Processos

7 critérios que você não deve ignorar na hora de saber como escolher ERP

7 critérios que você não deve ignorar na hora de saber como escolher ERP

Publicação : 19/06/2019

Por Siteware

9 min

como escolher ERP
como escolher ERP

(Clique no player para ouvir a narração do nosso post sobre Como Escolher ERP! Deixe para a gente o que achou nos comentários!)


Muitos gestores já reconhecem as inúmeras vantagens de ter um sistema de ERP (Enterprise Resource Planning) para auxiliar na administração do negócio.

Afinal, planejar os recursos empresariais por meio de um sistema de gestão integrado garante muito mais exatidão aos dados da empresa e uma visão ampla de todos os processos de negócios e profissionais envolvidos.

Mas exatamente quais são os critérios de escolha de um ERP? Como escolher ERP?

Separamos abaixo 7 insights para que você saiba como escolher ERP com a certeza de que está fazendo o investimento certo para a sua empresa!

Sistemas ERP também são conhecidos como Sistemas de Gestão Integrada – SGI. Confira uma esquematização de um deles, criada pelo NFe.io:

como escolher ERP

Veja também: Como implantar ERP em sua empresa: 8 passos para uma gestão otimizada

7 dicas de como escolher um sistema ERP

1- Defina as áreas e os processos prioritários

A primeira etapa de como escolher ERP é definir as necessidades atuais da sua empresa. Assim, você deve optar pelas áreas e processos prioritários para integrarem ao ERP.

Inúmeros processos de setores distintos podem ser automatizados, como a contabilidade, o financeiro, recursos humanos, vendas, marketing. Então, é importante entender quais atividades podem ser otimizadas com uma gestão que utilize ERP.

Uma dica é levantar falhas ou situações anteriores que mostraram exigir mais cuidado, sejam elas voltadas à produção, comunicação, estoque etc.

2- Entenda quantas pessoas estarão envolvidas

Para saber exatamente qual é o melhor tipo de ERP para a sua empresa, você precisa entender quantas pessoas estarão envolvidas no projeto.

Ou seja, quantos usuários precisarão ter acesso ao sistema. Questões como essa também impactam no preço da solução.

3- Procure um sistema de fácil implantação

Além de ajudar na gestão empresarial como um todo, o ERP influencia diretamente no fluxo de trabalho de colaboradores de diferentes áreas da empresa.

Por este motivo, é importante garantir que a plataforma seja de fácil implantação e que a mudança impacte positivamente todos os envolvidos.

Um dos principais cuidados de como escolher ERP, portanto, é verificar a facilidade de implantação e também adequação do sistema para a equipe.

Veja também como o software será instalado, se exigirá investimento em treinamento dos funcionários para que possam utilizar o sistema corretamente etc. Se possível, solicite um período de testes gratuito para sua equipe se familiarizar mais rapidamente.

4- Priorize os SaaS e compare as opções disponíveis no mercado

Um dos mais utilizados por pequenas empresas, o Software as a Service (SaaS) é um software vendido como um serviço, com acesso online remoto e pagamento mensal.

A facilidade desse tipo de software está justamente no acesso. Ele pode ser feito até mesmo pelo celular, e por ser uma ferramenta de gestão em nuvem, é mais fácil de implantar.

Um SaaS ERP, no caso, permite todo o controle dos mais variados processos, mas de maneira 100% integrada.

Compare as opções disponíveis no mercado, como o ERP ContaAzul, o Tiny ou o Bling, por exemplo. Os valores podem partir de R$ 50 e ultrapassar os R$ 500. Tudo depende dos módulos que você escolhe, funcionalidades que podem envolver financeiro:

  • notas fiscais;
  • gestão de produtos;
  • estoques;
  • pedidos;
  • produção;
  • financeiro;
  • ordens de compra;
  • entregas.

Entre outros serviços.

5- Avalie o custo-benefício

Não somente ao se perguntar quais são os critérios de escolha de um ERP, como ao implantar qualquer nova estratégia na empresa, avaliar o custo-benefício é imprescindível.

Os sistemas ERP, especialmente os SaaS, têm preços mais acessíveis no mercado. Mas os valores variam de acordo com as funcionalidades, customização e treinamentos necessários.

A dica principal de como escolher ERP sem precisar se preocupar com o preço é estabelecer um orçamento ideal e, com ele, buscar qual opção atende suas reais necessidades.

Não é porque um sistema é mais complexo e promete mais recursos e usuários iniciais que será o melhor para o que você precisa no dia a dia. Avalie o custo-benefício de acordo com os serviços prioritários e sua realidade financeira.

6- Pesquise sobre a escalabilidade do sistema

Se a sua empresa é pequena e tem poucos colaboradores, um sistema simplificado provavelmente atenderá sua necessidade atual.

Mas não quer dizer que, ao crescer e começar a envolver novos setores, que não poderá utilizar esse mesmo software para atender o controle desses novos processos.

A possibilidade do software “se expandir” junto com o crescimento da empresa tem a ver com a escalabilidade.

Ou seja, dependendo do tamanho de sua equipe e as mudanças estruturais, é importante que o software permita que você altere o plano, se necessário. Assim como incluir mais envolvidos, você deve poder adicionar novas ferramentas e serviços ao pacote inicial contratado se preciso.

O ideal é não perder tempo trocando sistemas e sim adaptar a empresa a uma plataforma amigável, que também se adeque à realidade empresarial.

7- Acompanhe os resultados

Saber como escolher ERP é só o começo. Depois de decidir, você precisará acompanhar os resultados que o software oferecerá à empresa para saber se realmente tem funcionado adequadamente.

Para isso, atualize seus indicadores de performance e avalie as mudanças do ERP. Se têm facilitado no fluxo de trabalho e na comunicação interna, por exemplo.

Também peça feedbacks aos colaboradores e usuários da plataforma. Caso o resultado não esteja sendo o ideal, não hesite em testar uma nova solução. Faça isso até encontrar aquela que realmente se ajuste aos seus processos empresariais.

Quer saber mais sobre ERP? Então, confira este vídeo da Euax:

Leia mais: ERP para pequenas empresas: veja como funciona, seus objetivos e quais os 5 passos para colocar em prática

Mas, e então, sua empresa está pronta para otimizar sua gestão e seus processos com ERP?

Agora que já sabe quais são os critérios de escolha de um ERP, ficou mais fácil escolher o melhor software!

Leia também: Como adotar a gestão empresarial com ERP pode turbinar seus negócios

Quer ter acesso a diversos indicadores do seu negócio em tempo real? Então, conheça o STRATWs One, um software de acompanhamento de performance empresarial que te mantém informado sobre tudo que você precisa.

Revolucione a gestão da sua empresa com o STRATWs One

Daniella DoyleJornalista e Publicitária de formação, está no mercado há mais de 15 anos com foco em gerar resultados para empresas B2B por meio de estratégias online e offline. Adora uma nova tendência e trabalhar com métricas e metas. É gerente de marketing na Siteware e, quando sobra um tempinho, aproveita para tricotar e pintar!

Para usar um sistema ERP é importante dominar o conceito de KPI. Por isso, baixe nosso KIT com tudo sobre KPI e domine o assunto!

Deixe uma resposta


O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *