Logo siteware

Conheça 4 tipos de mudança organizacional para manter a empresa competitiva

CONTEÚDO

Publicação:
Publicação:
tipos de mudança organizacional

CONTEÚDO

Aceitar que há diferentes tipos de mudança organizacional e se adequar às transformações do mercado é fundamental para manter uma empresa competitiva atualmente. Afinal, o mundo está em constante evolução e, nos dias de hoje, tudo se intensifica ainda mais. Vivemos a era da informação, do conhecimento, das transformações digitais e de consumo. Acompanhar as mudanças parece difícil, mas deixar de acompanhá-las pode significar a perda de grandes oportunidades. De acordo com a 17ª Pesquisa Anual Global com CEOs, realizada pela consultoria PwC e citada no relatório nacional Gestão da Mudança, 81% dos líderes afirmam que suas empresas têm realizado mudanças para se adaptar às necessidades do negócio. Uma mudança organizacional acontece sempre que há alguma alteração nas relações da empresa, seja em processos, recursos, no relacionamento interno, em produtos, etc. A proposta é sempre garantir alguma melhoria, que possibilite o negócio a crescer, independentemente da ação a ser tomada.
E você? Está realizando mudanças para se manter competitivo? Conheça os 4 tipos de mudança organizacional que podem ser necessários para melhorar os resultados da empresa! Antes de conhecer os 4 tipos de mudança organizacional, dê uma olhada nesta linha do tempo sobre mudança organizacional, divulgada pela PWC:
tipos de mudança organizacional
Veja também: Como liderar mudanças com a execução da estratégia?

Os 4 tipos de mudança organizacional

1- Mudança Incremental

A mudança incremental, com o próprio nome diz, aparece para incrementar, acrescentar algo à empresa e aos processos existentes. Trata-se de uma melhoria que pode ocorrer em processos internos ou na estrutura organizacional, por exemplo. Entre todos os tipos de mudança organizacional, a incremental é a mais comum de ocorrer. Isso porque não exige um grande planejamento e pode ser implementada aos poucos, discretamente e no dia a dia. A aceitação a este tipo de mudança geralmente é mais fácil e natural. Aderir a um novo software de gestão ou implementar um sistema de ponto são exemplos de mudanças incrementais.

2- Mudança Transformacional

Diferentemente da mudança incremental, a mudança transformacional não acrescenta algo, uma vez que seu intuito é alterar, transformar, trazer algo novo. Focada na transformação, ela modifica o ambiente em que a empresa está inserida, influenciando diretamente na rotina de líderes e seus colaboradores. Trata-se de uma reestruturação que atende uma nova estratégia, envolvendo tendências, avanços tecnológicos e climas sociais. O planejamento é imprescindível para implementar uma mudança transformacional, caso contrário, a alteração pode não ser bem aceita de imediato pela equipe. Imagine que você terá que reorganizar departamentos. Esta mudança deve ser gradual e os profissionais envolvidos devem estar todos a par desta mudança e de sua importância, para encará-la com mais naturalidade.

3- Mudança Evolucionária

Mais um entre os tipos de mudança organizacional é a mudança evolucionária. Sabe quando você começa o ano, cheio de objetivos e metas estabelecidas? As ações que acontecem pautadas por este período podem ser consideradas evolucionárias. Esse tipo de mudança surge a partir de um propósito, de uma necessidade da empresa ou uma demanda do mercado. Caso a empresa esteja passando por alguma dificuldade, um plano de ação para sair deste cenário é também uma evolução. Criar um produto novo para se diferenciar no mercado, por exemplo, pode ser uma alternativa.

4- Mudança Revolucionária

A mudança revolucionária pretende de fato revolucionar. É pautada por um objetivo geral da organização – seja para melhorar as vendas, impactar novos consumidores, superar a concorrência, entre outros. A revolução também precisa ser muito bem estruturada para alcançar o resultado esperado. Esse tipo de mudança é a mais ousada e vai impactar os colaboradores, mas, além disso, também os clientes diretos da empresa e o mercado como um todo. Novas propostas e estratégias, a parceria com uma grande empresa, uma inovação disruptiva a ser lançada, um novo modelo de gestão, novo mercado de atuação, todos esses podem ser exemplos de mudança revolucionária. Saiba mais: O fator humano na gestão de mudanças

Preparando-se para as mudanças organizacionais

As constantes inovações, mudanças de perfis, entrada de novas empresas no mercado e novos desafios fazem com que as empresas frequentemente implementem, hora ou outra, algum desses 4 tipos de mudança organizacional. Diferentes tipos de mudança organizacional exigem ações diferentes, mas o grande segredo é se preparar com um planejamento estratégico. Certamente, as empresas que se saem melhor em meio aos períodos de transição são aquelas adaptáveis, que estão preparadas para aceitar mudanças, mesmo quando as circunstâncias não são ideais. Ter estratégias básicas definidas pode ajudar a gestão a orientar os esforços de transformação, mesmo aqueles não planejados. Para implementar uma mudança, atente-se para:
  • Ter uma visão clara do que a mudança quer atender, o objetivo;
  • Considerar a cultura da empresa e todos os envolvidos;
  • Comunicar as ações de mudança com clareza às equipes;
  • Aguardar um tempo de adaptação para ver as mudanças acontecendo;
  • Continuar atento às necessidades de novas mudanças.
E não se esqueça de que, quando se trata de mudança organizacional, toda preparação é fundamental! Confira em nosso blog: A gestão de mudanças organizacionais na era das mídias sociais Toda mudança visa a melhoria. Mas como saber se a performance se alterou positivamente depois da mudança? Com um software de gestão da performance corporativa como o STRATWs One você pode acompanhar os KPIs de projetos, processos, pessoas e equipes com muita facilidade. Assim, compara os resultados e analisa se a mudança está no caminho certo.
Banner 16 Conheça 4 tipos de mudança organizacional para manter a empresa competitiva
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]