Ir para conteúdo
Método Falconi

Gerenciar uma empresa de forma estratégica e saudável é um processo que demanda diversos esforços dos gestores. Mesmo com um planejamento estratégico bem construído, a execução se mostra como o principal desafio que determina a sobrevivência e o sucesso da organização.

Sabendo disso, o método Falconi Gerenciamento pelas Diretrizes (GPD) surge como uma alternativa para otimizar a implantação da estratégia, a desmembrando entre várias diretrizes que levam aos objetivos finais da alta administração. Hoje falaremos um pouco sobre como esse método pode ser útil às organizações. Continue lendo e saiba mais!

História do método Falconi – GPD

A Gestão da Qualidade Total é uma estratégia de administração que tem como objetivo dar ênfase à qualidade dos processos organizacionais, como projetos e processos rotineiros necessários para o bom desenvolvimento das empresas. Um dos fundamentos dessa estratégia foi disseminado no Brasil pelo autor e consultor de gestão Vicente Falconi, com a denominação de Gerenciamento pelas Diretrizes (GPD).

De acordo com Falconi, pouco se falava no Brasil sobre planos de ação e metas na década de 1980. A preocupação com o desempenho da gestão tinha mais enfoque em burocracias governamentais, o que começou a mudar mais intensamente na década de 1990. Tendo ênfase em 96 em diante, as empresas brasileiras passaram a ser melhor gerenciadas. Elas começaram a entender a necessidade de se adaptarem e aprimorarem devido às grandes exigências do mercado.

Um dos grandes méritos do professor Falconi foi entender que o método de desdobramento poderia ser utilizado por todas as partes da organização, ao contrário da sua ideia inicial, que era focada apenas na qualidade dos processos. Ele conseguiu disseminar essa prática desde o operacional até a alta administração.

Dessa forma, desenvolver estratégias com foco em desdobramento de metas, melhoria contínua da qualidade e na gestão de mudanças se tornaram os pilares para um gerenciamento bem-sucedido. Falconi resumiu em seu livro “Gerenciamento pelas Diretrizes”, de 1996, esse subsistema da GQT de forma simples e didática, considerada uma obra essencial para o empreendedorismo do terceiro milênio. 

O que é o Gerenciamento pelas Diretrizes?

O GPD é um sistema de gestão que desdobra diretrizes em metas alcançáveis a todos os colaboradores. O método trata de ir desenvolvendo atividades que passam pelos âmbitos estratégico (alta gestão da empresa), tático (gestão intermediária, departamentos e áreas) e operacional (supervisão e coordenações ligadas à produção). Com esses desdobramentos, é possível envolver toda a empresa em direção aos objetivos estratégicos.

As ações dos colaboradores e o batimento de metas são o que fazem a estratégia funcionar. Sabendo disso, método Falconi Gerenciamento pelas Diretrizes surge com o objetivo de fazer o planejamento estratégico operar de forma eficaz. Para tal, os colaboradores, gerentes e supervisores precisam saber exatamente de que forma devem agir e qual a importância das suas tarefas.

O engajamento é trabalhado a partir do desenvolvimento de metas e planos de ação que desafiem e encorajem os colaboradores a desenvolverem suas habilidades de forma criativa, resultando nos objetivos a longo prazo da organização. Para selecionar as metas de cada membro da equipe, ter uma visão ampla das limitações e oportunidades da organização é peça-chave do GPD, o que pode ser analisado com o auxílio da Análise SWOT.

Metas X Objetivos

É comum o conceito dessas duas palavras serem confundidos e utilizados de forma equivocada. Para que a implantação do método Falconi Gerenciamento pelas Diretrizes seja feita corretamente, todos os envolvidos precisam entender o real significado das metas atribuídas e dos objetivos a serem alcançados.

O objetivo representa o que você quer fazer ou alcançar, enquanto as metas descrevem quanto e até quando você pretende fazer. As metas precisam de instruções para que elas sejam realizáveis na prática. Elas costumam ter datas, prazos, porcentagens e números exatos que permitam a mensuração. Por exemplo:

Objetivo: aumentar as vendas da empresa;
Meta: aumentar as vendas em X% até dezembro de 2018.

Veja o vídeo a seguir sobre o estabelecimento de metas por Vicente Falconi:

Ciclo PDCA 

O Gerenciamento pelas Diretrizes constitui uma forma de atingir os objetivos gerais e a longo prazo da organização. Ele é focado em melhorias contínuas dos processos e na qualidade dos mesmos pelo desenvolvimento das diretrizes. Enquanto isso, o Ciclo PDCA é um método utilizado para solucionar problemas que atrapalham o alcance dos objetivos. Dessa forma, o Ciclo se mostra como uma ótima ferramenta complementar para a metodologia GPD.

Os passos do Ciclo PDCA são:

Plan (Planejar): Identifique o problema, descubra onde e porque ele começa. Planeje as melhorias e crie o plano de ação.

Do (Fazer): Envolva as pessoas e execute o plano.

Check (Analisar): Analise se tudo foi executado como o planejado e se o resultado esperado realmente ocorreu.

Act (Agir): Compartilhe o aprendizado, padronize o processo, reflita o que pode ser mudado e gire o PDCA novamente.

Para saber tudo sobre o método, confira nosso post:

Ciclo PDCA: como ele pode melhorar seus processos?

Sistemas de gerenciamento e planejamento estratégico

Buscando alinhar as práticas dessa metodologia em todos os níveis da gestão, existem dois tipos de gerenciamento que precisam ser desenvolvidos. São eles:

Gerenciamento interfuncional: Ele diz respeito ao futuro a longo prazo da organização. As diretrizes desse gerenciamento são relacionadas à alta administração e à divisão entre departamentos. É o gerenciamento a nível de planejamento estratégico.

Gerenciamento funcional: Tem relação às atividades rotineiras da organização, que necessitam de constante melhoria e manutenção. Com o aprimoramento dos processos mais básicos, rotineiros e de operação, o gerenciamento funcional tem como objetivo concretizar os objetivos do planejamento estratégico.

Para Falconi, o Planejamento Estratégico é composto por três planos que também devem ser desenvolvidos:

Plano a longo prazo:  é pensado entre 5 a 10 anos. As estratégias definidas aqui têm relação ao futuro a longo prazo da organização. Para alcança-las, portanto, é necessário fazer alterações estruturais no negócio.

Plano a médio prazo: é pensado em até 3 anos. Neste plano, são definidas as metas relativas ao planejamento previamente estruturado para se chegar aos objetivos gerais da empresa. Nele são incluídas as projeções financeiras para as metas a serem alcançadas.

Plano anual: nele são detalhados todos os pontos importantes do primeiro ano dos planos a médio e longo prazo. Esse planejamento inicial irá moldar e definir o que será feito no princípio. Dessa forma, ele servirá como base para comparação e desenvolvimento nos próximos anos.

Tanto o plano a curto prazo quanto o plano a longo prazo precisam ser revisados anualmente e devem ser constantemente atualizados.

gpd

Conclusão

O uso do método Falconi tem ajudado diversas organizações a sobreviverem no mercado por trazer resultados satisfatórios, como a implementação eficaz da estratégia através de distribuições de ações, além da identificação e correção de problemas crônicos com o auxílio do PDCA.

Com o uso do método Falconi, a empresa consegue padronizar seus processos de planejamento de curto a longo prazo, fortalecer a cultura organizacional e engajar seus colaboradores. Portanto, é importante ter cautela em sua implantação. Como esse é um método que acaba deixando as metas coletivas e individuais expostas, os colaboradores podem se sentir muito pressionados a alcança-las.

Lembre-se que o engajamento dos funcionários é algo essencial para que a estratégia funcione e, para que isso seja feito, todos precisam se sentir motivados pelas metas e pelas suas consequências. Foque numa gestão transparente, com metas realistas e equipes bem estruturadas para aumentar consideravelmente seus resultados e atingir os objetivos!

Luiza AndradeJornalista, analista de SEO e produtora de conteúdo para a Siteware. Fotógrafa nas horas vagas e completamente viciada em música e internet.