Logo siteware

O conceito de estratégia de Mintzberg: aprenda e eleve o nível da sua empresa

CONTEÚDO

Publicação:
Publicação:
Pessoa fazendo planejamento de estratégia de Mintzberg

CONTEÚDO

O planejamento estratégico é a espinha dorsal da gestão de qualquer organização. Sua importância é tamanha, que vários teóricos já se debruçaram sobre o que significa esse conceito. Neste post, nós vamos explicar o conceito de estratégia de Mintzberg, uma das maiores referências em gestão do mundo.

O canadense Henry Mintzberg, autor de alguns best sellers da área de administração e professor da Universidade McGill, descreveu cinco formas de interpretação da estratégia. Segundo Mintzberg, planejamento estratégico pode ser visto como:

  • Plano;
  • Padrão;
  • Perspectiva;
  • Posicionamento;
  • Pretexto.

Vamos entender melhor o que ele quis dizer com cada um desses conceitos?

Os 5Ps de Mintzbeg explicados

De acordo o teórico, a estratégia deve ser encarada pela organização como um processo complexo. Isso significa que há diferentes dimensões envolvidas nele, e somente a partir do domínio de todas essas dimensões a organização terá realmente uma vantagem no mercado. A seguir, vamos ver em detalhe cada um dos 5Ps de Mintzberg.

Estratégia enquanto Plano

A primeira concepção de estratégia de Mintzberg é, talvez, aquela que mais facilmente vem à cabeça quando falamos em planejamento estratégico. Descrever a estratégia como um plano significa enxergá-la como uma sequência de ações que devem ser tomadas em sequência para alcançar um objetivo.

Essas ações são pensadas de maneira calculada, a partir do ponto onde se deseja chegar. Assim, o primeiro aspecto que deve ser definido na estratégia como plano é a meta final. Em uma empresa, alguns exemplos são aumentar a fatia de mercado, internacionalizar-se ou construir uma nova planta de produção em um período de X anos.

A partir daí, são pensadas as ações necessárias para levar a empresa do ponto A, ou seja, onde ela está hoje, até o ponto B, que é o objetivo desejado. A estratégia, nesse caso, será esse caminho a ser percorrido.

Estratégia enquanto Pretexto 

Para se manter fiel aos 5Ps de Mintzberg, a tradução escolhida para o termo original, “ploy”, pode não ter sido aquela que passa a ideia mais clara do conceito. Em inglês, “ploy” poderia ser entendido como um estratagema, uma forma enganadora de manipular alguém, mas foi traduzido como “pretexto” em português.

O que Mintzberg quer dizer com isso é que a estratégia pode ser usada como uma forma de manipular a concorrência para que ela siga pelo caminho mais conveniente para a sua empresa. Seria mais ou menos como um blefe, no pôquer.

Enquanto dá a entender para os concorrentes que você tomará uma direção, na verdade, você tem outro plano completamente diferente em mente. Dessa forma, você manipula o que as outras empresas vão fazer e pode contar com o elemento surpresa mais adiante.

Estratégia enquanto Perspectiva

A estratégia não é uma ciência exata. Não existe uma fórmula que diga quais passos ou decisões vão levar a empresa ao sucesso. A maior parte dessas escolhas são feitas a partir de um viés — e não há nada de mau nisso.

A trajetória profissional dos líderes, a série histórica do mercado e como a empresa se comportou em eventos passados e até a vivência profissional e pessoal das pessoas que fazem parte da equipe são apenas alguns dos fatores que influenciam a tomada de decisões, segundo o autor canadense.

Assim, a perspectiva da estratégia de Mintzberg deve ser interpretada no sentido do ponto de vista. Um planejamento só faz sentido para aquela organização específica, pois só ela tem todos os outros elementos — dos recursos humanos à segmentação de mercado — que justifiquem aquele caminho a ser percorrido.

Você pode assistir ao próprio professor Mintzberg falando um pouco sobre liderança, planejamento e estratégia nesta entrevista que ele deu durante um evento na Universidade de Navarra (em inglês):

Estratégia enquanto Posicionamento

A estratégia como posicionamento é quase um desdobramento da interpretação anterior. Da mesma forma que a sua visão de mundo influencia nas suas decisões estratégicas, Mintzberg pontua que a estratégia também pode ser o fator diferenciador da empresa no mercado. São as chamadas marcas com propósito.

Existem alguns exemplos bastante claros disso, e um dos mais conhecidos é a marca de roupas Everlane. Criada em 2010, a marca tem o propósito de trabalhar com “qualidade excepcional. Fábricas éticas. Transparência radical”.

Esse posicionamento levou a empresa a tomar uma das mais ousadas e controversas decisões estratégicas de todos os tempos: fechar todas as suas lojas na Black Friday de 2013. A justificativa para a ação radical era que a marca não conseguiria ser fiel ao seu propósito estimulando o consumo desenfreado praticado na data.

O exemplo da Everlane mostra que a estratégia pode ser usada também para passar uma mensagem, fazer uma declaração e marcar um lugar. Esse tipo de abordagem estratégica tem o potencial de construir marcas com uma forte relação com seus públicos, além de contribuir muito para a construção da reputação organizacional.

Estratégia enquanto Padrão

A estratégia é fundamental para a inovação. Mas ela também é essencial para manter as atividades e características básicas da empresa. A repetição de determinadas decisões ao longo dos anos cria um padrão de comportamento organizacional.

É exatamente isso que o autor quer dizer quando se refere à estratégia como um padrão. Essa concepção da estratégia de Mintzberg pode soar como algo que “engessa” a gestão estratégica, mas é exatamente o contrário. Quando você sabe bem quais são os seus padrões, você se exime de ficar inventando a roda todos dias e pode inovar naquilo que é realmente importante e necessário.

A estratégia como padrão é exatamente o que acontece quando você decide transformar alguns passos da sua metodologia de gestão em processos. Com as tarefas mais básicas automatizadas, você tem mais tempo para pensar de forma mais criativa.

Nesse aspecto da estratégia de Mintzberg, contar com o auxílio de uma ferramenta de gestão de processos pode ser uma ótima escolha. Por isso, convidamos você a conhecer a STRATWs One, solução de gestão criada pela Siteware para ajudar você na automatização de determinadas tarefas dentro da organização.

A ferramenta transforma em processos a metodologia de gestão que você já usa na empresa. Assim, é possível alcançar uma maior produtividade e eficiência, utilizando o tempo para realizar tarefas mais complexas e que demandam tomada de decisão.

Atualmente, atendemos temos quase 160 mil usuários, espalhados em mais de 1.000 clientes em 20 países diferentes ao redor do globo. Entre os nossos clientes, estão grandes players como Unimed, Dotz e Centauro.

Quer entrar para esse rol de grandes empresas de sucesso? Então peça a sua demonstração gratuita e experimente o serviço!

Banner 16 O conceito de estratégia de Mintzberg: aprenda e eleve o nível da sua empresa
[Template Gratuito]
[Template Gratuito]
[E-book Gratuito]
[E-book Gratuito]
[Guia prático]
[Guia prático]
[Template Gratuito]
[Template Gratuito]
[Kit Gratuito]
[Kit Gratuito]
[E-book Gratuito]
[E-book Gratuito]
[Planilha Gratuita]
[Planilha Gratuita]
[Template Gratuito]
[Template Gratuito]
[Kit de produtividade]
[Kit de produtividade]
[Planilha Gratuita]
[Planilha Gratuita]
[Planilha Gratuita]
[Planilha Gratuita]
[Planilha Gratuita]
[Planilha Gratuita]
[Ferramenta Gratuita]
[Ferramenta Gratuita]