Liderança

As 5 características de um líder empresarial eficaz

As 5 características de um líder empresarial eficaz

Publicação : 20/11/2016

Por Siteware

9 min

Quais são as características de um líder empresarial
Quais são as características de um líder empresarial

Quando falamos de líder empresarial, muitas pessoas acreditam que seja o mesmo que falar de qualquer cargo de gerência ou chefia. É natural que isso aconteça, porém, o conceito de liderança não se refere nem mesmo a um cargo, mas, sim, a um papel a ser desempenhado, o qual interessa, principalmente, a essas pessoas que gerenciam equipes e negócios no geral.

Mas, afinal, quais são as características de um líder empresarial?

Para mostrar o que de fato significa esse papel, listamos as 5 Principais características de um grande líder eficaz.

5 Características de um líder empresarial

Para entender quais são as características de líderes empresariais, tenha em mente que não são cargos que definem líderes, mas suas atitudes.

1. Capacidade de assumir responsabilidades

Existem circunstâncias em que um líder não pode buscar um consenso e tentar agradar a todos, assim diz o artigo Si quieres liderar, no busques agradar a todo el mundo, do jornal El País.

A explicação é bastante coerente, uma vez que se apoia na ideia de que o líder deve passar confiança à sua equipe, e que se a todo momento ele fizer consultas antes de decidir algo, poderá colocar seus colaboradores em situações constrangedoras, pois nem sempre eles terão uma resposta a dar.

Além disso, o texto usa o exemplo de um bombeiro, trazendo a seguinte reflexão: não dá para imaginar bombeiros abrindo um debate em meio a um incêndio de uma casa. Isto é: muitas vezes, é preciso agir conforme o que se acredita e assumir os riscos.

Isso não significa ser autoritário, pois um líder que pergunta tudo aos seus liderados não é necessariamente alguém democrático, mas, talvez, inseguro.

O importante é, apesar da decisão, ter a capacidade de escutar, mesmo que isso não implique em uma mudança, ainda que seja após o ocorrido. Uma decisão não descarta a participação do grupo, podendo até ser objeto de discussão e aprendizado posteriormente.

2. Escuta diferenciada

Falar, todo mundo fala, mas escutar é para poucos. Alguém que seja um líder não pode se nivelar pelos maus hábitos. Se ele ocupa uma liderança é sinal de que nesse momento ele é melhor do que já foi um dia e que, provavelmente, tem algo a ensinar para as pessoas. Pelo menos é isso o que se espera.

Como uma pessoa se torna capaz de conhecer o ser humano a fundo? Através de estudo? Sim. Lendo sobre temas ligados ao comportamento humano? Também. Participando de treinamentos? Sem dúvida. Todavia, o que todas essas formas de aprender possuem em comum? A capacidade de assimilar, de aprender e escutar.

Em todos esses casos a escuta está sendo treinada. Nesse sentido, não estamos falando apenas de um dos nossos 5 sentidos, mas de uma habilidade que desenvolvemos somente através da prática.

Algumas pessoas possuem mais dificuldade de escutar, de se calar e de dar espaço para o outro. Essa dificuldade, se não for trabalhada, gera uma estagnação e um padrão de personalidade rígido, o que impedirá que haja trocas nas relações interpessoais, ponto essencial entre líderes e liderados.

Portanto, esta é uma das principais características de um líder empresarial eficaz. Afinal, quem gosta de falar com a parede?

3. Valorização da subjetividade

Está bem, esse tópico pode ter ficado um pouco subjetivo, mas subjetividade é uma palavra-chave para quem lida o tempo todo com pessoas. Veja só!

Um ótimo líder precisa ir além do desenvolvimento profissional, reconhecendo que sem um nível de autoconhecimento dificilmente se alcança uma evolução. Ter um olhar para o desenvolvimento pessoal é reconhecer a existência de fatores subjetivos em todas as dimensões da vida, inclusive na própria carreira. Isso deve se estender para a compreensão de seus liderados, não sendo uma sabedoria que beneficie apenas a si próprio.

No dia a dia de uma empresa, existem muitos desafios e boa parte deles envolve aspectos mais complexos, ligados à personalidade de colaboradores, questões familiares que atravessam seu trabalho e influenciam seu desempenho, obstáculos sociais, etc. Da mesma forma, há também a motivação e a autorrealização, que devem ser perseguidas constantemente.

Portanto, um líder deve estar preparado para lidar com essas questões, sem subestimar a influência desses fatores nem se desestruturar diante deles. A solução para isso é o autoconhecimento e uma dose de empatia.

Um líder diferenciado busca uma constante evolução e promove o desenvolvimento pessoal de seus colaboradores, investindo em treinamentos motivacionais, melhorias no âmbito social, coaching, palestras, entre outras estratégias. Crescer não é evoluir, crescer é ficar maior. Evoluir é ficar melhor.

4. Postura ética

A máxima “faça o que eu digo, mas não faça o que eu faço” é a maneira mais eficaz de destruir a reputação de um líder. Por mais que suas palavras sejam importantes, o seu exemplo será sempre mais forte. Uma frase do filósofo chinês Confúcio retrata essa realidade: “A palavra convence, mas o exemplo arrasta”.

Tratando-se da postura ética, é imprescindível que uma das características de um líder empresarial seja uma conduta justa e transparente. Quando o oposto ocorre, a falta de ética no trabalho se alastra na cultura da empresa, enraizando hábitos e costumes prejudiciais. Errar é natural e faz parte da condição humana, mas reconhecer um erro transforma problemas em oportunidades.

5. Visão para o futuro

Não ter medo de fazer previsões, se a experiência e o conhecimento adquirido permitem um olhar para novas tendências; inovar sempre que achar necessário; investir em ações que possam dar resultados a longo prazo. Essas são algumas características de um líder empresarial que é preciso desenvolver.

Essa habilidade não é uma forma de adivinhação ou um exemplo de comportamento místico. Ao contrário disso, é uma postura com grande senso de realidade.

Trata-se de interpretar o presente com perspectiva. É como perceber que a população está vivendo mais e inferir que futuramente precisaremos de mais serviços voltados para pessoas idosas. A visão para o futuro é baseada em uma lógica coerente e é necessária para o mundo dos negócios.

Diante dessas principais características de um grande líder eficaz, podemos perceber que líder empresarial não é sinônimo de chefe, sendo, aliás, muito diferente disso.

Veja algumas marcantes diferenças entre líderes e chefes:

  • Líderes delegam, chefes mandam;
  • Líderes conquistam o respeito, chefes impõem;
  • Líderes mudam, se necessário, chefes mantêm uma mesma ordem;
  • Líderes reconhecem potenciais, chefes se apropriam do mérito;
  • Líderes são acessíveis, chefes se protegem na hierarquia.

E você, conhece mais chefes ou líderes? Ficaram claras quais são as características de um líder empresarial? Para acessar mais conteúdos como esse, siga nossas páginas nas redes sociais. Estamos no FacebookTwitter e LinkedIn, é só escolher!