Gestão de Equipe

O que é gestão de talentos nas organizações? Confira exemplos e 5 dicas de como implementar

O que é gestão de talentos nas organizações? Confira exemplos e 5 dicas de como implementar

Publicação : 10/09/2021

Por Viviane Rodrigues

8 min

Os colaboradores compõem peça fundamental para o sucesso de uma empresa. Se tiverem seu potencial muito bem lapidado e explorado, eles podem alcançar a alta performance e gerar resultados de excelência para o negócio.

Nesse sentido, a gestão de talentos humanos pode ser uma grande aliada. Ela busca olhar os colaboradores não apenas como ferramentas corporativas; é levado em consideração também as particularidades de cada funcionário, buscando humanizar a gestão.

Essa abordagem para o gerenciamento dos recursos humanos pode melhorar de forma significativa o desempenho da empresa em diferentes áreas do negócio.

Quer saber como? Então continue a leitura para descobrir o que é, qual a importância e como fazer gestão de talentos na sua empresa.

Ao longo deste conteúdo, você vai conferir também quais ferramentas de gestão de talentos nas organizações você pode implementar e alguns bons exemplos para se inspirar.

Leia também: Cursos de liderança e gestão de pessoas: 4 opções para você dar uma guinada na carreira

O que é gestão de talentos nas organizações?

A gestão de talentos nas organizações se refere a um conjunto de práticas e estratégias que têm como objetivo promover o desenvolvimento dos colaboradores e ajudá-los a alcançar a alta performance em suas atividades.

A gestão de talentos humanos nas empresas vai além de questões burocráticas. Trata-se de uma abordagem gerencial que busca adotar ações com foco no engajamento, motivação, satisfação e retenção dos colaboradores.

Veja mais: Filmes sobre gestão de pessoas para você se inspirar enquanto se diverte

Qual a importância da gestão de talentos humanos nas empresas?

A gestão de talentos nas organizações é importante, em primeiro lugar, porque ela visa desenvolver o potencial de cada colaborador.

Por se preocupar com as individualidades e com o aspecto humano dos funcionários, essa abordagem contribui para que as tarefas cotidianas sejam executadas com excelência.

A gestão de talentos humanos possui um caráter estratégico e que está sempre de olho no futuro da organização. Há um cuidado com o desenvolvimento de competências e com o fomento do alto desempenho.

Empresas que se dedicam à gestão de talentos conseguem fortalecer sua cultura organizacional, aumentar o engajamento, a motivação e a produtividade dos colaboradores, reduzir a rotatividade e atrair os melhores profissionais disponíveis no mercado.

Mas, afinal, por que fazer a gestão de pessoas? A resposta está neste vídeo:

Como fazer gestão de talentos na sua empresa?

Se você chegou até aqui e está interessado em implementar a gestão de talentos na sua empresa, separamos aqui algumas boas práticas que podem te ajudar.

1 – Atração e recrutamento

Monte um plano estratégico voltado para a atração e recrutamento de colaboradores.

Defina com clareza qual o perfil de profissional que você quer para a sua empresa, explicite seus valores organizacionais e estabeleça os métodos e canais para divulgar as vagas em aberto.

2 – Aprendizado e desenvolvimento

Desenvolva programas voltados para a capacitação e desenvolvimento profissional dos seus colaboradores.

Realize treinamentos e firme parcerias com instituições de ensino de modo a incentivar o aprendizado constante dos funcionários.

3 – Valores e visão organizacional

Busque propagar e reforçar os valores e a visão da empresa para os seus colaboradores. Dessa forma, é possível fortalecer a cultura organizacional.

4 – Plano de carreira

Dedique-se à criação de um plano de carreira. Essa é uma forma de manter os colaboradores motivados, pois eles saberão que podem alcançar cargos e salários mais altos se eles derem sempre o melhor de si.

Quer exemplos de plano de carreira para usar em sua empresa? Este vídoe de nossoc anal no YouTube tarz alguns:

5 – Avaliação por competências e gestão de talentos

Procure avaliar o desempenho dos colaboradores considerando as competências de cada talento. Identifique lacunas e oportunidades de melhoria e reconheça os pontos fortes dos seus profissionais.

Avaliação de desempenho também e está presente em nosso canal, dê uma olhada:

Ferramentas de gestão de talentos

Existem vários sistemas de gestão de talentos que você pode utilizar como aliados na sua empresa. Alguns dos principais são:

  • Gupy: todos os dados sobre seu pessoal em uma única plataforma;
  • Oracle Talent Management: controle todas as etapas do ciclo de vida dos colaboradores;
  • RH1000: centralize os processos de treinamento e desenvolvimento dos colaboradores;
  • Pontomais: controle a assiduidade e a pontualidade dos funcionários.

Saiba mais: Principais ferramentas de gestão de pessoas: 8 opções para implementar na sua empresa

Exemplos de gestão de talentos para se inspirar

Para encerrar este conteúdo sobre gestão de talentos nas organizações, separamos aqui alguns exemplos de empresas bem sucedidas nessa questão.

  • AirBnb: ambiente de trabalho com foco no bem-estar dos funcionários, com espaços mais descontraídos;
  • Ford: criação do programa “Dirija seu Futuro” voltado ao desenvolvimento profissional dos colaboradores;
  • Google: a empresa permite que seus funcionários dediquem parte do seu tempo para o desenvolvimento de projetos pessoais;
  • FedEx: implementação do feedback de baixo para cima, em que os colaboradores opinam sobre a atuação de seus superiores.

Quer mais um exemplo prático de uma ação da área de recursos humanos que trouxe excelentes resultados para uma empresa?  

Então, confira este case: CASE: Como a Siteware ajudou a Dotz a melhorar seus processos de Recursos Humanos?

O STRATWs One é um software de gestão de performance corporativa que pode ajudar sua empresa em diversas áreas, inclusive Recursos Humanos.

Confira algumas de suas vantagens e funcionalidades:

  • Criar e acompanhar KPIs de processos, projetos e pessoas;
  • Compartilhar informações com agilidade e transparência;
  • Usar a meritocracia e a gestão à vista para motivar e gerenciar equipes;
  • Empregar as principais metodologias de planejamento estratégico como BSC, OKR e SWOT;
  • Integrar pessoas, operação e estratégia;
  • Encontrar oportunidades de melhoria;
  • Fazer a gestão de reuniões e do portfólio de projetos;
  • Aumentar a produtividade;
  • Gerenciar riscos e analisar cenários;
  • Facilitar a troca de informação e a comunicação entre departamentos;
  • Potencializar a governança corporativa;
  • Focar na busca dos resultados que sua empresa procura alcançar.

Já são mil clientes e mais de 180 mil usuários no Brasil e no Mundo!

Deixe um comentário


O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *