Logo siteware

Como avaliar um projeto na educação infantil? Entenda de uma vez!

CONTEÚDO

Publicação:
Publicação:
avaliar um projeto na educação infantil

CONTEÚDO

Avaliar um projeto na educação infantil exige a criação de métricas e indicadores, colocando o aluno como protagonista do processo educativo.

É importante lembrar, que em 2017 foi aprovada a Base Nacional Comum Curricular (BNCC) que trouxe algumas mudanças significativas para a educação infantil.

Essas mudanças impactaram a maneira como as crianças são avaliadas, sendo que entre as diretrizes passaram a figurar seis direitos de aprendizagem:

  1. conviver;
  2. brincar;
  3. participar;
  4. explorar;
  5. expressar;
  6. conhecer.

Além disso, passou-se a ter uma nova organização do currículo, colocando o aluno como personagem principal do processo seletivo. Quer saber mais? Vem com a gente.

Quais são as formas de avaliação na educação infantil?

Antes da reforma de 2017 eram usados como documentos estruturantes o Referencial Curricular Nacional para a Educação Infantil (RCNEI) criado em 1998, bem como as Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Infantil (DCNEI) de 2009.

No entanto, a partir da nova reforma, os professores e coordenadores passaram a ter mais clareza sobre o papel da educação infantil, e como deverá ser feita a avaliação.

É importante frisar que a mudança trouxe um foco maior na escuta às crianças. Ou seja, elas passam a ter uma participação mais efetiva no processo de decisão.

Até então, era comum o professor fazer um planejamento de aulas sem considerar quais eram os interesses dos alunos. Agora eles se tornaram verdadeiros protagonistas.

Sendo assim, a avaliação na educação infantil deve contemplar a evolução individual da criança no decorrer do tempo para saber se os direitos delas estão sendo garantidos.

Nesse sentido, o docente e o coordenador devem atuar como observadores do cotidiano da criança para planejar possíveis intervenções que considerem as orientações nacionais e as necessidades do aluno.

Se você quiser saber um pouco mais sobre o BNCC, não deixe de conferir esse vídeo logo abaixo 👇

Como avaliar um projeto de educação infantil baseado em resultados?

A nova avaliação de um projeto de educação infantil precisa identificar se as práticas da sala de aula estão realmente surtindo o resultado esperado.

Desse modo, essa análise não vai servir mais para classificar as crianças, mas sim para que o professor saiba se ele está  promovendo os momentos de aprendizagem e ver o que está dando certo ou não.

No entanto, para que os resultados sejam alcançados, é fundamental que além da informação, os docentes registrem todos os acontecimentos em sala de aula.

Isso pode ser feito através de registros escritos, fotográficos ou até mesmo por meio de filmagens. São esses registros que vão servir de base para o planejamento do coordenador e do docente.

Leia também:

Quais os instrumentos da avaliação na educação infantil?

educação infantil

Diante das mudanças, o planejamento precisa ter por base o olhar atento em cada criança. Então o professor precisa atuar primeiro como um observador, se quiser saber como avaliar um projeto de educação infantil.

Posteriormente, ele passa a definir os seus projetos e pensar em propostas para cada turma, com o objetivo de desenvolver a criança.

Nesse sentido, os instrumentos de avaliação que podem ser registros de imagens, escritos ou filmagens ajudam a garantir os direitos previstos na Base.

Uma forma de conseguir isso é fazendo uma leitura periódica dos registros, bem como a produção de um documento síntese com os pontos principais.

Então, o docente precisa se reunir com os coordenadores para que criem parâmetros comuns, ajudando inclusive outros membros da equipe.

Avaliação diagnóstica na educação infantil

Como é possível ver, a avaliação diagnóstica na educação infantil, após a reforma, se dá de muitas maneiras, sempre com foco nos alunos, sendo elas:

  • observação em sala de aula;
  • leitura e compartilhamento dos registros;
  • acompanhamento;
  • reunião para discussões.

Observação em sala de aula

O coordenador precisa acompanhar o cotidiano das crianças, bem como a didática dos professores em sala de aula. Isso vai ajudar ele a participar do processo, identificando as dificuldades, assim como as próprias potencialidades dos alunos.

Essa observação compreende também a organização do espaço, o fornecimento de materiais e tudo que diz respeito à interação com as crianças.

Compartilhamento dos registros

As próprias produções das crianças, assim como os registros dos professores ajudam os docentes a compartilharem dúvidas e propor soluções.

A intenção desses instrumentos é garantir uma maior qualidade do ensino, bem como ampliar a reflexão sobre a prática educacional.

Acompanhamento

A avaliação do projeto de educação infantil precisa ter um acompanhamento periódico, e não pode ser feita somente no final do ano letivo.

Então, tanto os docentes quanto os coordenadores precisam fazer observações e registros com frequência, para reunir eles em um portfólio ou documento síntese. Essa é uma prática que vai ajudar a criar um norte e, se necessário, refazer o planejamento das atividades.

Reunião para discussões

Por fim, o coordenador precisa separar alguns momentos durante a semana para se reunir com a equipe para promover discussões sobre as diretrizes da BNCC.

Essa é uma forma de gerar mais clareza para que os docentes consigam avaliar a turma, identificando se os direitos de aprendizagem estão garantidos.

Como criar os indicadores de um projeto de educação infantil?

Para que os coordenadores e professores consigam desenvolver um projeto com melhoria contínua, é essencial criar indicadores e métricas.

São esses indicadores que serão capazes de dar uma referência se o que está sendo passado realmente está desenvolvendo o aluno conforme previsto na BNCC.

O uso da tecnologia para catalogar os registros e fazer esse acompanhamento, é de suma importância, e pode garantir um aprendizado ainda mais focado nas necessidades dos alunos.

Um bom software de gestão educacional tem o poder de integrar todas as partes, fazendo com que o acompanhamento do aluno seja feito em tempo real.

Isso possibilita ao coordenador promover encontros assim que julgar preciso, tendo por objetivo mudar o planejamento quando isso se fizer necessário.

Existem atualmente diversos tipos de software no mercado que ajudam nessa interligação, sendo que o StratwsOne é um dos mais conhecidos.

Com ele, os coordenadores e professores passam a ter uma leitura mais clara do que está sendo passado em sala de aula, conseguindo identificar o que está dando certo no projeto de educação infantil, e o que não está.

Portanto, se a sua escola está em busca de um software que ajuda a entender como avaliar um projeto de educação infantil, não deixe de conhecer o STRATWS One!

Banner 16 Como avaliar um projeto na educação infantil? Entenda de uma vez!

Deixe um comentário


O seu endereço de e-mail não será publicado.

[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[Evento online e gratuito]
[Evento online e gratuito]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[Evento online e gratuito]
[Evento online e gratuito]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[Evento online e gratuito]
[Evento online e gratuito]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]
[class^="wpforms-"]