizar o fluxo de trabalho, alinhamento de times, e, consequentemente, a performance da equipe. 

As metodologias ágeis começaram a ser utilizadas em ambientes de desenvolvimento de software. Com o tempo, porém, passaram a ser aplicadas nos mais variados segmentos.

Um estudo da consultoria PA Consulting mostra que quase 75% dos líderes consideram a agilidade organizacional uma prioridade estratégica. 

Não importa o setor no qual a sua empresa atua, acredite: você pode se beneficiar muito das metodologias ágeis no desenvolvimento tanto de seus projetos quanto da equipe.

Nesse post vamos focar em como elas impactam na gestão de desempenho das empresas. Continue lendo.

O que são metodologias ágeis?

As metodologias ágeis são um conjunto de práticas e ferramentas que se propõem a melhorar a qualidade, velocidade e assertividade de um projeto. 

A gestão de projetos tradicionais é focada em um longo período de planejamento e etapas rígidas para a execução até a conclusão de um projeto. 

Nesse caso, é só depois da entrega completa (o que muitas vezes leva meses) é que os stakehoders do projeto fazem suas considerações e as melhorias são feitas.

As metodologias ágeis, por outro lado, propõem uma entrega faseada, onde é possível mostrar os primeiros resultados já nas primeiras etapas de desenvolvimento. 

Elas também são mais flexíveis e adaptáveis de acordo com resultados preliminares e imprevistos ao longo do desenvolvimento.

Na prática, os modelos de trabalho propostos pelos métodos ágeis fazem com que empresas evitem desperdícios de tempo e recursos acelerem validações junto a stakeholders. 

Os principais frameworks ágeis para gestão de projeto e performance são:

  • Kanban, gestão que oferece um quadro visível a todos os membros de um time para acompanhar as etapas do fluxo de trabalho
  • Scrum, framework de gestão onde o trabalho é realizado e dividido em ciclos (quinzenais ou mensais), chamados de sprints, onde as entregas são feitas de forma iterativa e incremental
  • Lean Agile, filosofia indicada para projetos reduzidos e mais objetivos, com uma proposta de construção incremental de projetos, com entregas menores aos poucos. O foco é na redução de desperdícios e melhoria contínua.

7 benefícios das metodologias ágeis para a gestão de desempenho

São muitos os benefícios das metodologias ágeis para a gestão de desempenho de equipes. Diante de prazos apertados e equipes cada vez mais enxutas, empresas precisam maximizar os resultados do trabalho e garantir mais eficiência e produtividade para os times.

A gestão de desempenho com metodologias ágeis é especialmente importante no mundo “BANI” no qual estamos vivendo – segundo a sigla em inglês, Frágil, Ansioso, Não-Linear e Incompreensível. 

Estima-se que 1 em cada 6 empresas vão fracassar nos próximos anos por não conseguirem acompanhar as mudanças no mercado.

Nesse contexto, equipes precisam ser cada vez mais adaptáveis a riscos e imprevistos, sem deixar que eles impactem a performance e o planejamento do time.

Confira alguns benefícios das metodologias ágeis para a gestão de desempenho. 

Melhor gestão de imprevistos

A pandemia trouxe aos gestores e profissionais um cenário volátil e imprevisível, onde o planejamento e acompanhamento de projetos precisam acompanhar as demandas imediatas do mercado e também novas orientações estratégicas das empresas.

Seu time deve estar preparado para implementar testes e mudanças rapidamente, com impactos que podem ser maiores ou menores sobre o planejamento inicial. 

Com metodologias ágeis, sua empresa pode trabalhar em ciclos mais curtos de planejamento e execução, tendo mais flexibilidade e rapidez para alterar rotas. Seu time também consegue melhorar o tempo de resposta a imprevistos e feedbacks de clientes. 

Tudo isso acontece porque as entregas acontecem de forma incremental e em ciclos iterativos. 

Maior assertividade

Ao facilitar entregas menores, porém mais frequentes e previsíveis, as metodologias ágeis permitem que seu time faça a inspeção faseada da entrega de um grande projeto, por exemplo.

Isso significa que poderá fazer melhorias contínuas antes da entrega completa. Assim, os fluxos de trabalho ficam mais organizados e fáceis.  Os indicadores do negócio também se tornam mais precisos, como tempo de entrega, satisfação do cliente e colaboradores.

Melhor priorização e divisão de tarefas

Gestores muitas vezes enfrentam desafios na distribuição das demandas e solução de problemas complexos. Isso pode acontecer por problemas de priorização ou divisão de tarefas – o que impacta diretamente na gestão de performance. 

As metodologias ágeis permitem maior visibilidade das tarefas do time. No método Scrum, por exemplo, o time faz o planejamento conjunto das atividades da Sprint e prioridade das entregas.

Nos boards de Kanban, por sua vez, todos têm visibilidade clara sobre as atividades de todos. Tudo isso facilita a distribuição justa e realista de tarefas e prioridades. O resultado? Melhor performance e equilíbrio na execução. 

Mais independência e produtividade para a equipe

Um dos principais trunfos das metodologias ágeis é a otimização do tempo dos profissionais. Por trabalharem com ciclos curtos e alinhamentos rápidos entre os times, elas evitam refações, excesso de longas reuniões e retrabalho em várias etapas.

Além disso, os membros do time conseguem trabalhar de forma integrada, mas com autonomia para realizar suas tarefas. A eliminação de burocracias e melhor comunicação interna ajuda a melhorar a velocidade das entregas e produtividade geral. 

Maior colaboração entre times

As metodologias ágeis também pressupõem a colaboração entre times interdisciplinares  para atingir os objetivos comuns do projeto ou negócio. 

Diferente da gestão de trabalho tradicional, na qual times trabalham em silos e onde cada profissional pensa na sua própria entrega, as metodologias ágeis pensam em objetivos coletivos. 

Desta forma, fomentam a comunicação recorrente e otimização de processos geral da equipe. Gestores de equipes multidisciplinares sabem que, quanto maior entrosado um time, melhor é a performance geral. 

Mais qualidade nas entregas

Quando as demandas de um time são complexas, pode ser um desafio alinhar expectativas e focar nas entregas que realmente agregam valor ao negócio. Um princípio comum entre todas as metodologias ágeis é focar nas entregas de maior valor para o cliente e stakeholders.

Em vez de enxergar um projeto de forma linear como nas metodologias tradicionais, as metodologias ágeis alinham o desenvolvimento às necessidades da empresa e clientes. 

Imagine que uma empresa está desenvolvendo um software, por exemplo. Ela pode começar com as funcionalidades mais valiosas para o cliente, e depois ir incrementando com outras. 

O melhor é que já pode ir validando o desenvolvimento e fazendo correções aos poucos, para que, nas etapas finais do projeto, o resultado seja o mais próximo do ideal planejado.

Validações mais rápidas

Quem nunca perdeu em produtividade e performance por conta da demora ou retrabalho ao validar algo junto a um cliente ou superior?

Isso é muito comum na gestão de projetos tradicionais, onde se entrega um projeto inteiro de uma vez e então é necessário rever todas as entregas de uma vez só. 

Nas metodologias ágeis, é corriqueiro envolver o cliente diversas vezes na construção do projeto – e não apenas na entrega final. Nos ciclos curtos dos métodos ágeis, o stakeholder consegue acompanhar pequenas entregas, permitindo a validação mais rápida do trabalho.

No final do dia, isso impacta na visibilidade geral sobre a performance do time. 

Encontre o método ágil ideal e melhore a gestão de desempenho

Metodologias ágeis podem ser ótimas aliadas da gestão de desempenho, mas é preciso ajustá-las à necessidade da sua empresa. 

Implementar metodologias ágeis não é algo que acontece da noite para o dia, então minha recomendação é que você escolha o método que faz mais sentido para o tipo de projeto que sua equipe desenvolve e a cultura da sua empresa.

Aqui no TIVIT Labs, por exemplo, adaptamos as metodologias ágeis de acordo com o escopo de cada produto ou serviço.

Seja ao implementar uma assistente virtual em um cliente ou ao automatizar processos do time, usamos diferentes ferramentas e ciclos curtos para alinhar e acelerar as entregas. 

Outras recomendações são definir bem os papéis e responsabilidades dentro de times ágeis, e também fazer uma documentação detalhada dos processos para que as práticas ágeis se mostrem mais eficientes. Há diversas ferramentas e softwares para isso.

Seguindo esses passos e alinhando a aplicação dos métodos ágeis com os objetivos estratégicos, sua empresa com certeza melhorará a gestão de performance. Seus clientes e colaboradores agradecerão.

*Growth Hacking Strategist no TIVIT Labs


 

Deixe um comentário


O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *