Ir para conteúdo
Melhores práticas de governança corporativa

A governança corporativa surgiu na década de 1980 como um movimento de acionistas e investidores dos Estados Unidos que queriam se proteger de abusos cometidos pela diretoria das empresas e da indolência dos conselhos de administração ineficazes.

No Brasil, o tema ganhou destaque nos últimos anos e se tornou foco de estudos e debates por parte de especialistas em administração empresarial, direito, economia e da área financeira.

Além disso, profundas mudanças nas relações entre acionistas e administradores, acionistas majoritários e minoritários deram ainda mais notoriedade ao assunto, assim como a entrada de investidores estrangeiros no mercado de capitais brasileiro e o maior envolvimento dos investidores institucionais.

Mas, afinal, o que é governança corporativa?

A governança corporativa é um conjunto de práticas que visa alinhar os objetivos da administração da empresa aos interesses dos acionistas.

O processo de governança corporativa serve para viabilizar a convivência harmoniosa entre o capital, a gestão, a família (no caso de empresas familiares) e a sociedade onde a empresa está inserida.

As melhores práticas de governança corporativa são pautadas pela ética.

A ética se consolida na aplicação de valores e princípios exercitados diariamente por sócios, administradores, executivos, funcionários e terceiros.

Os 4 princípios das melhores práticas de governança corporativa

Podemos classificar algumas das melhores práticas de governança corporativa por meio desses 4 princípios:

  1. Equidade;
  2. Prestação de contas;
  3. Transparência;
  4. Responsabilidade corporativa.

1. Equidade

É o tratamento igualitário entre todos os sócios e demais partes interessadas.

2. Prestação de Contas

Os agentes da governança devem assumir as consequências de seus atos e omissões.

3. Transparência

É algo imprescindível para criar confiança interna e externa. É o autêntico desejo de informar fatos positivos ou negativos, sem restrições.

4. Responsabilidade Corporativa

É zelar pela sustentabilidade da organização, visando a longevidade e incorporando definições de ordens social e ambiental.

As melhores práticas de governança corporativa transformam princípios em atitudes.

Isso facilita o acesso ao capital, melhorando o desempenho e contribuindo para a longa duração da vida de uma empresa de forma sustentável e lucrativa.

Melhores práticas de governança corporativa: metodologia dos 8 Ps

Os professores José Paschoal Rossetti e Adriana Solé desenvolveram a metodologia dos 8 Ps para auxiliar na aplicação efetiva das melhores práticas de governança corporativa.

Os 8 Ps que norteiam o desenvolvimento da governança corporativa são:

  1. Propriedade;
  2. Princípios;
  3. Propósitos;
  4. Papéis;
  5. Poder;
  6. Práticas;
  7. Pessoas;
  8. Perenidade.

1. Propriedade

Aqui o mais importante é saber como o capital social está distribuído e organizado.

O jogo dentro de cada uma dessas empresas é diferente um do outro.

Podem ser elas: de capital misto, aberto ou fechado, familiar, consorciada, estatal, anônima, etc.

O que a metodologia mede nessa instância?

  • Coesão entre os acionistas;
  • Sucessão;
  • Blindagem societária.

2. Princípios

Os princípios são a base da ética na governança.

São os donos que determinam a hierarquia de princípios que vai valer dentro da sua empresa.

No entanto, apresentamos acima os 4 princípios fundamentais da governança corporativa que podem servir de inspiração.

O ideal é que os princípios sejam internamente compartilhados e externamente aceitos por todos todos.

3. Propósitos

Os propósitos e valores nos remetem à qualidade e à consistência de um planejamento estratégico.

O que se mede aqui é o alinhamento entre missão, visão e os planos táticos de uma empresa.

4. Papéis

O importante é entender a segregação de papéis dentro de uma organização.

O que faz um conselho de administração e uma diretoria executiva, e como essas atribuições e funções são desdobradas internamente.

Um exemplo prático:

Se na sua empresa a “rádio peão” for mais eficiente do que a comunicação formal entre os níveis, alguma coisa está errada.

Quando a distribuição de papéis não está clara dentro de uma empresa, significa que a estrutura de poder está corrompida.

5. Poder

Quando falamos de poder, é preciso analisar a questão do autoritarismo x autoridade.

O mais importante em uma estrutura de poder é que as lideranças sejam legitimadas pelo público interno.

Será que você é um bom líder? Confira nosso infográfico com 10 péssimos hábitos de liderança e corte-os da sua gestão de uma vez por todas! Faça o download aqui.

6. Práticas

As bases práticas de governança corporativa estão relacionadas com 2 fatores principais:

  • Data Driven: traduzindo ao pé da letra significa “Dados Dirigidos” e quer dizer que tudo que uma empresa faz e decide tem embasamento em dados.
  • O (GRC) Governança, Risco e Compliance: visa garantir à integração dos processos dentro de uma organização, fazendo com que a estratégia de negócios aconteça de forma unificada e transparente, em conformidade com as políticas corporativas, leis e regulamentações, minimizando riscos.

7. Pessoas

O objetivo é medir a qualidade do RH e dos processos de Recursos Humanos.

Se ele é estratégico ou não, como o clima organizacional é mapeado e desdobrado e a sucessão em todos os níveis hierárquicos.

A cultura organizacional é fator-chave para o sucesso. Baixe nosso infográfico com 5 perguntas que te farão refletir sobre a sua cultura! 

8. Perenidade

O objetivo das empresas, na esmagadora maioria dos casos, é se manter em operação, ativas e crescendo sua participação nos mercados em que atuam.

A pergunta que fica destes 8 Ps é: Se a sua empresa não fizer absolutamente nada agora, ela estará viva daqui a 10 anos?

A  Siteware criou um software de gestão empresarial – o STRATWs ONE – intuitivo e fácil de operar que visa a transparência no fluxo de informações, aumentando a produtividade e a governança em busca de resultados.

Assista a este vídeo e veja como o STRATWs One pode ajudar sua empresa a amadurecer sua gestão:

Revolucione a gestão da sua empresa com o STRATWs One