Logo siteware
  Gestão de Equipe

Como a gestão da educação pode transformar sua escola?

Como a gestão da educação pode transformar sua escola?

Publicação: 25/04/2022

Por David Pedra

9 min

gestão da educação
gestão da educação

A gestão da educação é essencial para que uma escola, seja ela pública ou privada, crie  condições para o desenvolvimento dos seus alunos.

Diante do crescimento tecnológico e do aumento da procura por cursos EAD, tornou-se ainda mais importante pensar na gestão educacional como um todo.

Para se ter uma ideia, segundo uma pesquisa da Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (ABMES), o ensino à distância tende a superar o presencial ainda neste ano.

O levantamento apontou que a busca por cursos EAD cresceu 59% entre 2020 e 2021 na comparação com os anos anteriores, evidenciando que a procura  por mais qualificação está em constante crescimento.

Nesse sentido, a estratégia pedagógica, bem como a gestão dos processos, precisam ser muito bem pensadas e elaboradas, não só para atender a demanda crescente, como também para introduzir a tecnologia no sistema de ensino.

Portanto, se a sua escola quer surfar nessa onda  e implantar a gestão da educação com auxílio da tecnologia, esse artigo é para você. Vem com a gente.

Para complementar esse material, a Siteware preparou um kit completo, com as ferramentas de gestão mais utilizadas no mercado. São 4 planilhas para facilitar a sua gestão: Clique aqui!

O que é a gestão da educação?

A gestão da educação  se refere a um conjunto de processos  dentro de uma instituição de ensino. Ela envolve desde a administração até a implementação da pedagogia, cabendo aos gestores otimizarem as atividades para aumentar a eficiência do ensino.

No Brasil, as instituições de ensino podem ser públicas ou privadas, uma vez que a Constituição de 1988 garante a todo cidadão o direito à educação.

Embora seja de responsabilidade do Estado promover o ensino no Brasil, é permitido à iniciativa privada explorar o setor, cabendo a cada instituição desenvolver sua própria gestão pedagógica de maneira autônoma.

Por isso, é possível encontrar escolas com pedagogias diferentes, embora haja uma diretriz que deve ser seguida por todas as instituições de ensino.

Leia também:

Qual a importância da gestão escolar no processo educativo?

Gestão da Educaçao

Em se tratando de uma instituição de ensino privada, seja ela de nível superior ou básico, é necessário ter uma visão não só de negócios, mas também pedagógica.

Isso porque a escola tem a nobre missão de desenvolver os alunos para o mercado de trabalho e também para serem melhores como pessoas contribuindo com a sociedade.

Desse modo, a melhoria contínua na gestão da educação é capaz de gerar mais qualidade no ensino para garantir essa contribuição à sociedade.

Além disso, ela também é capaz de ajudar a otimizar os processos para evitar retrabalhos, e ampliar a lucratividade, enquanto ao mesmo tempo, pensa na elaboração dos melhores métodos pedagógicos para seus alunos.

O primeiro passo para se pensar em uma gestão escolar eficiente é o planejamento. E isso pode ser visto no aumento de instituições se aprofundando em planejamento estratégico anualmente.

Entretanto, quando um planejamento é traçado, ele precisa ser monitorado para saber se as metas e objetivos serão alcançados em um determinado período.

Neste ponto, podemos dizer que a gestão da educação é muito parecida com uma gestão empresarial, pois precisa seguir basicamente a mesma lógica de trabalho.

Ou seja, é preciso planejar, implementar, monitorar e criar melhorias constantes para que as metas e objetivos sejam realmente alcançados.

Para ajudar nesse processo, é interessante contar com um software de gestão estratégica. O STRATWs One, desenvolvido pela Siteware, é o sistema mais completo do mercado e ajuda a levar você e sua empresa mais longe!

Quem faz parte da gestão educacional?

Todos os profissionais de uma instituição fazem parte da gestão educacional. Inclusive, a gestão democrática é prevista na Constituição Brasileira e recentemente ela foi incluída como meta no Plano Nacional de Educação (PNE) de 2014.

Dentro da visão da gestão democrática, as instâncias administrativas e pedagógicas de uma escola não podem ser vistas como opostos. Portanto, é necessário criar uma concepção democrática em todas as instâncias, diferente de uma liderança autocrática.

No caso de uma liderança autocrática, as decisões são centradas na direção enquanto que na gestão democrática há mais participação colaborativa de coordenadores e professores.

É importante frisar que a gestão democrática não pode se limitar às ferramentas formais, mas sim, precisa estender-se na relação entre os educadores, diretores, administradores e alunos de uma escola.

No vídeo abaixo, o professor da Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo, Vitor Henrique Paro, traz uma visão detalhada, com a proposta de que a gestão da educação precisa  ter menos foco no diretor e mais compartilhada com coordenadores.

Nesse sentido, passam a fazer parte da gestão educacional não só a alta cúpula de uma instituição, mas também:

  • coordenadores pedagógicos;
  • professores;
  • alunos;
  • auxiliares administrativos;
  • pedagogos;
  • diretores de ensino.

Qual é o papel dos profissionais da educação frente à gestão escolar?

Cada profissional da educação citado acima tem um importante papel frente à gestão escolar. Ou seja, é necessário haver uma aproximação da administração com os educadores.

Por exemplo, os educadores precisam estar alinhados à questão da gestão dos recursos, entendendo como funciona a gestão financeira para tirarem o máximo proveito do que tem a sua disposição.

Ao mesmo tempo, por estarem na linha de frente, eles contribuem com sua visão sobre os melhores métodos e materiais que seriam necessários para o desenvolvimento do aluno, como uma lousa digital ao invés de uma normal, por exemplo.

Portanto, no momento de planejar a  gestão da educação para o ano letivo, é preciso que todos os profissionais se façam presentes e que cada um contribua com sua visão para a criação de um ambiente agradável e lucrativo ao mesmo tempo.

Como a tecnologia pode ajudar na gestão da educação?

Independentemente de qual for a instituição de ensino, a gestão democrática é capaz de gerar resultados muito melhores para a escola.

No entanto, para que exista um acompanhamento dessa gestão, se faz necessário o auxílio de um software que ajude a mensurar os indicadores de desempenho na educação.

Um sistema de gestão educacional é uma excelente solução para otimizar tanto o trabalho administrativo quanto pedagógico da instituição.

Afinal, ele oferece recursos que permitem o controle completo da operação acadêmica, focando na eficiência e segurança no momento de tomar uma decisão. Isso sem falar que ele colabora para a fluidez na comunicação em  toda a comunidade acadêmica.

E quando o assunto é gestão da educação na atualidade, não podemos mais pensar em processos manuais que além de burocratizar o sistema, criam ineficiências no meio do caminho.

Portanto, se a sua escola quer implementar uma gestão de educação com qualidade, acompanhando os indicadores administrativos e pedagógicos, uma boa solução é o STRATWSOne que garante uma excelente otimização. 

Com o auxílio do STRATWSOne, a sua escola poderá criar um planejamento estratégico de gestão e acompanhar todos os indicadores, encontrando melhorias necessárias durante o processo. Não deixe de conhecer, você vai se surpreender!

Deixe um comentário


O seu endereço de e-mail não será publicado.