Qualidade

Conheça 7 soluções para reduzir custos com energia elétrica na empresa

Conheça 7 soluções para reduzir custos com energia elétrica na empresa

Publicação : 14/01/2021

Por Siteware

8 min

O gasto com contas de energia elétrica é um dos fatores mais importantes para aumentar os custos operacionais de uma empresa. E você pode se preparar para conviver com faturas ainda mais altas nos próximos anos. A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) já autorizou que as concessionárias aumentem os valores cobrados para o ciclo 2020-2021.

Inicialmente, esse aumento dos valores de contas de luz pode assustar, mas é possível que sua empresa se prepare para evitar pagar caro. A seguir, listamos diferentes formas para reduzir o consumo de energia elétrica numa empresa.

Você verá desde adaptações mais simples até mudanças que poderão levar a uma economia de até 35% nos valores pagos por energia elétrica. Acompanhe!

Dê preferência a lâmpadas de LED

As lâmpadas de LED (Light Emitting Diode ou Diodo Emissor de Luz) são uma alternativa simples e ecológica para empresas que pretendem reduzir o consumo de energia elétrica.

Muito utilizadas em plantas industriais, essas lâmpadas têm consumo até 80% menor do que as antigas lâmpadas incandescentes. Embora o custo inicial por ser mais caro, a queda no consumo compensa o valor em longo prazo.

Além disso, a lâmpada de LED dura, geralmente, 25 vezes mais que uma lâmpada comum e iluminação equivalente.

Para tornar esse recurso ainda mais eficiente na redução de consumo de energia elétrica, é recomendável instalar sensores, para acender e apagar as lâmpadas automaticamente. Assim, elas se mantêm ligadas somente quando necessário.

Adapte ambientes

A adaptação do ambiente de trabalho é outra alternativa simples para economizar energia. É importante avaliar desde a tonalidade das paredes, até a disposição dos móveis e as entradas de ar.

Paredes e móveis mais claros tornam o ambiente sensorialmente mais leve e tendem a diminuir a necessidade de luz artificial. Em longo prazo, isso pode causar um grande impacto na redução de energia.

Também é recomendável avaliar a disposição dos móveis e quais são as entradas de ar e luz natural no ambiente.

O uso de grandes janelas e portas mais largas, ajuda na entrada de luz natural e evita que os ambientes fiquem abafados. Consequentemente, é possível diminuir a necessidade de iluminação artificial e do uso de ar condicionado, um dos grandes vilões do alto consumo de energia elétrica.

Lembre-se que os gastos com energia elétrica podem representar até 40% dos custos de produção. Portanto, qualquer pequena atitude pode fazer diferença para reduzir custos operacionais.

Revise equipamentos

Equipamentos defeituosos tendem a consumir mais energia elétrica. Inicialmente, pode ser difícil identificar quando esses desperdícios acontecem. Portanto, é importante manter revisões periódicas dos equipamentos da empresa.

A manutenção preventiva reduz e pode até mesmo impedir falhas nos equipamentos que prejudiquem o seu desempenho energético.

Quando houver a necessidade de substituição de equipamentos, é recomendável optar por equipamentos ecologicamente corretos. Afinal, a responsabilidade ambiental e as medidas de sustentabilidade ajudam a diminuir os impactos negativos no meio ambiente.

Conscientize colaboradores

As medidas para reduzir o consumo de energia elétrica podem ter um impacto ainda maior na redução de gastos se houver a conscientização de todos os colaboradores da empresa.

É preciso alertar funcionários para que haja o uso racional de ar condicionado, luz e todos os recursos que demandam energia elétrica.

O engajamento dos colaboradores é essencial para evitar desperdícios. Portanto, é recomendável realizar campanhas educativas e fornecer dicas de como diminuir o consumo de energia elétrica.

Use sistemas de gerenciamento de energia elétrica

O gerenciamento de energia elétrica é aplicado para que as empresas alcancem melhor desempenho energético, com a otimização de operações, redução de custos e do consumo de energia elétrica.

Para a implementação monitorar, controlar e otimizar o desempenho energético, são usados Sistemas de Gestão de Energia (SGE).

Os sistemas de gestão de energia têm a função de auxiliar os gestores a reduzir efetivamente o consumo e permitir o uso eficiente de energia, o que impactará na redução de custos.

Com o uso deles, é possível verificar equipamentos ou locais em que há desperdício, assim como avaliar a melhoria da eficiência operacional.

Assim, as empresas identificam com mais facilidade quais caminhos devem ser tomados para reduzir o consumo de energia elétrica.

Considere migrar para o Mercado Livre de Energia

Para empresas com alta demanda de energia elétrica — a partir de 500 kW, o que equivale a cerca de R$ 50 mil mensais com gastos em energia elétrica —, a migração para o Mercado Livre de Energia é uma das melhores alternativas para diminuir os gastos com contas de luz.

No Mercado Livre, as empresas negociam diretamente os seus contratos de energia elétrica com as distribuidoras e identificam as melhores condições de preços e prazos.

Neste ambiente de contratação de energia, o consumidor livre mantém dois contratos: um com a distribuidora, pelo uso do fio de transmissão, e outro com a geradora, que será a responsável por comercializar a energia.

A fatura paga pelo serviço de distribuição feito pela concessionária local tem preço regulado, enquanto as condições referentes a preço, prazo e volume de energia são livremente negociadas entre o consumidor livre e a geradora ou comercializadora.

Ou seja, no Mercado Livre de Energia, as empresas podem encontrar melhores condições e negociar valores inferiores àqueles que normalmente pagariam pela energia comprada das distribuidoras no Ambiente de Contratação Regulada.

A redução dos gastos com energia elétrica pode chegar a até 35%.

Além disso, as empresas que migram para o Mercado Livre ficam menos suscetíveis às variações das bandeiras tarifárias, que elevam os valores das faturas de energia elétrica em períodos de diminuição de chuvas.

Se sua empresa tem o interesse em fazer a migração para o Mercado Livre de Energia, é recomendável recorrer a consultorias especializadas, que fornecem o acompanhamento de todo o processo.

A Esfera Energia realiza o planejamento com análises técnica e regulatória minuciosas, deslumbrando, desde o começo, os ganhos a serem gerados.

O acompanhamento vai desde a contratação de energia até as questões burocráticas que envolvem a migração para o Mercado Livre, com ações rápidas a cada ajuste regulatório. Para entender as necessidades de sua empresa, fale com um especialista Esfera!

Um comentário

Deixe uma resposta


O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *