Metodologias de Gestão

Árvore de indicadores: o que é, para que serve e como montar uma para a sua empresa

Árvore de indicadores: o que é, para que serve e como montar uma para a sua empresa

Publicação : 25/06/2020

Por Siteware

7 min

arvores sendo regadas para simbolizar uma árvore de indicadores
arvores sendo regadas para simbolizar uma árvore de indicadores

Você já deve ter ouvido a máxima de que só se pode gerenciar aquilo que se consegue medir.

Partindo desse princípio, os indicadores-chave de desempenho se mostram ferramentas indispensáveis para uma gestão empresarial de qualidade. Afinal, é por meio dos KPIs que os gestores conseguem mensurar o progresso de suas estratégias e esforços em diferentes áreas do negócio.

Uma forma de analisar essas KPIs é por meio de da chamada árvore de indicadores, a qual pode ser combinada com a ferramenta de análise Balanced Scorecard (BSC).

Neste artigo, você vai entender o que é, para que serve e como montar árvore de indicadores BSC seguindo este 5 passos:

  • Defina os seus objetivos de negócio
  • Estabeleça as metas que levarão aos objetivos estratégicos
  • Mantenha o foco nos indicadores-chave
  • Procure contemplar as 4 perspectivas do método BSC
  • Divulgue a árvore de indicadores

Continue a leitura e saiba de que maneira esse método de análise pode te ajudar a compreender melhor seus resultados e propor as melhorias necessárias.

Leia mais: Indicadores de desempenho do BSC Balanced Scorecard: confira 8 exemplos para usar em seu negócio

É muito importante dominar o conceito de Balanced Scorecard (BSC), por isso, vale a pena dar uma olhada neste vídeo de nosso canal no Youtube:

Se você quer mais dicas sobre Balanced Scorecard e também sobre a metodologia OKR, então, baixe nossos e-books gratuitos:

O que é e para que serve a árvore de indicadores?

A árvore de indicadores é uma ferramenta utilizada para “hierarquizar” os KPIs e explicitar uma relação de causa e efeito entre eles.

Os indicadores-chave de desempenho geralmente são divididos em três categorias:

  • estratégicos: relacionados a objetivos de longo prazo e diretamente ligados à estratégia geral da empresa;
  • táticos: relacionados a objetivos de curto e médio prazo, ao “como fazer”;
  • operacionais: relacionados às operações e metas cotidianas.

Na árvore, então, os indicadores são dispostos obedecendo a essa configuração hierárquica.

A análise é feita partindo do princípio de que os resultados dos indicadores operacionais interferem nos indicadores táticos que, por sua vez, também interferem nos resultados dos KPIs estratégicos.

Ou seja, podemos definir a árvore de indicadores como uma forma de representar visualmente as relações de causa e efeito entre os KPIs estratégicos, táticos e operacionais de uma organização.

No topo, estão os indicadores mais relevantes do ponto de vista estratégico da empresa. Em seguida, esses KPIs vão se desdobrando em táticos e operacionais.

Se você quer entender isso melhor, então confira o exemplo abaixo:

Árvore de indicadores

Fonte: Valore Brasil

Com a árvore de indicadores, é possível visualizar com mais clareza o impacto que um resultado tem sobre os outros. Com essa visão mais ampla, o gestor consegue definir metas mais desafiadoras e relevantes e traçar estratégias mais assertivas.

Árvore de indicadores BSC

No exemplo que demos anteriormente, a árvore tinha como foco os indicadores financeiros da empresa. Porém, para uma análise mais completa, é importante considerar também outras perspectivas do negócio.

Na árvore de indicadores BSC, busca-se fazer uma relação de causa e efeito entre KPIs 4 perspectivas diferentes:

  • Financeira;
  • do Mercado;
  • dos Processos Internos;
  • do Aprendizado e Crescimento.

As metas e os KPIs dessas 4 perspectivas de negócio encontram-se relacionados entre si; o alcance de um resultados depende do alcance de outros resultados.

Árvore de indicadores BSC

Fonte: Santa Casa de Arapongas

Veja mais: BSC Balanced Scorecard: aprenda as melhores práticas para implantar na sua empresa!

Passo a passo: como montar árvore de indicadores

Confira agora as etapas de como montar árvore de indicadores na sua empresa.

Passo 1 – Defina os seus objetivos de negócio

Para construir a árvore de indicadores, é preciso ter bem definidos os objetivos estratégicos do negócio. Ou seja, a sua linha de chegada, o que você considera mais importante alcançar.

Passo 2 – Estabeleça as metas que levarão aos objetivos estratégicos

O segundo passo consiste em definir os resultados que precisarão ser atingidos, no âmbito tático e operacional, para se chegar aos objetivos estratégicos da organização.

Passo 3 – Mantenha o foco nos indicadores-chave

Evite fazer uso de muitos indicadores. Concentre-se naqueles que você considera essenciais para acompanhar o desempenho das estratégias. De 4 a 7 KPIs é uma quantidade razoável.

Passo 4 – Procure contemplar as 4 perspectivas do método BSC

Evite se concentrar apenas na perspectiva financeira. Busque levar em consideração também a perspectiva dos clientes, dos processos internos e do aprendizado e crescimento durante a construção da árvore de indicadores.

Passo 5 – Divulgue a árvore de indicadores

Com a árvore de indicadores pronta, é preciso divulgá-la entre os colaboradores para que eles saibam o que se espera deles. Se for possível, atualize os resultados dos KPIs em tempo real para que os colaboradores possam acompanhar o resultado de seus esforços.

Agora que você já sabe tudo sobre árvore de indicadores, que tal criar uma para a sua empresa?

Saiba mais: Qual o objetivo do BSC (Balanced Scorecard)?

O STRATWs One é um software ideal para o acompanhamento de indicadores, construção de árvores de KPIs e uso da metodologia OKR.

Veja mais vantagens que fizeram mil empresas escolher o STRATWs One:

  • Compartilhar informações com agilidade e transparência;
  • Usar a meritocracia e a gestão à vista para motivar e gerenciar equipes;
  • Empregar as principais metodologias de planejamento estratégico como BSC, OKR e SWOT;
  • Potencializar a governança corporativa;
  • Gerenciar riscos e analisar cenários;
  • Facilitar a troca de informação e a comunicação entre departamentos;
  • Focar na busca dos resultados que sua empresa procura alcançar;
  • Integrar pessoas, operação e estratégia;
  • Encontrar oportunidades de melhoria;
  • Fazer a gestão de reuniões e do portfólio de projetos;
  • Aumentar a produtividade.

Quer montar seu mapa estratégico agora mesmo? Então, baixe este template gratuito: Template: Modelo Mapa Estratégico BSC

Deixe uma resposta


O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *