Comunicação Organizacional: o que é + principais tipos

CONTEÚDO

comunicação organizacional

CONTEÚDO

Se preferir, ouça o nosso conteúdo sobre Comunicação Organizacional e saiba mais sobre!

A comunicação organizacional está presente em todas as empresas. Seja dentro do ambiente de trabalho ou até mesmo com fornecedores e clientes, ela é fundamental para o sucesso do negócio.

Uma boa comunicação garante um melhor alinhamento dos objetivos, bem como estimula o engajamento, interação e o comprometimento de toda a equipe com o seu trabalho.

Ainda que o conceito seja amplo, é válido destacar que qualquer gestor precisa se atentar à sua importância, uma vez que o tema é essencial em um mundo mais dinâmico e competitivo.

Para uma comunicação eficiente, é essencial contar com um software de gestão de pessoas! Confira as 9 principais opções para implementar na sua empresa →

E neste artigo vamos falar um pouco mais a fundo sobre o que é a comunicação organizacional, os tipos existentes e a sua importância na atualidade.

clima organizacional

O que é comunicação organizacional?

Comunicação organizacional é um conjunto de atividades usadas por uma empresa para dialogar com os fornecedores, colaboradores, clientes e investidores de modo a alinhar expectativas e consolidar a imagem da marca no mercado. Ela é fundamental para organizações de todos os portes.

De acordo com Margarida Kunsch, o termo tem uma amplitude maior do que a comunicação corporativa, uma vez que se refere a todos os tipos de organização, como:

  • ong’s;
  • fundações;
  • associações;
  • partidos políticos;
  • empresas.

Para a autora, a comunicação organizacional é a disciplina que estuda o processo comunicacional dentro das organizações no âmbito da sociedade global.


Seguindo essa linha de pensamento é possível afirmar que a comunicação organizacional é constituída por todos os meios de diálogo dentro de uma organização.

Veja 6 passos para melhorar a comunicação organizacional da sua empresa:

comunicação organizacional

Qual é o objetivo da comunicação organizacional?

O principal objetivo da comunicação organizacional é viabilizar a interação entre a empresa e seus colaboradores, bem como fornecedores, clientes, público-alvo e investidores. Para atingir esse fim, são usadas ferramentas institucionais e mercadológicas.

Em outras palavras, a comunicação organizacional não se restringe apenas a comunicação interna e descendente, mas sim como um todo. Internamente, o bom diálogo é feito de maneira descendente, ascendente e horizontalmente.

Os feedbacks são essenciais para a comunicação interna de uma empresa. Veja algumas dicas de feedbacks construtivos:

feedback - comunicação organizacional

Já a comunicação externa precisa ser clara, objetiva e atender aos anseios de cada público, em uma linguagem adequada. Tudo com a finalidade de consolidar a organização no mercado.

Quais são as características da comunicação organizacional?

A comunicação é parte inerente da natureza humana. Todos nós nos comunicamos com colegas de trabalho, clientes, líderes e liderados. Portanto, a sua principal característica é zelar pela clareza e objetividade para garantir o bom funcionamento das instituições.

Ela precisa ser vista de forma estratégica por uma organização, auxiliando a empresa a atingir os seus objetivos, superando perspectivas e melhorando o desempenho das equipes.

Nesse sentido, o estudo científico da comunicação organizacional ajuda as organizações a se consolidarem no mercado, solidificando sua marca e relação com todos os stakeholders.

Quais os 4 tipos de comunicação organizacional?

Como a comunicação organizacional é constituída por todas as formas de diálogo entre uma instituição e o seu público interno e externo, ela possui diversos tipos, como:

  • institucional;
  • mercadológica;
  • administrativa;
  • interna.

1 – Comunicação institucional

A comunicação institucional é voltada para melhorar a imagem da empresa frente à sociedade como um todo, o que inclui seus clientes, investidores, colaboradores, potenciais talentos e todo os demais interessados na marca.

É ela a responsável pela gestão estratégica das relações públicas, e pelas ações da assessoria de imprensa, marketing social, cultural, dentre outros. Em resumo, é por meio dela que a empresa cria sua identidade.

2 – Comunicação mercadológica

A comunicação mercadológica é aquela que possui o intuito de vender. Ela é usada para esclarecer os clientes sobre as principais características do produto, bem como os benefícios que ele traz.

Uma boa comunicação mercadológica ataca a dor do persona e mostra como o produto ou serviço são essenciais para sanar essa dor. Há inúmeras ferramentas usadas para auxiliar a comunicação mercadológica, como:

  • publicidade comercial;
  • serviço de apoio ao cliente;
  • plataforma CRM;
  • promoção de vendas.

Atualmente as empresas conciliam a comunicação mercadológica com a institucional para mostrar responsabilidade social e apoio ao cliente.

3 – Comunicação administrativa

A comunicação administrativa alinha os objetivos da organização com todos os setores interessados. É ela quem viabiliza todo sistema organizacional através de uma similaridade de fluxos e redes.

Por exemplo, o colaborador saberá qual é a visão, missão e valores da empresa e compreenderá o que ela espera dele para atingir esses objetivos. É uma forma de alinhamento geral dentro da instituição.

4 – Comunicação interna

A comunicação interna, ainda que seja confundida com a administrativa, tem suas peculiaridades. Ela viabiliza a interação entre a organização com seus colaboradores por meio de ferramentas institucionais.

A interação acontece em todas as direções. Digamos que o próprio conceito da comunicação interna já remete a uma via de mão dupla. Ou seja, ela é de conhecimento compartilhado.

Por isso, é importante apontar que esse tipo de comunicação é altamente estratégica para as organizações, e merece uma atenção especial por parte dos gestores.

Veja este vídeo de como dar feedbacks negativos, que são essenciais na comunicação organizacional:

Quais são as funções estratégicas da comunicação organizacional?

A comunicação organizacional, conforme antecipamos, é uma ferramenta-chave para motivar os colaboradores, alinhar expectativas, atrair investidores e manter um bom relacionamento da empresa com o mercado.

Em vista disso, ela é um bom meio para engajar o colaborador com as prioridades da organização, além de deixá-lo ciente do que a empresa espera dele. Dentre as funções estratégicas da comunicação organizacional estão:

  • alinhamento de esforços;
  • conscientização do papel do colaborador;
  • fortalecimento da cultura organizacional;
  • estímulo ao bom comportamento;
  • desmascaração de boatos;
  • incentivo ao engajamento;
  • geração de resultados financeiros.

Alinhamento de esforços

Uma das funções estratégicas da comunicação organizacional é o alinhamento de esforços. Ou seja, a empresa reforça constantemente os principais objetivos com todos os stakeholders.

Quando bem clara e objetiva, ela faz com que os colaboradores compreendam o que se espera deles, mantendo-os totalmente focados em uma mesma direção.

Conscientização do papel do colaborador

A comunicação organizacional faz com que o colaborador vejam como os seus esforços individuais contribuem para que a instituição atinja os seus objetivos.

Ele não vê o seu trabalho como algo mecânico e sem sentido, mas sim como um papel essencial para a empresa. E quando alguém vê a sua utilidade dentro de um contexto a tendência é sentir-se mais motivado.

Fora que essa conscientização vai orientá-lo a executar o seu papel com uma perfeição maior. Afinal, quanto melhor ele fizer, mais estará contribuindo com a empresa.

Fortalecimento da cultura organizacional

Uma cultura organizacional forte é essencial para a empresa crescer no mercado. E ela compreende um conjunto de fatores, normas, políticas e valores.

Quando divulgada corretamente, os colaboradores entendem a essência do negócio e se colocam em sintonia com a missão e os princípios organizacionais.

O resultado é que a organização atinge os seus objetivos com mais facilidade e se fortalece dentro do seu nicho de mercado.

Veja algumas dicas de melhorar a cultura organizacional:

cultura e comunicação organizacional

Estímulo ao bom comportamento

Uma boa comunicação também estimula o bom comportamento, uma vez que os colaboradores veem coerência nas ações e decisões dos gestores.

Quando há muitos ruídos na comunicação fica difícil compreender o que a companhia espera de cada um, como ela recompensará o funcionário pelo bom trabalho desempenhado, dentre outros fatores que interferem na motivação de todos.

Desmascaração de boatos

Existe um termo muito conhecido no mercado que chama “diz que me disse”. Ou seja, boatos que correm nos corredores de uma empresa. Eles podem levar muitos funcionários à desmotivação e ao descrédito.

No entanto, quando a comunicação organizacional é clara e objetiva, esses boatos, também chamados de fake news, são desmascarados rapidamente. Vale dizer que para isso é preciso haver transparência na comunicação até mesmo entre os departamentos.

Isso sem dizer sobre boatos externos que podem ocorrer em relação à empresa. Quando há uma boa comunicação, eles são rapidamente desmentidos.

Incentivo ao engajamento

Quando os funcionários estão mais engajados eles fazem propaganda positiva sobre o seu negócio. Até porque, o senso de pertencimento cresce substancialmente.

Uma pessoa quando se vê acolhida em um meio social se torna mais engajada e participativa, diferente de quando ela se vê excluída. Nesse segundo caso, ela fica mais reclusa e menos comunicativa.

Portanto, quando a comunicação é transparente, todos sabem o que a empresa espera, aonde quer chegar e, como consequência,  tornam-se mais participativos.

Geração de resultados financeiros

Quando uma organização possui uma comunicação altamente eficiente ela se valoriza frente ao mercado. Isso quer dizer que mais investidores são atraídos para o negócio, o que melhora os resultados financeiros.

Até porque há mais capital para investir em novas tecnologias que ampliam a produção, diminuem o tempo de confecção de um produto. Enfim, fatores que impactam diretamente o lucro do negócio.

A escolha dos canais de comunicação

Um dos pontos que merece atenção na comunicação organizacional é a escolha dos canais. E isso tanto internamente quanto externamente.

Comunicação para o público externo

Quando falamos sobre a comunicação com o público externo, ela pode acontecer por meio de inúmeros canais como:

  • sites;
  • redes sociais;
  • mensageiros;
  • mídias tradicionais;
  • serviço de apoio ao cliente.

Quanto mais canais estiverem disponíveis para que o cliente, fornecedor e investidor se relacionem com a empresa, melhor.

Inclusive, muito se fala hoje sobre o omnichannel, que é a integração de todos esses canais para que a conversa não comece em um canal e volte à estaca zero caso o cliente queira se comunicar por outro canal.

A ampliação na comunicação possibilita um estreitamento na relação do cliente com a empresa. Como consequência a marca se fortalece.

Comunicação para o público interno

A comunicação com o público interno exige ferramentas distintas. Nesse caso os gestores precisam estar antenados às novidades tecnológicas disponíveis no mercado.

Afinal, a tecnologia colabora para que a informação corra em todos os sentidos, ou seja, vertical e horizontalmente, evitando ruídos no meio do caminho.

A clareza e objetividade são fundamentais para que todos compreendam o que precisam fazer, as metas que devem cumprir e outros aspectos necessários para a atuação no mercado.

Por que os gestores  precisam se atentar à comunicação organizacional?

image 6 Comunicação Organizacional: o que é + principais tipos

Os gestores empresas devem se atentar à comunicação organizacional para que suas empresas se  solidifiquem  no mercado. Isso porque: quanto melhor for a comunicação, mais a marca será vista como forte pelos consumidores.

Portanto, é preciso pensar em diversos aspectos como o tom de voz que será transmitido na mensagem, os canais que ela será comunicada, e o acesso dado ao cliente para sanar todas as suas dúvidas. Nesse sentido, é imprescindível adotar a comunicação organizacional como estratégia.

Até mesmo quando o assunto é o lançamento  de um produto ou serviço no mercado, ou uma ação social que a companhia está promovendo . A forma de comunicar isso é fundamental para que todos entendam com clareza.

No âmbito interno, isso evita competição e estimula a cooperação entre os colaboradores, uma vez que todos se veem como parte fundamental de um todo. 

A tecnologia como ferramenta estratégica para a comunicação organizacional

Conforme vimos neste artigo, a comunicação organizacional é fundamental para garantir o sucesso de uma empresa. Assim sendo, é preciso que os gestores vejam isso como imprescindível no planejamento estratégico.

E quando estamos falando de algo de extrema importância, não podemos deixar de lado a necessidade da implantação tecnológica. Afinal, a tecnologia agiliza a comunicação e garante mais eficácia na informação.

No mercado existem diversos sistemas de comunicação interna, voltados para fortalecer a cultura comunicacional da empresa. E uma das opções é o STRATWs One.

Com ele você digitaliza reuniões e relatórios, e conecta-os diretamente com as fontes de informações. Além disso, ele padroniza as reuniões de resultados melhorando substancialmente a comunicação interna da empresa.

Em linhas gerais, é uma ferramenta que melhora a comunicação de toda equipe, aumentando o engajamento dos colaboradores em torno dos objetivos traçados pela organização.

A consequência é que sua empresa se tornará mais forte e presente no mercado, com um sistema seguro e que garante a máxima produtividade de toda a equipe. Solicite uma avaliação grátis:

stratws one