Logo siteware

Entenda tudo sobre a análise de Pareto

CONTEÚDO

Publicação:
Publicação:
analise de pareto

CONTEÚDO

Todo gestor já passou, em algum momento, por períodos mais sobrecarregados de trabalho, responsabilidades e cobranças. Com a missão de obter resultados satisfatórios, gerenciar a sua equipe, organizar as demandas e, ainda assim, tornar os colaboradores mais produtivos. Para eles, que não possuem o tempo como aliado, o mercado criou estratégias que possibilitam o funcionamento dessas demandas. Uma dessas ferramentas é a Análise de Pareto.

Utilizada pela primeira vez em 1941, essa teoria trouxe uma nova visão sobre a relação de causalidade dentro das empresas. Ou seja, cada ação gera uma reação e entender suas causas pode determinar o sucesso ou fracasso do seu negócio.

No post a seguir, vamos explicar para você como esse método funciona e como implementá-lo na sua empresa. Ficou interessado? Então, confira!

O que é a Análise de Pareto?

Confira nosso vídeo abaixo com informações importantes sobre a Análise de Pareto!

Também conhecida como Regra 80/20, Curva ABC ou, ainda, Diagrama de Pareto, a Análise de Pareto é um esquema, geralmente em forma de gráfico de colunas, que agrupa e ordena a frequência de determinadas ocorrências. Tudo é feito com base em uma ideia bem simples: de que 80% das consequências advêm de 20% das causas.

O nome é uma homenagem ao economista italiano Vilfredo Pareto. Ele identificou que uma concentração de 80% da economia permanecia em poder de apenas 20% da população. E isso era o que gerava os principais problemas econômicos do país.

É comum nos preocuparmos em problemas sem importância. Esse método, por sua vez, quer demonstrar que as pessoas podem usar seu tempo e energia em questões realmente graves.

O mesmo acontece para o trabalho feito. Em vez de despender horas com atividades repetitivas é possível se focar em ações específicas, e mais estratégicas, que irão gerar a maioria dos resultados.

Quando há dificuldade em fidelizar clientes numa empresa, é comum recorrer a novas estratégias de marketing ou atualização de produtos. Porém, a resolução pode ser bem mais simples! Um setor de atendimento ao consumidor despreparado, por exemplo.

A maior utilidade desse método é permitir uma fácil identificação do que é, realmente, prejudicial a nível profissional, pessoal e organizacional. Listar os pontos, em ordem de importância, e concentrar esforços para uma resolução mais eficaz.

Quais os benefícios dessa metodologia?

O Princípio de Pareto é muito utilizado em empresas quando se quer fazer um controle de qualidade sobre os produtos e serviços. Mas ele é muito importante, também, para a melhora na tomada de decisões.

Quando um gestor possui um cenário completo sobre os problemas que possui e prioriza a sua resolução, fica muito mais fácil evitar possíveis crises e criar estratégias mais assertivas. Quando se sabe quais atitudes levam a um determinado objetivo, a ação se concentra apenas nessas atitudes e elimina as ações que são irrelevantes.

Se o maior objetivo de uma empresa é, por exemplo, melhorar a relação com o seu público-alvo na divulgação da marca, não descobrir quem é ele e o que ele busca, pode impactar no número de vendas.

Utilizar essa metodologia, nesse caso, consistirá em segmentar a clientela. Ou seja, listar quem são os seus clientes pela ordem em que mais consomem ou entram em contato com a sua empresa e, a partir daí, criar ações direcionadas para eles.

Na prática, isso minimiza os esforços, ajuda a melhorar o brainstorm e a interação da equipe, reduz a quantidade de recursos investidos no que é desnecessário e gera resultados mais lucrativos.

Como utilizar a Análise de Pareto na sua empresa?

O Diagrama de Pareto possui uma utilização muito prática e pode ser feito, mais facilmente, com a ajuda de softwares que possuem um conjunto de planilhas, tabelas e gráficos.

Antes de tudo, é importante lembrar que as porcentagens que dão nome a Análise de Pareto são apenas figurativas. Nem toda empresa terá esses números na prática. Eles servem apenas para mostrar a discrepância entre os problemas ou trabalho feito vs resultados obtidos.

análise de pareto

O passo a passo para criá-la e colocá-la em prática, consiste em:

  • Fazer, em uma tabela ou em uma planilha, uma lista dos problemas (e suas causas) que a sua empresa enfrenta e a frequência com que eles aparecem. Vamos utilizar como exemplo o problema da fidelização de clientes. Nesse caso, as causas podem ser o mau atendimento, produtos desatualizados, falta de inovação e atraso na assistência;
  • Coloque essas ocorrências em ordem decrescente. Ou seja, se o mau atendimento é o maior alvo das reclamações, ele deve vir no topo da lista com o número das ocorrências que aparecem;
  • Calcule a porcentagem com que esses problemas se acumulam. Para fazer esse cálculo, basta dividir o número total de cada causa individual, pelo número total das causas e multiplicar o resultado por 100;
  • Ainda com base no exemplo anterior, imagine que o mau atendimento foi relatado 125 vezes, os produtos por 48 vezes, a falta de inovação por 30 vezes e o atraso foi sinalizado em apenas duas reclamações. A porcentagem de cada motivo para o problema, na fidelização dos clientes da sua empresa, representa na ordem, aproximadamente: 61%, 23%, 15% e 1%;
  • Para finalizar a organização, crie um gráfico com essas informações. Faça-o com barras verticais, com as causas do problema no eixo “x” e frequência no eixo “y”.

Utilizar essa estratégia pode até parecer perda de tempo à primeira vista. Mas, com ela, é possível visualizar com mais clareza a frequência de episódios tanto negativos quanto positivos. Dessa forma, é possível compartilhá-los com mais facilidade com toda a equipe.

Ter essa noção é importante para medir o real impacto dos problemas e das causas. E, a partir daí, entender como eles afetam o seu negócio, para então melhorar a maioria dos resultados (os 80%). Para garantir a eficiência da Análise Pareto, faça um levantamento eficaz dos dados, sem se basear em suposições e garanta que todos os seus colaboradores participem dele!

E você, já conhecia a Análise de Pareto? Acha que essa técnica pode fazer a diferença para a sua empresa?

Com o STRATWs One, software de gestão empresarial da Siteware, você tem acesso ao módulo de Oportunidades de Melhorias, que conta com um Diagrama de Pareto totalmente personalizável para você utilizar!

Banner 16 Entenda tudo sobre a análise de Pareto
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[Evento online e gratuito]
[Evento online e gratuito]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[Evento online e gratuito]
[Evento online e gratuito]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[Evento online e gratuito]
[Evento online e gratuito]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]