Logo siteware

6 indicadores de avaliação de desempenho de fornecedores: fique de olho neles!

CONTEÚDO

Publicação:
Publicação:
indicadores de avaliação de desempenho de fornecedores

CONTEÚDO

Fazer um bom trabalho com os seus clientes não depende apenas de boa vontade ou de um único setor.

Para garantir que tudo esteja de acordo com os padrões propostos pela sua empresa, é preciso estar em constante análise de diferentes KPIs (Key Performance Indicators). Em outras palavras, indicadores de desempenho.

Dentro deste contexto, os indicadores de avaliação de desempenho de fornecedores estão entre os mais importantes.

Afinal, caso o setor de compras detecte alguma falha no desempenho do fornecedor, pode significar que o consumidor final está sendo prejudicado. E assim, consequentemente, a empresa também está.

Os indicadores de fornecedores são os responsáveis por trazer as informações relevantes sobre entregas para clientes internos contratados pela empresa com terceiros.

Quer se certificar que esses insumos e recursos estão dentro do padrão de qualidade que você precisa?

Então, conheça 6 exemplos de indicadores de desempenho de fornecedores que podem auxiliar a gestão de compras da sua empresa!

Saiba mais: 3 exemplos de indicadores de eficiência e eficácia para otimizar o uso dos seus recursos

O que saber sobre indicadores de avaliação de desempenho de fornecedores?

Em resumo, os indicadores de avaliação de desempenho de fornecedores servem para evitar surpresas em relação ao resultado do trabalho de fornecedores.

Nenhum gestor gostaria de ter prejuízo porque se esqueceu de analisar KPIs que poderiam ser observados e cuidados com antecedência. Preparamos um vídeo sobre os tipos de avaliação de desempenho para você entender ainda mais sobre o assunto:

Separamos 6 principais exemplos de indicadores de desempenho de fornecedores. Veja abaixo porque são tão importantes e como utilizá-los.

1- Nível de entregas

O nível de serviço de entregas é um dos mais relevantes indicadores de avaliação de desempenho de fornecedores.

Se houver problema na entrega de produtos ou na operação de transporte e logística como um todo, a situação pode causar resultados bastante negativos para a empresa.

Por isso é tão importante medir e acompanhar qualquer que seja a operação.

Ao usar o indicador do nível de entregas, você consegue descobrir se pode ou não confiar no fornecedor em relação às suas entregas. Os prazos estão sendo cumpridos?

Caso positivo, isso significa que o fornecedor está alinhado com o nível de qualidade da sua empresa. Mas, caso contrário, talvez deva considerar trocar de fornecedor ou alinhar melhor as estratégias da empresa com o atual.

2- Taxa de devolução

Outro dos indicadores de fornecedores que você pode acompanhar com frequência é a taxa de devolução.

Saber quantas vezes um produto foi devolvido e quantos deles vieram com defeitos pode auxiliar na análise do desempenho daquele fornecedor contratado.

3- Tempo de resposta

Parte da observação sobre o desempenho operacional do fornecedor estará em seu tempo de resposta. Quanto tempo demora do pedido de compra ao efetivo atendimento e à prestação do serviço?

Há quem conheça esse KPI pelo nome de “lead time”, que seria o tempo total do processo de compra. Ou seja, desde a solicitação do cliente até a entrega final.

4- Saving financeiro

O saving é um indicador financeiro que consegue medir ganhos e economias ao estabelecer a razão entre o serviço orçado e comprado.

A ideia é entender exatamente os valores que entram e saem com determinado fornecedor. Desta forma, buscando sempre maneiras de reduzir gastos ou até mesmo gerar mais lucro para a empresa.

5- Tabela de preço

Se você tiver uma tabela de preço desde o início, poderá medir evoluções de valores durante o processo de compra.

Uma utilidade desse tipo de indicador é entender os períodos do ano em que há mais ou menos compras, em que os custos são maiores ou menores – a chamada sazonalidade.

6- Pesquisa de satisfação

Método mais antigo, mas também um dos mais eficazes, a pesquisa de satisfação pode te fazer chegar a uma real conclusão sobre seu fornecedor.

Medir a satisfação do cliente com pesquisas e feedbacks é também uma forma de mostrar interesse e buscar níveis de satisfação sempre superiores.

Pergunte sobre o atendimento e a qualidade do produto, mas também aproveite para questionar novas preferências do cliente. Somente assim será possível garantir evoluções constantes.

Veja também: 4 exemplos de indicadores de produtividade para otimizar seus resultados

Dica extra: avalie os “10 C’s” de seus fornecedores

De acordo com o diretor da DPSS Consultants Ray Carter, com base em um tema que escreve desde 1995, existem 10 C’s que ainda podem ajudá-lo a avaliar fornecedores. São eles:

  1. Competency – Competência
  2. Capacity – Capacidade
  3. Commitment – Compromisso
  4. Control – Controle
  5. Cash – Dinheiro
  6. Cost – Custo
  7. Consistency – Consistência
  8. Culture – Cultura
  9. Clean – Limpeza
  10. Communication – Comunicação

O que significa que nada deve ser ignorado para avaliar um fornecedor, que seguirá com sua empresa na entrega de produtos e busca por qualidade.

Da competência e capacidade ao compromisso, suporte, saúde financeira, até o compartilhamento de valores e a comunicação próxima: observe tudo com bastante cuidado.

Com os indicadores de avaliação de desempenho de fornecedores certos, você não terá com o que se preocupar! E então, que tal testar um deles e compartilhar sua experiência?

Confira em nosso blog: Indicadores de desempenho de controladoria: 4 principais para encontrar os resultados [reais] da sua empresa

Quer acompanhar seus indicadores em tempo real, com transparência e confiabilidade?

O STRATWs One é um software de acompnhamento de performance corporativa que aproxima pessoas, processos e a estratégia do negócio.

Revolucione a gestão da sua empresa com o STRATWs One

solicitar demonstracao 16 6 indicadores de avaliação de desempenho de fornecedores: fique de olho neles!

assinatura mar 18 daniella 15 6 indicadores de avaliação de desempenho de fornecedores: fique de olho neles!

Daniella DoyleJornalista e Publicitária de formação, está no mercado há mais de 15 anos com foco em gerar resultados para empresas B2B por meio de estratégias online e offline. Adora uma nova tendência e trabalhar com métricas e metas. É gerente de marketing na Siteware e, quando sobra um tempinho, aproveita para tricotar e pintar!

Biaxe nosso KIT gratuito e saiba mais sobre indicadores de desmepenho: Kit exclusivo – tudo e mais um pouco sobre KPI

[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]