Logo siteware
  Gestão Estratégica

O que é a Gestão Logística da Cadeia de Suprimentos? Entenda!

O que é a Gestão Logística da Cadeia de Suprimentos? Entenda!

Publicação: 14/04/2022

Por David Pedra

8 min

Gestão logística da cadeia de suprimentos
Gestão logística da cadeia de suprimentos

Vale destacar que desde o início da pandemia, as empresas precisaram redobrar os cuidados em relação a Gestão Logística da Cadeia de Suprimentos, principalmente por conta da falta de insumos que assola grande parte dos segmentos.

De acordo com uma pesquisa divulgada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), 60% das empresas entrevistadas relataram dificuldades com a falta ou alto custo de matérias-primas nos meses de dezembro de 2021 e janeiro de 2022.

É dentro deste contexto que a Gestão Logística da Cadeia de Suprimentos tem uma grande importância. E se o seu objetivo for melhorar essa gestão, então esse artigo foi feito para você. Continue por aqui só mais três minutinhos.

O que é cadeia de suprimentos?

Antes de falar sobre a Gestão Logística da Cadeia de Suprimentos, é preciso entender o que é  cadeia de suprimentos.

Em linhas gerais, a cadeia de suprimentos, também conhecida como supply chain, é um sistema que interliga toda a cadeia produtiva, indo desde a matéria-prima até o produto acabado que chega ao consumidor.

Sendo assim, podemos dizer que se trata de um conjunto de ações que envolvem diversos elementos e procedimentos efetuados em uma rede.

Só para exemplificar, a cadeia de suprimentos consiste no processo da entrada da matéria-prima na empresa, na sua transformação em produto acabado, e na entrega deste produto para o consumidor final. Todo esse processo demanda muita organização, pois envolve:

  • transporte da matéria-prima;
  • estocagem da matéria-prima;
  • programação de produção;
  • estocagem de produto acabado;
  • faturamento;
  • transporte do produto acabado.

Leia também:

O que é a Gestão Logística da Cadeia de Suprimentos?

Gestão Logistica da Cadeia de Suprimentos (1)

Para que a cadeia de suprimentos cumpra o seu papel no fluxo operacional sem que haja gargalos, é necessário que ela esteja devidamente estruturada e otimizada. E é aí que entra a Gestão Logística da Cadeia de Suprimentos.

Ao analisar todo o processo com uma visão mais ampla, é possível chegar à conclusão de que o produto só chega ao cliente final após um grande esforço que envolve diversos atores.

Eles vão desde os fornecedores, passando por compradores, gestores de estoque e produção, até chegar nas transportadoras e nos órgãos públicos que são responsáveis pelas emissões das licenças.

Desse modo, a gestão logística da cadeia de suprimentos vai muito mais além do que apenas os processos de compra, transporte, estocagem e venda.

Ela  engloba a troca de materiais, o compartilhamento de informações estratégicas, a adoção de políticas conjuntas, boas práticas de compliance e o constante esforço de integração dos processos.

Quais são as suas principais atividades?

Existem diversas atividades que envolvem a gestão logística da cadeia de suprimentos, sendo que tudo começa na localização e seleção de fornecedores.

Esse é um ponto importante, pois boas parcerias garantem que você não ficará na mão em nenhuma época do ano. Além disso, é preciso também ter o cuidado para sempre ter mais do que um único fornecedor de um determinado insumo.

Uma vez selecionados os fornecedores, a segunda etapa é a compra de materiais e insumos. Na sequência vem a estocagem, desenvolvimento e fabricação de produtos.

Dependendo do tamanho da empresa, existe também o transporte de suprimentos na linha de produção. Todo esse processo envolve uma gestão do fluxo diário de materiais.

Assim que o produto sai da linha de produção, ele tem que ser levado para o estoque de produto acabado, para que então seja vendido, faturado e entregue ao cliente.

Se quiser saber como as maiores empresas do mundo controlam a gestão da cadeia de suprimentos, dá só uma conferida neste vídeo 👇

Qual a finalidade da gestão da cadeia de suprimentos?

A principal finalidade da gestão da cadeia de suprimentos é promover a máxima excelência, garantindo mais efetividade durante todo o processo. Para isso é preciso que a empresa consiga implementar algumas boas práticas, como por exemplo:

  • mapear os processos;
  • trabalhar com quantidades corretas de estoque;
  • envolver todos os profissionais.

Quando falamos de mapeamento dos processos não estamos somente dizendo que é preciso fazer um levantamento inicial do conjunto de procedimentos que serão executados.

É preciso acompanhar todo o seu desenvolvimento, sendo essa uma prática contínua que precisa fazer parte da rotina administrativa da empresa.

Esse acompanhamento constante ajuda o gestor a realizar melhorias ao longo de todas as etapas, garantindo mais efetividade no processo. Já em relação ao estoque é importante ter em mente que quanto menor ele for, melhor. Entretanto, isso nem sempre é possível.

Para que a empresa possa trabalhar com um estoque baixo e aumentar sua lucratividade é preciso uma grande sincronia com os fornecedores e o planejamento de produção. Tudo isso faz parte da Gestão Logística da Cadeia de Suprimentos.

Como consequência é preciso que todos os profissionais sejam envolvidos no negócio, alinhados ao mesmo objetivo traçado pela empresa.

Qual a importância da gestão da cadeia de suprimentos para a logística?

A gestão logística da cadeia de suprimentos tem uma grande importância, pois ela vai garantir que os processos sejam mais otimizados.

Diante do crescimento tecnológico, as empresas precisam entender que é essencial também ficar de olho em algumas tendências de gestão como:

  • Internet das Coisas;
  • omnichannel;
  • cadeia de suprimentos autônomas.

Por exemplo, a Internet das Coisas (iOT) tem um grande potencial para permitir a conexão de dispositivos eletrônicos dentro de uma linha de produção.

Isso proporciona um maior controle de toda gestão da cadeia de suprimentos, encontrando erros e gargalos em tempo real, otimizando assim todo processo.

Além disso, a Internet das Coisas também colabora para uma gestão logística melhor no que diz respeito ao omnichannel, que consiste em oferecer variados canais de vendas aos clientes, e exige um remodelamento de toda a cadeia de suprimentos.

Portanto, entendendo que hoje em dia se fala muito sobre o Customer Success que é colocar o cliente no centro do negócio garantindo sua máxima satisfação, não há como atingir isso sem uma boa gestão logística da cadeia de suprimentos.

Como você pode ver, uma boa gestão logística da cadeia de suprimentos é capaz de garantir a máxima satisfação do seu cliente, colaborando para o aumento do lucro do seu negócio.

E para ajudar a sua empresa a ter mais produtividade, comunicação e alcançar os melhores resultados, temos o software de Gestão de Performance Corporativa UPV. Vale a pena conhecer!

Deixe um comentário


O seu endereço de e-mail não será publicado.