Comunicação

Saiba como fazer a Integração entre setores de uma empresa e alavancar seus resultados

Saiba como fazer a Integração entre setores de uma empresa e alavancar seus resultados

Publicação : 15/11/2016

Por Siteware

9 min

A velha máxima de que o capital humano é um dos bens mais preciosos de uma empresa nunca esteve tão em alta. Portanto, o grande X da questão é saber como construir um ambiente harmonioso entre colaboradores de personalidades e funções profundamente distintas, com a integração entre setores da empresa.

Acha isso difícil? Pois saiba que, ao integrar setores, você pode vivenciar essa realidade mais rápido do que imagina!

Muito além do que simplesmente aplicar uma política de boa vizinhança, promover a sinergia entre departamentos fará com que as equipes sejam mais produtivas. E isso, na prática, ainda poderá evitar problemas que, antes, passavam despercebidos.

Então, quer ver isso acontecer na sua empresa? Confira como neste artigo!

Como fazer a integração entre setores de uma empresa

1- Por onde começar?

A implantação de um clima organizacional ameno e produtivo tem de começar a partir do primeiro dia do colaborador.

Assim que um profissional for efetivado, leve-o para conhecer e ser apresentado em todos os setores da empresa. Dessa maneira, além de o novato se sentir acolhido pelos colegas, o fato de conhecer quem está na equipe evitará situações desconcertantes com os profissionais de longa data.

“Mas o que eu faço com os veteranos?” — você pergunta. É simples: explore os canais internos de comunicação, como o mural e o e-mail. Mantenha-os informados sobre o que acontece em cada setor, estando sempre atento com o nível de confidencialidade da informação passada.

Contudo, lembre-se de que o objetivo não é escancarar as atividades de cada área, mas sim estabelecer um relacionamento transparente entre todas as equipes.

2- O que devo fazer?

A capacidade administrativa de um gestor é fundamental na hora de fazer a integração entre setores de uma empresa. Isso porque, ao envolver departamentos tão específicos quanto o financeiro e o de produção, por exemplo, podem haver desavenças que só um líder confiável e imparcial poderá resolver.

Vamos imaginar a seguinte situação: um colaborador que vem conquistando resultados de alta performance decide pedir um aumento salarial após receber a notícia de que a empresa bateu a meta de lucro daquele ano. No entanto, o departamento financeiro já reservou aquela quantia para investir em melhorias na infraestrutura. Como resolver isso?

Com a boa, e sempre bem-vinda, conversa. Nesse caso específico, por se tratar de uma questão mais pessoal, o indicado é reunir o colaborador e o representante do setor financeiro em um local reservado para explicar-lhes a situação.

E, para outros conflitos de natureza interna, a dica é fazer reuniões periódicas — mas não muito extensas — envolvendo as equipes e lhes dando sempre a oportunidade de expor seu ponto de vista.

3- Como promover o engajamento?

As reuniões mencionadas anteriormente não devem ser vistas apenas como um momento de críticas generalizadas. Logo, aproveite a ocasião para mostrar os resultados obtidos pela empresa, e como cada equipe contribuiu no processo.

Assim, ao fazer do negócio uma responsabilidade de todos, você motivará os colaboradores a trabalharem com mais afinco para que o próximo relatório seja ainda melhor.

Quanto àqueles que não obtiverem um desempenho tão expressivo, deixe claro que a empresa confia no potencial de cada um e que investirá em todos, por igual. Esse respaldo será crucial para que eles possam sacudir a poeira e trazer resultados melhores no futuro.

Com os melhores querendo aprimorar e os demais querendo se superar, as metas serão sempre batidas.

Além disso, nos momentos de confraternização com as equipes — em datas festivas ou na comemoração de aniversários, por exemplo — ressalte o trabalho de todos como um conjunto. E esteja atento para não passar a ideia de que, mesmo naquela situação fora dos padrões, você ainda está “de olho” nos colaboradores.

Dê o exemplo e converse sobre outros assuntos com eles, promovendo um ambiente mais familiar e acolhedor.

4- Como construir um diálogo saudável?

Motivação sem participação é como uma empresa de última geração sem profissionais capacitados: simplesmente não funciona. Por isso, para que a integração entre setores dê bons resultados, é primordial que cada coordenador de equipe esteja disposto a ouvir sugestões.

E é aí — mais uma vez — que o gestor faz toda a diferença. Muitas vezes, estamos tão envolvidos na resolução de um problema que não conseguimos enxergar a saída mais simples e efetiva para o caso.

Aliás, quantas vezes você resolveu um conflito em poucos instantes pelo fato de ter uma visão externa? Pois essa é uma vantagem que você pode explorar ao máximo no processo de entre setores de uma empresa.

A cada encontro, melhore a comunicação interna entre equipes e permita que os colaboradores possam opinar, tanto na sua área de atuação quanto nas demais. À medida que eles se sentirem mais à vontade, poderão trazer mais soluções e até apontar erros que possam quebrar o ritmo de crescimento na empresa.

Quer maneira mais efetiva de melhorar os processos do que considerando as opiniões de quem tem interesse no sucesso do negócio?

5- E se algum conflito surgir?

Nesse caso, use o seu dom de liderar e ponderar para encontrar uma solução que possa, sobretudo, garantir o andamento dos projetos da empresa. Nessa situação, também é importante dar espaço para que as partes envolvidas possam expor seu ponto de vista e tenham do gestor uma análise imparcial e profissional.

Será muito complicado agradar a gregos e troianos, sem dúvida alguma. No entanto, é possível demonstrar àquele colaborador que não ficou satisfeito com a solução que a escolha foi feita com base no que era melhor para a empresa.

Então, esclareça que a decisão teve como único objetivo preservar o negócio e não prejudicá-lo individualmente. Assim, você construirá uma credibilidade interna que será muito útil caso ocorram situações semelhantes no futuro.

Além disso, a transparência no relacionamento com consumidores e fornecedores precisa ser aplicada também internamente em todas as empresas, independentemente do porte ou segmento de atuação. Afinal, uma empresa dificilmente conseguirá construir e manter uma reputação sólida no mercado se, da porta para dentro, o clima que prevalece é o de competição e descontentamento.

Por isso, seja sua equipe antiga ou não, comece hoje mesmo a fazer a integração entre setores de uma empresa, como o de recursos humanos e tecnologia da informação com o jurídico, o financeiro, e assim por diante. Ao transformar o trabalho individual em uma unidade, promovendo o alinhamento com os valores e objetivos da empresa, os resultados só vão aumentar e melhorar.

Agora, aproveite que você já entende tudo sobre integração entre setores de uma empresa e domine também a arte de liderar na crise, característica muito importante para qualquer gestor. E aí, conhece alguém que daria tudo para ter acesso ao conteúdo que você leu aqui? Compartilhe este post nas suas redes sociais!